Trump convidou Putin a visitar os EUA

Mauri Ratilainen / EPA

A cimeira bilateral entre Vladimir Putin e Donald Trump em Helsínquia

As negociações para se realizar um segundo encontro entre o Presidente dos EUA e o seu homólogo russo estão em “andamento”, podendo acontecer no outono em Washington.

A porta-voz Sarah Sanders referiu, no Twitter, que Donald Trump pediu ao conselheiro nacional de segurança, John Bolton, que “convide Putin para ir a Washington no outono”, salientando que as negociações “já estão em andamento”.

Sanders disse ainda que o Presidente dos EUA “concordou em continuar o diálogo” entre os conselheiros de segurança nacional dos países, na reunião que decorreu na segunda-feira, em Helsínquia, entre os dois líderes.

O Presidente norte-americano, também através da mesma rede social, já tinha afirmado que estava a aguardar pela segunda reunião com Vladimir Putin.

“A cimeira com a Rússia foi um grande êxito, exceto para o verdadeiro inimigo do povo, os media de notícias falsas. Estou desejoso de realizar o nosso segundo encontro para que possamos começar a aplicar algumas das muitas coisas discutidas”, referiu Trump.

Entre os temas abordados, o Presidente norte-americano referiu-se à luta contra o terrorismo, à segurança de Israel, à proliferação nuclear, à Ucrânia, aos ciberataques e à Coreia do Norte. “Há muitas respostas a estes problemas, algumas fáceis e outras difíceis, mas todos podem ser solucionados”, acrescentou.

A cimeira de Helsínquia foi a primeira entre os atuais presidentes russo e norte-americano. No encontro, Trump desencadeou alguma polémica ao desautorizar os relatórios dos seus serviços de informações sobre a interferência de Moscovo nas eleições de 2016.

No entanto, o Presidente dos EUA, que foi sujeito a numerosas críticas, corrigiu no dia seguinte as suas declarações ao assegurar que se tinha exprimido de forma incorreta e que considerava ter existido uma interferência da Rússia, como têm indicado os serviços de informações norte-americanos.

Rússia pronta para discutir visita aos EUA

Esta sexta-feira, o embaixador russo nos EUA disse que o seu país está pronto para discutir uma possível visita do Presidente da Rússia a Washington. Anatoly Antonov disse ainda que a Rússia “esteve sempre aberta a tais propostas”.

“Estamos prontos para conversações sobre este assunto”, disse, acrescentando, no entanto, que cabe ao Kremlin, que ainda não comentou a proposta de Trump, responder formalmente ao convite.

Antonov também disse que é importante “lidar com os resultados” da cimeira dos dois chefes de Estado, antes de avançar rapidamente com outra reunião.

O embaixador russo reiterou ainda que a Rússia não teve qualquer interferência nas eleições presidenciais de 2016.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Assistente que não validou golo de Portugal na Sérvia afastado do Euro 2020

O holandês Mario Diks, o árbitro assistente que não validou o golo de Cristiano Ronaldo nos instantes finais do Sérvia-Portugal, na qualificação para o Mundial 2022 de futebol, confirmou nesta terça-feira que vai falhar o …

Rússia está a criar a primeira unidade militar com tanques robôs

A agência de notícias estatal TASS avança que o Exército russo está a montar a sua primeira unidade militar armada com tanques robôs. O Exército russo está a desenvolver a sua primeira unidade militar armada com …

PSD propõe solução ao Governo para reduzir injeção no Novo Banco

O PSD defende que o Governo tem um argumento jurídico que pode usar para limitar os pagamentos do Fundo de Resolução ao Novo Banco este ano. Em causa está um artigo do Código Civil que …

Quarentena de 21 dias, testes e fecho de casinos levam Macau a erradicar covid-19

Macau, um dos primeiros territórios a identificar o novo coronavírus, é agora um dos locais livres de covid-19, estando há cerca de 380 dias sem qualquer registo de infeção local, segundo os dados oficiais. O …

Costa preocupado com desconfinamento. Concelhos de risco dão dores de cabeça

Com a terceira fase de desconfinamento aí à porta, o Governo ainda tem dúvidas sobre o que fazer, mantendo algumas pontas soltas. A maior preocupação incide nos conselhos onde há mais casos. Durante a reunião do …

Para prevenir acidentes, China inaugura o primeiro semáforo para camelos do mundo

Autoridades do norte da China inauguraram este domingo o que dizem ser o primeiro sinal de trânsito para camelos do mundo perto da cidade de Dunhuang, província de Gansu. O semáforo para camelos entrou em operação …

PRR terá mecanismo de fiscalização no Parlamento. PSD quer bazuca durante a presidência portuguesa da UE

O ministro do Planeamento, Nelson Souza recebeu nesta terça-feira, os partidos com assento parlamentar e as deputadas não inscritas para conversas bilaterais sobre o Plano de Recuperação e Resiliência (PRR). Trata-se da chamada "bazuca" que virá …

Ministro da Saúde austríaco demite-se por falta de apoio na gestão da pandemia

O ministro da Saúde de Áustria, Rudolf Anschober, anunciou esta terça-feira a sua demissão, devido à falta de apoio na gestão da crise pandémica, cessando funções na próxima segunda-feira. "A situação é dramática nos serviços de …

OMS quer suspender venda de mamíferos selvagens vivos em mercados de alimentos

A Organização Mundial de Saúde defende a suspensão da venda de mamíferos selvagens vivos nos mercados de alimentos para evitar a propagação de doenças, avança a AFP. "Os animais, especialmente os selvagens, são a fonte de …

“Frescura, juventude e capacidade“. Coligação improvável em Penafiel junta PS e partido de Tino de Rans

O PS e o partido RIR, liderado pelo ex-candidato presidencial Vitorino Silva, formaram a coligação Penafiel Unido, que vai concorrer às autárquicas em Penafiel, distrito do Porto, com Paulo Araújo Correia como cabeça de lista, …