Trump estará a ser investigado pelo FBI por obstrução à justiça

O Presidente norte-americano, Donald Trump, estará a ser investigado por eventual obstrução à justiça, noticiou na quarta-feira o jornal Washington Post.

A investigação está a ser feita pelo procurador especial que lidera o inquérito sobre a possível ingerência russa nas eleições presidenciais norte-americanas, em 2016, Robert Mueller.

Este procurador tinha sido nomeado para o caso russo depois da demissão fulminante, em maio, do então diretor da polícia federal (FBI), James Comey, que depois garantiu que Trump, antes de o destituir, lhe tinha pedido que “deixasse passar” as investigações sobre os vínculos do seu ex-assessor de Segurança Nacional, Michael Flynn, com Moscovo.

Saber se Trump tem feito obstrução à justiça na investigação sobre a alegada interferência russa é uma questão que passou a fazer parte do inquérito de Mueller, segundo o jornal de Washington.

O procurador independente Robert Mueller, antigo chefe do FBI, está a interrogar os chefes dos serviços de informações para determinar se Trump tentou travar ou bloquear o inquérito que até agora incidia sobre aquela interferência, bem como sobre um possível conluio entre os próximos de Trump e os dirigentes russos, segundo o jornal, que cita fontes anónimas.

Este alargamento da investigação é um “ponto de viragem”, sublinha o Washington Post, que acrescenta que os investigadores também procuram eventuais delitos financeiros entre os colaboradores do milionário norte-americano.

Trump tinha-se congratulado na semana passada pelas declarações de Comey, que afirmou que o Presidente norte-americano não estava a ser objeto de inquérito pelo FBI no quadro da questão russa, enquanto esteve a dirigir a polícia federal.

Mas, ainda segundo as fontes da publicação, a situação mudou “rapidamente depois da demissão de Comey”, em 9 de maio.

Notícia da investigação é “escandalosa e ilegal”

Um advogado de Trump, Mark Corallo, atribuiu a fuga de informação a fontes do FBI.

A equipa legal do Presidente norte-americano considerou que a fuga de informação para o Washington Post é “escandalosa, indesculpável e ilegal”.

Num comentário colocado esta quinta-feira no Twitter, Donald Trump também já reagiu a esta notícia. “Eles fizeram uma combinação falsa com a história dos russos, não encontraram provas, então agora optaram por me acusar de obstrução à justiça nesta combinação falsa. Bonito”, escreveu.

Uma hora depois, o presidente partilhou um segundo comentário. “Estão a testemunhar a maior caça às bruxas na história política da América – liderada por algumas pessoas muito más e contraditórias”.

Robert Mueller foi nomeado procurador especial para este assunto para garantir a independência do inquérito na semana seguinte, em 17 de maio.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Este casaco foi desenhado para nos ajudar a dormir em qualquer lado

A britânica Vollebak lançou um casaco, inspirado nos astronautas, que facilita a ideia de poder dormir, literalmente, em qualquer lado. A pensar em todas aquelas pessoas que gostam de fazer uma sesta ou outra, independentemente do …

DJ Juice WRLD morre aos 21 anos

A estrela do hip-hop norte-americano Juice WRLD faleceu este domingo (8), depois de sofrer convulsões no Aeroporto de Midway, em Chicago, avança o TMZ. O rapper tinha feito 21 anos a 2 de dezembro. De acordo …

"A Favorita" arrebata prémios do cinema europeu

O filme "A Favorita", do realizador grego Yorgos Lanthimos, arrecadou oito prémios da Academia de Cinema Europeu, numa cerimónia realizada em Berlim. "A Favorita" conquistou, entre outros, os prémios de Melhor Filme Europeu, Melhor Comédia, Realização …

Belenenses 1-1 Porto | "Dragão" escorrega e deixa fugir líder

O FC Porto não foi além de um empate na visita ao Jamor, ante o Belenenses. André Santos abriu as “hostilidades” e Alex Telles, na marcação de uma grande penalidade, fixou o resultado final. Com esta …

Caligrafia desleixada de Isabel I denuncia-a como a tradutora anónima de um livro romano

A rainha Isabel I de Inglaterra foi identificada como a tradutora anónima do livro "Anais" de Tácito. As idiossincrasias da sua caligrafia acabaram por ser fundamentais para a descoberta. Na análise a uma tradução de século …

Hashtags políticas como #MeToo tornam as pessoas menos propensas a acreditar em notícias

Tendem a passarem despercebidas, mas as hashtags são mais importantes do que julgamos. A questão que se impõe é: serão benéficas para a saúde democrática da Internet? Uma hashtag (#) é uma marca funcional, amplamente usada …

Sporting 1-0 Moreirense | "Leão" resolve à cabeçada

O Sporting regressou às vitórias na Liga NOS, embora não sem sentir algumas dificuldades, em especial no ataque. Os "leões" bateram o Moreirense por 1-0, numa partida em que remataram muito (28, máximo na Liga até …

Orçamento do Estado. "Sentido de voto do BE está completamente em aberto"

A coordenadora do BE afirmou, este domingo, que o sentido de voto do partido sobre o Orçamento do Estado para 2020 está "completamente em aberto", desejando que o Governo socialista atenda às reivindicações bloquistas. "Fizemos uma …

João Cotrim Figueiredo eleito presidente da Iniciativa Liberal com 96% dos votos

João Cotrim Figueiredo foi eleito, este domingo, presidente da Comissão Executiva da Iniciativa Liberal, uma candidatura única que recolheu 96% dos votos na III Convenção Nacional do partido. A III Convenção Nacional do partido decorre hoje …

Inteligência artificial decifra manuscrito que pode mudar história da Austrália

A Terra Australis Incognita, hoje conhecida como Austrália, foi descrita por um jesuíta espanhol quase cem anos antes da descoberta em 1770 pelo marinheiro britânico James Cook, segundo um manuscrito decifrado através de inteligência artificial. A …