Tsunami de estrelas e gás produz “pálpebras” galácticas

M. Kaufman/ B. Saxton/ NASA/ESA

A colisão entre as galáxias IC 2163 e NGC 2207 originou um tsunami de estrelas e gás que produziu “pálpebras” galácticas

Um grupo de astrónomos descobriu um tsunami de estrelas e gás que ocorreu depois de uma pequena colisão entre a galáxia espiral IC 2163 e outra galáxia espiral chamada NGC 2207.

Através do radio-observatório ALMA (Atacama Large Millimeter Array), os cientistas observaram a produção de arcos de intensa formação estelar que se assemelham a um par de pálpebras.

“Embora as colisões galácticas deste tipo não sejam invulgares, conhecemos apenas algumas galáxias com estruturas oculares, ou em forma de olho”, afirmou a astrónoma Michele Kaufman, autora principal de um artigo publicado na revista The Astrophysical Journal.

Kaufman e a sua equipa destacam que a escassez de características semelhantes no Universo observável deve-se, provavelmente, à sua natureza efémera.

“As pálpebras galácticas duram apenas algumas dezenas de milhões de anos, o que é pouco no contexto da vida de uma galáxia. A descoberta de tais características num estado tão recém-formado dá-nos uma oportunidade excecional para estudar o que acontece quando uma galáxia colide com outra”, adianta Kaufman.

Estas galáxias residem aproximadamente a 114 milhões de anos-luz da Terra e rasparam as suas margens uma na outra, no que é provavelmente o primeiro encontro de uma eventual fusão.

Segundo os astrónomos, o gás na porção exterior das pálpebras da galáxia IC 2163 está a mover-se para dentro a velocidades superiores a 100 km/s. Este gás, no entanto, desacelera rapidamente e o seu movimento torna-se mais caótico, mudando de trajetória e alinhando-se com a rotação da galáxia.

“O que observamos nesta galáxia é muito parecido com uma gigantesca onda oceânica que se desloca para a costa até que interage com os baixios, fazendo com que perca momento e despeje toda a sua água e areia na praia,” comenta Bruce Elmegreen, cientista do Centro de Investigação Thomas J. Watson da IBM, em Nova Iorque.

“Não só observamos uma rápida desaceleração do gás à medida que se move da orla externa para a orla interna das pálpebras, mas também medimos que quanto mais rapidamente desacelera, mais denso o gás molecular se torna,” realça Michele Kaufman.

“Esta medição direta da compressão mostra como o encontro entre duas galáxias faz com que o gás se acumule, formando estas deslumbrantes pálpebras“, destaca a cientista.

Os astrónomos acreditam que as colisões entre galáxias eram comuns no início do Universo, quando as galáxias estavam mais próximas.

No entanto, naquela época os discos galácticos eram irregulares e outros processos provavelmente reprimiram a formação de “pálpebras” galácticas.

“É muito bom ter uma teoria e simulações que sugerem este fenómeno, mas ter provas reais é excelente,” afirma Curtis Struck, professor de astrofísica da Universidade Estatal do Iowa.

Os modelos computacionais preveem que tais características tipo-pálpebra possam evoluir caso as galáxias interajam de uma maneira muito específica.

Os cientistas vão continuar a estudar este fenómeno galáctico e já estão a comparar as propriedades (locais, idades e massas) dos grupos estelares, anteriormente observados com o Telescópio Espacial Hubble da NASA, com as propriedades das nuvens moleculares observadas com o ALMA.

ZAP / CCVAlg

PARTILHAR

RESPONDER

Uma mão robótica que joga Super Mario Bros na Nintendo? Sim, existe

Uma equipa de investigadores da Universidade de Maryland, nos Estados Unidos, imprimiu em 3D peças para criar uma mão robótica capaz de jogar Super Mario Bros na Nintendo.  A mão robótica é totalmente montada com circuitos …

"Narco Drones" apanhados a entregar drogas numa prisão chilena

Reclusos e cúmplices no exterior estão a usar drones para contrabandear droga para a prisão mais antiga do Chile. As autoridades chilenas descobriram que o esquema de contrabando tinha como objetivo transportar drogas para a Ex …

Erupção do vulcão Etna causa problemas económicos na Sicília

Nos últimos meses, o vulcão Etna tem estado em constante erupção e o custo de limpeza das cinzas está a deixar muitas cidades da Sicília à beira da falência. O vulcão Etna – um dos mais …

Argentina cria documento de identidade para pessoas não binárias

O Presidente da Argentina anunciou, esta semana, que o país tem um novo documento de identidade para incluir pessoas não binárias. É o primeiro país da América Latina a fazê-lo. De acordo com o chefe de …

Costa diz que Portugal vai ter "o dobro" de fundos comunitários para investir

O primeiro-ministro afirmou, este sábado, que Portugal vai contar, nos próximos sete anos, com "o dobro" de fundos comunitários para investimento, considerando que esta "é uma oportunidade única" que não pode ser desperdiçada. "Vamos ter a …

Chinesa morre após salvar a filha de deslizamento de terra. Bebé esteve 24 horas nos escombros

Uma mulher morreu após salvar o seu bebé quando um deslizamento de terra e uma forte inundação atingiram a sua casa na China, revelam as equipas de resgate. Como noticia a BBC, a bebé foi resgatada …

Caso Ihor. IGAI pede expulsão do ex-diretor de fronteiras do SEF

A Inspeção-Geral da Administração Interna (IGAI) já entregou ao ministro Eduardo Cabrita o relatório final do processo disciplinar contra o inspetor coordenador do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) António Sérgio Henriques, que propõe a …

Chuvas torrenciais fazem mais de uma centena de mortos na Índia

Pelo menos 136 pessoas morreram na Índia, em consequência de chuvas torrenciais que assolaram o país e causaram fortes enchentes e deslizamentos de terra, enterrando casas e submergindo ruas. Numa altura em que as alterações climáticas …

China inaugurou o comboio mais rápido do mundo

O comboio-bala maglev, que pode atingir uma velocidade de 600 quilómetros por hora, fez a sua estreia em Qingdao, na China, esta semana. Tal como conta a cadeia televisiva CNN, este comboio-bala maglev foi desenvolvido pela …

Quatro portugueses detidos em Espanha por alegada violação de duas mulheres

A polícia espanhola anunciou, este sábado, ter detido quatro cidadãos portugueses por suposta violação múltipla e abusos sexuais a duas mulheres de 22 e 23 anos, numa pensão em Gijón, no norte do país. Segundo a …