Trump proíbe pessoas transgénero de servir nas Forças Armadas

O Presidente dos Estados Unidos anunciou, esta quarta-feira, a decisão de proibir que os transexuais sirvam nas Forças Armadas do país, depois de se ter aconselhado com “generais e especialistas militares”.

Donald Trump fez o anúncio através do Twitter e detalhou que o governo não aceitará nem permitirá” que pessoas transgénero “sirvam em nenhuma posição” das Forças Armadas.

“Depois de consultar os meus generais e especialistas militares, por favor saibam que o governo dos Estados Unidos não aceita ou permite que indivíduos transgéneros sirvam em qualquer posição nas Forças Armadas dos EUA”, escreveu.

“Os nossos militares devem estar focados nas vitórias decisivas e esmagadoras e não podem ser sobrecarregados com os tremendos custos e perturbações médicas que envolvem os transgéneros. Obrigado”, completou o presidente.

As barreiras para que os transgéneros pudessem tornar-se militares nos EUA foram derrubadas pelo Pentágono, em 2016, no Governo de Barack Obama.

Desde 1 de outubro que os soldados transgéneros também podiam receber cuidados médicos e dar início ao processo burocrático para terem a identidade de género alterada no sistema de pessoal do Governo.

Pelo menos 250 militares no ativo estão já no processo de transição de sexo ou foram aprovados formalmente para que conduzam a mudança no sistema pessoal do Pentágono, afirmaram fontes da Defesa dos EUA.

A abertura formal do alistamento era esperada ser anunciada ainda este ano e o único requisito seria de a pessoa estar “estável” no seu género por pelo menos 18 meses.

Entretanto, em junho, o secretário de Defesa, Jim Mattis, aprovou um atraso de seis meses na iniciativa, o que deixou os defensores dos direitos dos transgéneros em estado de alerta.

Trump não deixou claro sobre o que irá acontecer com os transgéneros que já ocupam postos no Exército, na Marinha e Força Aérea dos EUA.

No ano passado, citando um estudo da think tank RAND Corporation, o então secretário de Defesa Ash Carter afirmou que pelo menos 2,5 mil transgéneros ocupam postos nas Forças Armadas americanas e outros 1,5 mil são membros da reserva.

ZAP // EFE

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Um exército só será eficiente com elementos determinados e eficientes focados nas funções.
    Não pode ter interferências políticas nas escolhas e preparação do pessoal, tal como o politicamente correcto na moda actual implica!
    A degradação do ocidente tem muito a ver com a má influência de filósofos e pensadores do agrado popular e simplista na moda que infuenciam regimes demagógico populistas e já levaram vários povos ao desastre. Depois de tantas más experiências ainda
    Parece que pouco ou nada aprenderam vendo os desastres da URSS, CUBA e Venezuela passando por tantos outros e têm de passar por esse mesmo processo doloroso para aprenderem no que dá essas ideias simplistas!

  2. Existe homem e existe mulher, passou disso é transtorno psíquico e deve ser tratado como tal.
    O DNA também diz se é homem ou mulher.

RESPONDER

Comprar móveis mata relacionamentos

Os números não mentem e está comprovado: comprar móveis com a sua cara-metade é a arma fatal do seu relacionamento. A marca online de móveis Article conduziu recentemente uma pesquisa com cerca de 2.000 norte-americanos, em …

Marisa Matias critica Centeno por “encabeçar ameaças” a Itália

A eurodeputada Marisa Matias, do Bloco de Esquerda, disse a Mário Centeno, num debate no Parlamento Europeu, que é “desconcertante” vê-lo, enquanto presidente do Eurogrupo, a “encabeçar as ameaças” a Itália, questionando-o se não "há …

Moscovici quer voltar a "tweeetar" com Costa (mas deixa avisos)

O comissário europeu dos Assuntos Económicos, Pierre Moscovici, diz que ficará "encantado" se o primeiro-ministro e seu "bom amigo" António Costa tiver o prazer de voltar a "tweetar". Isto para sublinhar que espera que Portugal …

Não há acordo. Greve dos enfermeiros começa quinta-feira e só acaba no fim do ano

Os enfermeiros mantêm a greve que começa na quinta-feira nos blocos operatórios de cinco hospitais, por falta de acordo com o Governo sobre a estrutura da carreira. A informação foi prestada à Lusa pelos presidentes da …

Próximas eleições portuguesas podem ser marcadas por fake news

A difusão de notícias falsas durante as eleições brasileiras atingiu níveis sem precedentes e o fenómeno chegou também a Portugal, onde se pode estar a preparar uma ação semelhante para as próximas eleições nacionais, alertou …

Proposta de Orçamento mostra um "profundo desconhecimento" do país

A presidente do CDS-PP, Assunção Cristas, considerou esta terça-feira que a proposta de Orçamento do Estado para 2019 (OE2019) mostra um "profundo desconhecimento" e está de "costas voltadas" para o país. "É um Orçamento que mostra …

Caso Khashoggi: Trump mantém-se ao lado da Arábia Saudita

Donald Trump emitiu um comunicado em que se pronunciou sobre o assassinato do jornalista Jamal Khashoggi, revelando que embora condene veemente o crime, a relação dos Estados Unidos é com Reino da Arábia Saudita, "parceiros …

Visita de João Lourenço pode deixar “irritante” entre Portugal e Angola para trás

A primeira viagem de Estado de João Lourenço a Portugal é uma demonstração de que Portugal e Angola "pretendem enterrar o irritante e avançar com os temas da cooperação direta", avança Jornal de Angola. No editorial …

Documento de 2014 previu colapso e aconselhava encerramento da estrada de Borba

Há novos dados que apontam que a tragédia da estrada de Borba, que desmoronou, provocando a morte de 2 pessoas e mais 3 desaparecidas, poderia ter sido evitada. Um memorando de 2014 já previa a …

Noiva adolescente leiloada no Facebook. Rede social só reparou depois do casamento

Uma jovem de 16 anos do Sudão do Sul foi leiloada para casamento no Facebook. Quando a rede social reparou, a jovem já tinha sido comprada e estava casada. De acordo com a organização pelos Direitos …