Trump “traidor” recua e diz que, afinal, a Rússia pode ter manipulado eleições

Heikki Saukkomaa / Lehtikuva Handout / EPA

Donald Trump cedeu à pressão e afirmou, esta terça-feira, que acredita nas conclusões dos serviços secretos de que houve, de facto, ingerência russa das presidenciais de 2016.

O Presidente dos Estados Unidos disse esta terça-feira que não se explicou da melhor forma na conferência conjunta com Vladimir Putin, depois da cimeira desta segunda-feira. Face à contestação perante a sua atitude na cimeira, Trump deu um salto à retaguarda e disse: “Aceito que houve interferência russa“.

“Numa frase fundamental nas minhas declarações, disse a palavra devia em vez não devia. A frase devia ser ‘não vejo motivos para que NÃO tenha sido a Rússia’. Uma espécie de dupla negativa. Acho que isto clarifica as coisas”, disse em declarações aos jornalistas, e no Twitter, antes de se reunir com membros do Congresso, para dar explicações sobre o conteúdo da sua reunião com o Presidente russo, avança o Público.

Segundo o The New York Times, a atitude de Donald Trump trouxe uma nova palavra para o léxico dos críticos do Presidente (e até mesmo alguns dos seus aliados): “traição”. As suas declarações provocaram uma enchente de críticas, por parte dos seus próprios apoiantes republicanos.

Na conferência de imprensa a partir da Sala Oval, Trump garantiu também confiar e apoiar os serviços secretos assim como as agências norte-americanas, adiantando que “aceita” as conclusões tornadas públicas sobre a alegada ingerência russa nas eleições presidenciais que ditaram a vitória de Donald Trump, em 2016.

Ainda assim, Trump referiu que quaisquer ações por parte da Rússia não tiveram qualquer impacto nos resultados finais da votação norte-americana.

“O poodle de Putin”

Dúvidas não restam aos meios de comunicação internacionais: Vladimir Putin saiu vencedor do encontro com Donald Trump. O jornal finlandês Kauppalehti deixa este resultado bem claro na capa – “Trump 0 — Putin 1” – enquanto que o britânico Daily Mail arrisca-se mesmo chamar a Trump “o poodle de Putin”.

O Observador destaca que tentativa de Trump de afastar as acusações de uma alegada interferência russa nas eleições norte-americanas de 2016 não passou ao lado dos media.

O The Guardian, por exemplo, escreve que Donald Trump é “nada menos do que um traidor” e o Daily Express escreve que “a Guerra Fria acabou, diz Putin ao seu novo melhor amigo”.

A opinião geral parece apenas não atrair o Rossiyskaya Gazeta, publicado pelo Governo. O diário russo garante que as relações entre os dois países melhoraram e que os amigos não devem lutar entre si.

ZAP //

PARTILHAR

10 COMENTÁRIOS

  1. Tanta propaganda anti-Trump com truques de semantica minha nossa.
    ZAP o maior outlet de propaganda de extrema esquerda em Portugal.
    Entretanto Trump tem uma taxa de aprovacao de 92% entre republicanos. A ZAP nunca vos dirá isto

  2. Desengane-se quem pense que o Trump é amigo do Putin. Veja-se pela visita do Trump ao Reino Unido, que criticou a actual primeira-ministra Theresa May em favor do radical de extrema direita e declarado anti-Rússia e anti-Europa Boris Johnson. Este último tem aliás tudo o que o Trump gosta, são os dois louros, xenófobos, de extrema-direita e anti-Europa, diria mais anti-tudo o que não é Reino Unido e da América. Prestem bem atenção se este novo conflito Europa-América-Reino Unido-Rússia não serve para potenciar uma nova corrida às armas? Bem se sabe afinal quem são os maiores fabricantes de armas do mundo, ou não se sabe?

    • Engraçado que o Putin é quase tudo isso que o senhor afirma: louro, anti-Europa, ditador… menos anti-Russia. Bom, também não esperemos que o BJ seja anti-Reino Unido, certo? Percebe onde quero chegar?

      • Percebo muito bem, que a América e o Reino Unido estão a alimentar um conflito com a Rússia sabendo perfeitamente que no meio deles está a Europa e que há uns “tansos” da Europa, mais a França do que qualquer outro, que alinha neste tipo de esquemas. Veja e oiça por si e não se iluda com a propaganda da “Media”, veja que “Putin” não tem, de modo algum dirigido palavras de agressão a nenhum país Europeu, tem tentado, e isso sim, amenizar conflitos. Já o mesmo não se poderá dizer do Reino Unido e da América. Num passado recente Boris Johnson visitou a Rússia e insultou tanto Putin como a Rússia no País que tão bem o acolheu, ou seja, é um mal educado e não tem carácter absolutamente nenhum. O Reino Unido acusou a Rússia do atentado com gás Novishok a um ex-expião Russo, sem quaiquer provas de que foi realmente a Rússia o culpado deste acto. Saiu agora a noticia de que vão fazer um filme “James Bond” em que o inimigo vão ser os Russos…meu caro, estamos todos a ser alvo de uma campanha anti-Rússia e digo-lhe sinceramente que quem paga a factura final é a Europa, não vai ser a América certamente. Diga-me sinceramente o que acha da NATO? Diga-me lá se não é um exército Americano financiado pela Europa? Portugal devia sair da NATO…andamos todos iludidos com o charme dos Cowboys Americanos, com os filmes de Hollywood e com a agressividade verbal Britânica mas andamos todos a ser alvo de uma grande intrujice. Trump bem disse que tinha dado instruções específicas a Theresa May de como lidar com a Europa percebe? Já deu para perceber qual é o inimigo em comum? Quem vai ser a vítima final? Quem vai alimentar a máquina de guerra Americana e Britânica? Eu digo-lhe, é a Europa…somos todos nós…

  3. Tanto o Joaquim como o Esclarecido são dois iluminados: Blá, blá, blá, esquerda… Blá, blá, blá, direita…

    Deixem-me que vos faça umas perguntas:

    1. Vocês entram numa loja e vêm uns sapatos a 50 Euros. Entram noutra e os mesmos sapatos estão a 35 Euros. Vocês compram os sapatos onde eles forem mais baratos, ou primeiro tentam saber se o dono da loja é de esquerda ou direita?

    2. Vocês saem sozinhos à noite e num bar estão duas mulheres sozinhas a sorrir pra vocês. Uma é boa, bonita e charmosa… A outra é feia, malfeitona e sem dentes. Vocês metem conversa com a mais gira, ou perguntam primeiro qual é de esquerda e qual é de direita?

    Enfim, eu podería continuar com os exemplos mas a questão é que NADA nem NINGUÉM neste mundo faz isto ou aquilo por motivações de esquerda ou direita. Essas dicotomias baratas agradam às mentes simples e aos preguiçosos mentais, porque ajudam a ver o mundo a preto e branco, mas nada têm a ver com as motivações dos políticos ou dos homens de negócios, como Trump e Putin.

    Existem ligações ente Trump e oligarcas Russos desde 1987. Esses oligarcas tanto são o suporte financeiro de Trump, como o de Putin. O resto decorre tudo daí. Money talks and bullshit walks!

    Putin e os serviços secretos, óbviamente viram nisto uma excelente oportunidade de ganhar alavancagem política com estes interesses económicos. Por sua vez os oligarcas ganham alavancagem económica com estes interesses políticos.

    Putin quer uma Europa fraca (económica e militarmente) e Trump tem feito o que pode para levantar taxas de importação à UE e ameaçar sair da Nato. Putin quer o Reino Unido (que é o seu pior inimigo Europeu) isolado. Uma vez isolado (sobretudo de for com um hard-Brexit/No deal) o Reino Unido fica totalmente dependente dos EUA. Trump tudo tem feito para empurrar para esse hard-Brexit.

    Putin: Trump, leva lá o Reino Unido, e mantém-nos contolados. A gente mete os nossos hackers a influenciar o Brexit como influenciaram a tua eleição. E já agora, além de enfraqueceres a UE ficando com o RU, dá-lhes mais uma cacetada nas importações e vai saindo da NATO de fininho.

    Trump: Ok, mas então mete lá os oligarcas a injectar mais dinheiro nos meus negócios, que eu também lhes facilito a vida para eles fazerem mais negócios nos EUA, e tu ganhas com isso.

    Putin: Está combinatchenko, caro Trumpinsky!

    • Caro Sr. Miguel Queiroz, parece-me que se existe aqui algum iluminado é você. O Sr. acabou de retratar o que os “Media” querem que voçê acredite, ou seja, o Sr. é como um “piolho” (sentido figurado obviamente), vai/anda pela cabeça dos outros e não consegue ver um palmo à frente dos olhos.

  4. Deixa-te disso que essas tretas dos “Média isto”; os “Média aquilo” são mesmo “palha para os mais básicos”!…
    Usar isso como argumento, não dá credibilidade a ninguém… antes pelo contrário!…
    .
    “voçê”?!
    Aí que essa Língua Portuguesa precisa de mais ser mais “esclarecida”!

RESPONDER

Cientistas encontraram uma forma de levitar objetos usando apenas luz

Os cientistas afirmam que a sua nova tecnologia de levitação seria capaz de enviar uma nave espacial para a estrela mais próxima em apenas 20 anos. Cientistas do Instituto de Tecnologia da Califórnia (Caltech) dizem ter …

Estrela hiper-fugitiva foi expulsa do disco da Via Láctea

De acordo com investigadores da Universidade de Michigan, uma estrela veloz pode ter sido ejetada do disco estelar da Via Láctea por um enxame de estrelas jovens. Os cientistas dizem que a estrela não teve …

Cientistas portugueses participam na criação do maior telescópio do mundo

O SKA, Square Kilometre Array, está já em construção e será o maior telescópio do mundo. Cientistas portugueses estão a participar no seu design e alguns dos testes serão feitos em território luso. A construção do …

Bolsonaro pondera não assinar qualquer acordo na próxima cimeira do clima

O Brasil está a considerar não assinar qualquer acordo climático na próxima COP25, anunciou este sábado em Santiago o Presidente brasileiro Jair Bolsonaro, após uma reunião que manteve no sábado no Palácio de La Moneda …

Portugal vs Sérvia | Massacre luso com pólvora seca

Segunda jornada do Grupo B da qualificação para o Euro 2020, segundo empate de Portugal, ambos em casa. Após o nulo ante a Ucrânia na primeira jornada, os campeões da Europa não foram além de …

O "homem-milagre". Carteiro português esteve morto 21 minutos e acordou a caminho da morgue

Declarado morto pelos médicos, depois de ter tido um ataque cardíaco, e "ressuscitado" 21 minutos depois, quando já ia a caminho da morgue, o português João Araújo continua a ser conhecido como o "homem milagre" …

Um dos fármacos mais promissores para tratar o Alzheimer falha nos testes em humanos

Uma onda de choque instalou-se na comunidade de pesquisa sobre o Alzheimer na sexta-feira, depois que a empresa farmacêutica Biogen anunciou a suspensão - na fase final em humanos - dos testes com o fármaco …

Gerente de agência de viagens deixou 84 clientes em terra. Em tribunal, foi absolvida

Paula chegou a tribunal acusada de burla qualificada por ter deixado 84 clientes da agência de viagens que geria no Montijo com as férias ou viagens estragadas em agosto de 2016. Chegou a ser detida …

Italiana de 91 anos distinguida pelos seus feitos na II Guerra Mundial. Aos 17 anos, salvou 38 pessoas

Gabriella Ezra, de 91 anos, vai receber a Estrela de Itália. O Estado decidiu homenageá-la depois de a embaixada italiana em Inglaterra, onde Gabriella vive, ter recebido uma carta do filho, Mark, de 65 anos, …

Moscovo enviou dois aviões com soldados e armamento para a Venezuela

Duas aeronaves russas aterraram no aeroporto de Caracas, este sábado, trazendo 100 soldados e 35 toneladas de armamento. As tropas chegaram sob supervisão do chefe do comando principal das forças terrestres russas, Vasilly Tonkoshkurov. A chegada …