Trump convidou Putin a visitar os EUA

Mauri Ratilainen / EPA

A cimeira bilateral entre Vladimir Putin e Donald Trump em Helsínquia

As negociações para se realizar um segundo encontro entre o Presidente dos EUA e o seu homólogo russo estão em “andamento”, podendo acontecer no outono em Washington.

A porta-voz Sarah Sanders referiu, no Twitter, que Donald Trump pediu ao conselheiro nacional de segurança, John Bolton, que “convide Putin para ir a Washington no outono”, salientando que as negociações “já estão em andamento”.

Sanders disse ainda que o Presidente dos EUA “concordou em continuar o diálogo” entre os conselheiros de segurança nacional dos países, na reunião que decorreu na segunda-feira, em Helsínquia, entre os dois líderes.

O Presidente norte-americano, também através da mesma rede social, já tinha afirmado que estava a aguardar pela segunda reunião com Vladimir Putin.

“A cimeira com a Rússia foi um grande êxito, exceto para o verdadeiro inimigo do povo, os media de notícias falsas. Estou desejoso de realizar o nosso segundo encontro para que possamos começar a aplicar algumas das muitas coisas discutidas”, referiu Trump.

Entre os temas abordados, o Presidente norte-americano referiu-se à luta contra o terrorismo, à segurança de Israel, à proliferação nuclear, à Ucrânia, aos ciberataques e à Coreia do Norte. “Há muitas respostas a estes problemas, algumas fáceis e outras difíceis, mas todos podem ser solucionados”, acrescentou.

A cimeira de Helsínquia foi a primeira entre os atuais presidentes russo e norte-americano. No encontro, Trump desencadeou alguma polémica ao desautorizar os relatórios dos seus serviços de informações sobre a interferência de Moscovo nas eleições de 2016.

No entanto, o Presidente dos EUA, que foi sujeito a numerosas críticas, corrigiu no dia seguinte as suas declarações ao assegurar que se tinha exprimido de forma incorreta e que considerava ter existido uma interferência da Rússia, como têm indicado os serviços de informações norte-americanos.

Rússia pronta para discutir visita aos EUA

Esta sexta-feira, o embaixador russo nos EUA disse que o seu país está pronto para discutir uma possível visita do Presidente da Rússia a Washington. Anatoly Antonov disse ainda que a Rússia “esteve sempre aberta a tais propostas”.

“Estamos prontos para conversações sobre este assunto”, disse, acrescentando, no entanto, que cabe ao Kremlin, que ainda não comentou a proposta de Trump, responder formalmente ao convite.

Antonov também disse que é importante “lidar com os resultados” da cimeira dos dois chefes de Estado, antes de avançar rapidamente com outra reunião.

O embaixador russo reiterou ainda que a Rússia não teve qualquer interferência nas eleições presidenciais de 2016.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Alto funcionário da EMA sugere deixar de administrar vacina da AstraZeneca

Um alto funcionário da Agência Europeia do Medicamento (EMA) disse numa entrevista, este domingo, que seria melhor deixar de administrar a vacina da AstraZeneca a todos os grupos etários quando houver alternativas disponíveis. Marco Cavaleri, responsável …

707 casos de covid-19 e duas mortes em Portugal. Maior número de internados desde abril

Portugal registou este domingo mais duas mortes e 707 novos casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Uma das duas mortes por covid-19 registadas este domingo em …

Líderes do G7 apresentam alternativa à Nova Rota da Seda. China já respondeu

Os líderes do G7 acordaram, este sábado, lançar a iniciativa "reconstruir melhor para o mundo" para "responder às tremendas necessidades nos países de renda média e alta", anunciou a Casa Branca, em comunicado. O plano, dirigido …

Eriksen continua hospitalizado, mas já enviou cumprimentos aos colegas

O jogador dinamarquês, vítima de um súbito problema cardíaco este sábado, durante o jogo com a Finlândia, mantém-se hospitalizado num estado estável, revelou a Federação Dinamarquesa de Futebol (DBU). "Esta manhã, falámos com Christian Eriksen, que …

Marcelo afasta retrocesso no desconfinamento. SNS "sem pressão grave"

O Presidente da República afastou, este sábado, um retrocesso no desconfinamento a nível nacional, alegando que os serviços de saúde estão longe de uma pressão grave. Marcelo Rebelo de Sousa assumiu esta posição no final de …

Venezuela com 11 casos de covid-19 na véspera do jogo com o Brasil

A seleção venezuelana de futebol chamou 15 novos jogadores para a Copa América, depois de vários elementos da comitiva, entre os quais jogadores, estarem infetados com o coronavírus. Depois de a Confederação Sul-americana de Futebol (Conmebol) …

Rui Pereira demite-se da Mesa da Assembleia-Geral do Benfica em choque com Vieira

Rui Pereira demitiu-se do cargo de presidente da Mesa de Assembleia-Geral (MAG) do Benfica, por sentir que não tem o apoio dos corpos sociais na marcação de uma reunião magna extraordinária. Numa carta enviada ao presidente …

Rui Moreira recandidata-se à Câmara Municipal do Porto

O atual presidente da Câmara Municipal do Porto vai recandidatar-se à presidência da autarquia para um terceiro mandato, confirmou, este domingo, o presidente da direção da associação cívica – Porto, o Nosso Movimento. "É com enorme …

Cancelo testou positivo à covid-19 e será substituído por Dalot

Diogo Dalot vai substituir João Cancelo, que testou positivo ao novo coronavírus, nos convocados de Portugal, a dois dias da estreia no Euro 2020, informou, este domingo, a Federação Portuguesa de Futebol (FPF). "Diogo Dalot, internacional …

Já é possível prever quais as mulheres que poderão ter complicações graves na gravidez

Os métodos atuais para diagnosticar complicações numa gravidez não são sensíveis nem confiáveis ​​o suficiente para identificar todas as gestações de risco. Agora, cientistas descobriram uma forma de testar os níveis hormonais na placenta para …