Trump quer impedir imigrantes legais pobres de conseguirem vistos

David Maxwell / EPA

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump

Os Estados Unidos querem limitar o acesso aos vistos de residência permanente e temporária de imigrantes legais que dependem de subsídios do governo, como por exemplo vales de alimentação.

Se o combate de Donald Trump contra os imigrantes ilegais já era comummente conhecido, agora os Estados Unidos querem também limitar fortemente os imigrantes legais mais pobres de conseguirem vistos de residência no país. Os visados serão aqueles que dependem de subsídios como vales de alimentação ou habitação subsidiada.

Assim sendo, os candidatos a vistos que não consigam demonstrar ter os rendimentos exigidos ou estejam dependentes de subsídios podem ver os seus pedidos rejeitados. A nova política deverá ser implementada a partir do dia 15 de outubro.

Segundo o Migration Policy Institute, com a entrada em vigor desta nova regra, mais de metade de todos os candidatos ao chamado “green card” seriam negados. O Público explica que a administração de Trump pretende que os imigrantes “não dependam dos recursos públicos para satisfazer as suas necessidades” e que, portanto, sejam “auto-suficientes”.

“O Congresso nunca definiu o termo encargo público na lei e esse termo não tinha sido claramente definido pela regulamentação. Isso é o que muda hoje com essa regra”, disse Ken Cuccinelli, o diretor interino dos Serviços de Cidadania e Imigração.

Esta regulamentação é baseada na Lei de Imigração de 1882, que permite que o Governo recuse o visto de residência a alguém que possa a vir a tornar-se “um custo público”.

“O benefício para os contribuintes é um benefício a longo prazo, que garante que o nosso sistema de imigração traz pessoas para se unirem a nós como cidadãos americanos, como residentes permanentes legais em primeiro lugar, capazes de se sustentar por conta própria, especialmente na era do Estado-providência moderno, que é tão amplo e caro”, acrescentou Cuccinelli.

Alguns norte-americanos mostraram-se contra a nova política, alegando que Trump pretende cortar a imigração legal sem passar pelo Congresso.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

EDP oferece desconto de 20% a profissionais e organizações de saúde

Face à pandemia de covid-19, a EDP vai oferecer um desconto de 20% na fatura da eletricidade a profissionais e organizações de saúde, anunciou esta quarta-feira a empresa liderada por António Mexia em comunicado. “A …

Bill Gates deixa três recomendações para os Estados Unidos combaterem a pandemia

Num artigo publicado no jornal norte-americano Washington Post, o fundador da Microsoft, Bill Gates, deixa três recomendações para os Estados Unidos combaterem a pandemia de covid-19, que já fez 43 mil mortes em todo o …

Comissão de Trabalhadores da TAP pede nacionalização da companhia

A Comissão de Trabalhadores (CT) da TAP reforçou esta quarta-feira o apelo para que a transportadora “se torne 100% pública”, depois de a empresa ter anunciado o lay-off da maioria dos trabalhadores, segundo um comunicado. No …

"Posso ir?" Há uma app que lhe diz como estão as filas nos supermercados

A comunidade tecnológica tech4COVID19 criou uma aplicação móvel que permite aos seus utilizadores consultar as filas e as afluências aos supermercados. A app, sob o nome "Posso ir?", pretende orientar os utilizadores nas idas aos …

Conte pede à Alemanha mais solidariedade europeia. “Se somos uma União, está na hora de o provarmos”

O primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, fez esta quarta-feira um apelo solene à Alemanha para que haja mais solidariedade europeia no combate à pandemia da covid-19, que está a afetar severamente o seu país. “Se somos uma …

Em França, Portugal é destacado como bom exemplo (mas também pela sorte da sua geografia)

Portugal tem "11 vezes menos mortes" do que Espanha, em proporção das respectivas populações, e parece estar a lidar melhor com a pandemia de Covid-19 do que o país vizinho. Esta é a conclusão de …

Do confinamento alargado aos limites nos despedimentos. O que pode mudar com o "novo" estado de emergência

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, propôs esta quarta-feira ao Parlamento a renovação do estado de emergência em Portugal por novo período de 15 de quinze dias para permitir medidas de contenção da …

Chefe do principal hospital russo responsável por tratar Covid-19 infetado depois de apertar mão a Putin

O chefe do principal hospital de tratamento ao coronavírus de Moscovo, que se reuniu com o Presidente Vladimir Putin há uma semana, divulgou na terça-feira que testou positivo à doença, depois de o Kremlin anunciar …

Contribuintes devem estar “tranquilos” sobre reembolso do IRS

O secretário de Estado dos Assuntos Fiscais disse que até meio da manhã já foram entregues mais de 270 mil declarações de IRS e afirmou que os portugueses podem “estar tranquilos” relativamente ao reembolso. “Estamos em …

Torneiro de Wimbledon cancelado. É a primeira vez desde a II Guerra Mundial

O torneio de ténis de Wimbledon, o mais antigo ‘Grand Slam' do mundo, foi cancelado pela primeira vez desde a II Guerra Mundial, devido à pandemia de covid-19, anunciou o All England Club, entidade organizadora …