Trump pediu ao Pentágono uma parada militar para mostrar o seu poder

gageskidmore / Flickr

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump

O Presidente dos Estados Unidos inspirou-se no exemplo francês para pedir ao Pentágono um desfile para mostrar o poder militar dos EUA.

Donald Trump pediu ao Pentágono para organizar uma parada militar em Washington, com o intuito de exibir o poder militar do país e cultivar a imagem do comandante-chefe dos EUA, avançou o Washington Post.

Segundo o Público, o pedido foi feito numa reunião com o Pentágono, no dia 18 de janeiro. Trump já defendia a ideia de um desfile militar antes até da sua eleição, mas na reunião declarou-se impressionado com o desfile militar francês do dia 14 de Julho, quando foi recebido pelo Presidente francês, Emmanuel Macron.

Nesse dia comemora-se em França o Dia Nacional, que celebra a tomada da Bastilha, o ponto de viragem da revolução francesa com uma parada militar, a mais antiga e a maior de toda a Europa.

Donald Trump pediu, segundo o jornal, “uma parada igual” à que se concretiza todos os anos em Paris. A notícia já foi confirmada pela Casa Branca e pelo Pentágono, ressalvando, porém, que a ideia ainda está em fase embrionária.

“O Presidente Trump é um forte apoiante dos elementos das Forças Armadas da América, que arriscam as suas vidas todos os dias para manter o país seguro. Ele pediu ao Departamento de Defesa para considerar uma celebração em que todos os americanos possam mostrar o seu orgulho”, disse a porta-voz da Casa Branca, Sarah Sanders.

A última parada militar, nos Estados Unidos, aconteceu há quase 27 anos. Nessa altura, o Presidente era George Bush e festejava-se a vitória na Guerra do Golfo, travada entre os EUA e o Iraque, contra as forças armadas de Saddam Hussein.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Francisco Rodrigues dos Santos admite que tem sido "difícil" juntar o CDS (mas "não por falta de iniciativa")

Francisco Rodrigues dos Santos, presidente do CDS-PP, afirmou, numa entrevista ao Jornal de Notícias e TSF que tem sido "difícil" conquistar a coesão do partido. Em entrevista ao Jornal de Notícias e à TSF, o líder …

Isabel dos Santos usou equipa de espiões para provar "conspiração" e "vingança" de João Lourenço

A empresária Isabel dos Santos contratou uma firma de antigos agentes secretos israelitas para provar que foi vítima de um ataque orquestrado pelo governo de João Lourenço. Isabel dos Santos criou uma equipa de espiões para …

"Perdemos o avô da nação". Morte do príncipe Filipe deixou "um grande vazio" na vida de Isabel II

A morte do príncipe Filipe, duque de Edimburgo, na sexta-feira, aos 99 anos, deixou a Rainha Isabel II, sua esposa, com "um grande vazio na sua vida", disse este domingo aos jornalistas o seu filho …

Mapa online interativo ajudou indígenas do Panamá a fazer frente à pandemia

Quando a covid-19 chegou ao Panamá no ano passado, o cartógrafo Carlos Doviaza temeu pelas pessoas indígenas da sua comunidade. Por isso, para as ajudar, dedicou-se a fazer aquilo que faz melhor: mapas. "Pensei: 'Porque não …

"A política ama traição, mas despreza o traidor". Sócrates acusa PS de "ataque injusto" (e diz-se alvo de "vingança" da direita)

"A política ama a traição, mas despreza o traidor". No livro "Só Agora Começou", que será publicado nos próximos dias, José Sócrates acusa a atual direção do PS de traição. De acordo com o Diário de …

Portugal regista mais 566 casos e seis óbitos por covid-19

Portugal registou, este domingo, mais seis mortes e 566 novos casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da Direção-Geral da Saúde …

PS quer que Cavaco Silva diga "quando é que soube do buraco do BES"

O PS quer que o antigo Presidente da República Cavaco Silva esclareça "quando é que soube do buraco do BES" e porque é que "não agiu atempadamente" para evitar o aumento de capital, que gerou …

Perdoar o passado, celebrar o renascimento e cumprir tradições. A primavera traz o Nowruz, o ano novo persa

Assim que as flores começam a desabrochar e os dias ficam mais longos, fica claro que o Nowruz está prestes a chegar. A celebração do ano novo iraniano é secular, com raízes que remontam a …

“Mostrámos que sabemos governar”. Bloco apresenta candidata a Lisboa (e abre a porta a acordo com PS)

O Bloco de Esquerda apresentou a candidatura de Beatriz Gomes Dias à Câmara Municipal de Lisboa, pediu “mais força” para determinar a governação da cidade e abriu a porta a novos entendimentos com o PS …

Fé nos números. Foi o voto não religioso que Donald Trump perdeu em 2020 

Em novembro de 2020, Joe Biden foi eleito Presidente dos Estados Unidos da América. Uma análise revelou recentemente que a derrota de Donald Trump dependeu daqueles que não se identificam com nenhuma religião. Ryan Burge, professor …