Trump não disse palavra sobre a “guerra antidrogas” (mas ouviu uma canção de amor de Duterte)

No jantar da cimeira da Associação de Nações do Sudeste Asiático, Duterte cantou uma canção de amor ao presidente dos EUA, Donald Trump, que “mantém uma ótima relação” com o homólogo filipino – e que em nenhum momento da sua visita às Filipinas abordou a sangrenta “guerra contra as drogas” de Duterte.

O momento decorreu durante o jantar de gala da cimeira da ASEAN, a Associação de Nações do Sudeste Asiático, em Manila, na qual o presidente dos Estados Unidos da América marcou presença este domingo.

A artista pop filipina Pilita Corrales cantava a canção “Ikaw” – que significa “tu” em filipino – quando Duterte se juntou à canção “por ordens do comandante-chefe dos Estados Unidos”. “Tu és a luz no meu mundo, uma metade deste meu coração“, cantou.

Embora as Filipinas sejam uma antiga colónia dos Estados Unidos da América, as relações entre americanos e filipinos não têm sido as melhores. Em julho, Duterte afirmou que nunca iria visitar os Estados Unidos e tem procurado alianças com a China e com a Rússia.

No entanto, a relação entre Duterte e Trump é bem melhor do que a relação que Duterte tinha com o anterior presidente dos EUA, Barack Obama. Quando Trump ganhou as eleições, Duterte felicitou-o. Por sua vez, Trump congratulou Duterte pela sua campanha antidroga.

Desde que chegou ao poder em 2016, Duterte deu ordens às forças filipinas para matarem qualquer suspeito de tráfico e consumo de droga. À população civil, o líder filipino sugeriu que pegassem em armas para erradicar a toxicodependência no país.

A Polícia Nacional do país (PNF) reconhece que a guerra de Duterte contra o tráfico de droga já fez quase 4000 mortos. No entanto, estima-se que o número total de mortes seja superior a 9000 se somados os homicídios de supostos toxicodependentes e traficantes atribuídos a indivíduos ou patrulhas de moradores.

Esta segunda-feira, Trump afirmou que tem “uma ótima relação” com Duterte, mas recusou-se a esclarecer se discutiu com o líder filipino questões de direitos humanos relacionadas com a “guerra contra as drogas” de Duterte.

Noel Celis / EPA

O presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, cumprimenta o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump

Ao contrário de outros líderes norte-americanos, Trump deixou de pressionar líderes estrangeiros em público sobre questões relativas aos direitos humanos. A porta-voz da Casa Branca, Sarah Sanders, disse que o tópico foi mencionado brevemente na reunião, sem detalhar se Trump foi crítico.

Já Harry Roque, porta-voz de Duterte, disse que os direitos humanos e execuções extrajudiciais não foram abordados na reunião.

Segundo o Expresso, desde domingo, milhares de pessoas estão a manifestar-se nas ruas de Manila contra Donald Trump, com slogans como “Trump volta para casa” e “Trump terrorista n.º1”.

A visita de Trump às Filipinas termina no dia 14 de novembro, concluindo assim a mais longa viagem desde que é presidente.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Até lhe aperta a mão a medo e à distância… A este já não puxas com força… Não vá o gajo mandar-te uma chinada à meia volta.

RESPONDER

Costa quer fazer da Saúde a jóia da coroa da legislatura (e Centeno pode desempenhar funções importantes)

O programa eleitoral do PS foi este sábado aprovado, por unanimidade, no final da Convenção Nacional do partido, que decorreu em Lisboa. O programa eleitoral do PS para as legislativas de 06 de outubro foi apresentado …

Fogos na Sertã dominados. Chamas ainda descontroladas em Vila de Rei e Mação

O Comandante do Agrupamento Centro Sul da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, Belo Costa, disse esta manhã de domingo, que as Forças Armadas estão no terreno com máquinas de rastos, bem como a …

Cemitérios verdes. Especialista britânico sugere enterrar mortos à beira da estrada

O especialista britânico sugere que se use os espaços ao lado das estradas, ferrovias e passeios como "corredores funerários" amigos do ambiente. Uma vez que a ciência ainda não encontrou forma de nos tornar imortais, encontrar …

Consumo de proteínas e laticínios pode ajudar a reduzir risco de diabetes

Cientistas associaram um maior consumo de proteínas e laticínios a um menor risco de diabetes. Em contrapartida, alimentos ricos em calorias foram ligados a um maior risco de diabetes. A diabetes é um problema de saúde …

Médicos alertam: técnica de tapar a boca com fita-cola para dormir melhor é perigosa

Chama-se "buteyko" e consiste em encontrar formas de respirar melhor pelo nariz, entre as quais fechar a boca enquanto dormimos. A tendência está a gerar um debate entre os médicos, que consideram esta técnica perigosa. Foi …

Incentivos financeiros ajudam pessoas a deixar de fumar

Fumar mata um em cada dois fumadores ávidos, mas desistir leva a grandes melhorias na saúde, aumento da esperança de vida e poupança de custos com cuidados de saúde. Pagar às pessoas para pararem de …

Há uma coisa simples que podemos fazer para combater as alterações climáticas: falar sobre o problema

A preocupação com as alterações climáticas pode ser muitas vezes um fardo solitário, mas a verdade é que não precisa de ser assim. De acordo com um novo estudo, simplesmente falar sobre o assunto com …

Em busca das duas princesas alemãs. Vaticano analisa ossários após encontrar túmulos vazios

Os trabalhos começaram esta manhã no cemitério que fica dentro das muralhas do Vaticano e foram analisados os restos dos dois ossários, explicou o porta-voz interino da Santa Sé, Alessando Gisotti. Os ossários estavam perto dos …

Miguel Pinto Lisboa é o novo presidente do Vitória de Guimarães

Miguel Pinto Lisboa foi eleito, este sábado, o novo presidente do Vitória de Guimarães, avança a imprensa portuguesa. Os números ainda não são oficiais, mas as primeiras projeções indicam que o candidato de 47 anos da …

Incêndios em Castelo Branco e Santarém. Há quatro bombeiros feridos, um em estado grave

Dois incêndios em Castelo Branco estão a mobilizar mais de 500 operacionais e 15 meios aéreos. Há estradas cortadas e aldeias evacuadas. Dois incêndios em povoamento florestal, todos no distrito de Castelo Branco, um no município …