Trump proíbe pessoas transgénero de servir nas Forças Armadas

O Presidente dos Estados Unidos anunciou, esta quarta-feira, a decisão de proibir que os transexuais sirvam nas Forças Armadas do país, depois de se ter aconselhado com “generais e especialistas militares”.

Donald Trump fez o anúncio através do Twitter e detalhou que o governo não aceitará nem permitirá” que pessoas transgénero “sirvam em nenhuma posição” das Forças Armadas.

“Depois de consultar os meus generais e especialistas militares, por favor saibam que o governo dos Estados Unidos não aceita ou permite que indivíduos transgéneros sirvam em qualquer posição nas Forças Armadas dos EUA”, escreveu.

“Os nossos militares devem estar focados nas vitórias decisivas e esmagadoras e não podem ser sobrecarregados com os tremendos custos e perturbações médicas que envolvem os transgéneros. Obrigado”, completou o presidente.

As barreiras para que os transgéneros pudessem tornar-se militares nos EUA foram derrubadas pelo Pentágono, em 2016, no Governo de Barack Obama.

Desde 1 de outubro que os soldados transgéneros também podiam receber cuidados médicos e dar início ao processo burocrático para terem a identidade de género alterada no sistema de pessoal do Governo.

Pelo menos 250 militares no ativo estão já no processo de transição de sexo ou foram aprovados formalmente para que conduzam a mudança no sistema pessoal do Pentágono, afirmaram fontes da Defesa dos EUA.

A abertura formal do alistamento era esperada ser anunciada ainda este ano e o único requisito seria de a pessoa estar “estável” no seu género por pelo menos 18 meses.

Entretanto, em junho, o secretário de Defesa, Jim Mattis, aprovou um atraso de seis meses na iniciativa, o que deixou os defensores dos direitos dos transgéneros em estado de alerta.

Trump não deixou claro sobre o que irá acontecer com os transgéneros que já ocupam postos no Exército, na Marinha e Força Aérea dos EUA.

No ano passado, citando um estudo da think tank RAND Corporation, o então secretário de Defesa Ash Carter afirmou que pelo menos 2,5 mil transgéneros ocupam postos nas Forças Armadas americanas e outros 1,5 mil são membros da reserva.

ZAP // EFE

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Um exército só será eficiente com elementos determinados e eficientes focados nas funções.
    Não pode ter interferências políticas nas escolhas e preparação do pessoal, tal como o politicamente correcto na moda actual implica!
    A degradação do ocidente tem muito a ver com a má influência de filósofos e pensadores do agrado popular e simplista na moda que infuenciam regimes demagógico populistas e já levaram vários povos ao desastre. Depois de tantas más experiências ainda
    Parece que pouco ou nada aprenderam vendo os desastres da URSS, CUBA e Venezuela passando por tantos outros e têm de passar por esse mesmo processo doloroso para aprenderem no que dá essas ideias simplistas!

  2. Existe homem e existe mulher, passou disso é transtorno psíquico e deve ser tratado como tal.
    O DNA também diz se é homem ou mulher.

RESPONDER

Pai que fugiu por 15 países com os dois filhos no ano passado encontrado pela PSP

O pai mudou 15 vezes de país com as crianças desde o verão passado sempre sem o consentimento da mãe e sem que a mãe tivesse qualquer notícia do paradeiro dos filhos, revela a PSP. A …

Daesh está a tentar criar um novo Estado islâmico nas Filipinas

Há dois anos que a bandeira negra do Daesh deixou de esvoaçar no topo de um edifício da cidade de Marawi, em Mindanau, no sul das Filipinas, e o Presidente, Rodrigo Duterte, declarou tê-lo derrotado. …

Operação Marquês. Ex-secretário de Estado de Passos Coelho chamado como testemunha

O juiz de instrução da Operação Marquês, Ivo Rosa, decidiu chamar o ex-secretário de Estado das Infraestruturas, Transportes e Comunicações Silva Monteiro como testemunha, avança a SIC Notícias. Segundo apurou a estação televisiva, o ex-governante …

Apple e Goldman Sachs acusados de terem criado cartão de crédito sexista

A Apple e o Goldman Sachs estão a ser acusados de terem lançado um cartão de crédito que discrimina os utilizadores em função do género. Um dos últimos a juntar ao rol de críticas ao Apple …

Grimaldo joga consecutivamente há 68 jornadas (só é ultrapassado por um guarda-redes)

Alejandro Grimaldo está há 68 jornadas a jogar consecutivamente a titular na lateral esquerda do Benfica - são dois anos sem descanso. Os números são avançados pelo desportivo A Bola, que dá conta que o lateral-esquerdo …

"Prática comercial enganosa". NOS obrigada a retirar campanha publicitária sobre 5G

A Associação da Auto Regulação Publicitária (ARP) deu razão a uma queixa da Meo e mandou a NOS retirar uma campanha de publicidade sobre um tarifário móvel 5G por considerar que constitui "uma prática comercial …

Eleição autárquica dos EUA pode ser desempatada com moeda ao ar

Um eleição autárquica numa pequena vila no Ohio, nos Estados Unidos, pode vir a ser decidida com o lançamento de uma moeda ao ar, o famoso jogo do "cara ou coroa". De acordo com o The …

Primeiro aniversário dos Coletes Amarelos. França receia novos tumultos

O clima de tensão regressa a França, com os coletes amarelos a anunciarem a preparação de novas ações para assinalar o primeiro aniversário do início do movimento. A 17 de novembro, o movimento Coletes Amarelos assinala …

Violência leva a mais violência, alerta chefe do Governo de Hong Kong

A chefe do Governo de Hong Kong condenou a “extensa violência” que marcou o dia de greve na cidade, realçando que esta “não resolverá nada” nem fará o Governo ceder aos “apelos políticos” dos manifestantes. Carrie …

Morreu Teresa Tarouca, fadista de "Saudade, silêncio e sombra"

A fadista Teresa Tarouca morreu na madrugada desta segunda-feira, no Hospital S. Francisco Xavier, em Lisboa, aos 77 anos, vítima de pneumonia dupla, disse à agência Lusa fonte próxima da família. O corpo de Teresa Tarouca …