Trump está a “tentar ativamente matar a cidade de Nova Iorque”, diz governador

Mike Groll / Gabinete do Governador Andrew M. Cuomo

O governador de Nova Iorque, Andrew Cuomo

O governador de Nova Iorque, Andrew Cuomo, acusou na terça-feira o Presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, de “tentar ativamente matar a cidade de Nova Iorque”.

“Trump está ativamente a tentar matar a cidade de Nova Iorque. É pessoal. Penso que é psicológico. Ele está a tentar matar Nova Iorque”, disse Andrew Cuomo numa conferência de imprensa, citado esta quarta-feira pela agência Lusa.

Cuomo, do Partido Democrata, e Trump, líder do Partido Republicano, têm estado envolvidos em vários confrontos verbais há meses. O último foi a 02 de setembro, quando o Presidente ameaçou cortar os fundos federais a cidades onde se registaram notáveis protestos contra o racismo, incluindo Nova Iorque, Washington, Seattle e Portland, Oregon, governadas pela oposição democrática e rotuladas como “jurisdições anarquistas”.

Trump assinou um documento distribuído pela Casa Branca declarando que o seu Governo “não permitirá que os dólares dos contribuintes federais financiem cidades que se tenham deteriorado até ficarem sem lei”.

Na altura, Cuomo minimizou a ameaça do Presidente e disse: “[Trump] não é um rei. Não pode tirar o dinheiro da cidade de Nova Iorque. Este é um esquema ilegal”.

Esta não é a primeira vez que Trump tenta privar as localidades de financiamento federal para políticas a que se opõe. E no último mês ampliou o seu ‘slogan’ “lei e ordem”, transformando-o num ‘slogan’ de campanha para as eleições de 03 de novembro.

Stefani Reynolds / EPA

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump

Desde então, tem insistido em denunciar os “anarquistas” e “criminosos” que têm estado envolvidos nas manifestações anti-racistas, sem os distinguir da maioria que tem protestado pacificamente.

Cuomo acusou Trump de ter aprovado a lei de reforma orçamental, conhecida como SALT, para prejudicar a cidade, que, após a sua entrada em vigor, ficou com menos 14 mil milhões de dólares (quase 12 mil milhões de euros).

Disse também que o Presidente se recusa a financiar a expansão do metro na Segunda Avenida, a criação de um comboio aéreo para o aeroporto de LaGuardia e outras obras de infraestrutura, como a reconstrução dos túneis entre Nova Iorque e a vizinha New Jersey.
Também disse ser responsável por fazer de Nova Iorque o epicentro global da covid-19 em março, com várias dezenas de milhares de mortos.

“Donald Trump causou o surto de coronavírus em Nova Iorque, isso é um facto”, afirmou Cuomo, antes de dizer que enquanto as autoridades estavam a cortar o tráfego aéreo com a China, as viagens entre os EUA e a Europa foram autorizadas a continuar, o que favoreceu a entrada do novo coronavírus.

Também o criticou por ter prometido “proteger o povo desta nação” através da construção de um muro na fronteira com o México, mas não impediu o vírus.

“Perdemos mais pessoas por dia para a covid-19 do que qualquer outra nação do planeta. Sabe quem fez isso? A incompetência de Donald Trump e agora eles não vão fornecer fundos federais para ajudar a reparar os danos que criaram”, disse Cuomo, que mais uma vez acusou a administração Trump de não querer ajudar os estados com lideranças do Partido Democrata.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Uniforme da II Guerra Mundial encontrado num pacote "cheio de história"

Um uniforme de piloto da Força Aérea Real (RAF), usado na II Guerra Mundial, foi descoberto embrulhado num pacote feito de folhas de jornais e vai agora a leilão. De acordo com a cadeia televisiva CNN, …

Primeiro motociclo voador do mundo pode alcançar uma velocidade de quase 490 km/h

A empresa Jetpack Aviation concluiu os testes referentes ao projeto Speeder, para o desenvolvimento de uma aeronave que faz descolagens e aterragens na vertical. Segundo a companhia, o veículo, que se assemelha a um motociclo, …

Scarlett Johansson processa Disney por estreia de "Viúva Negra" no streaming

A atriz norte-americana processou a Disney, esta quinta-feira, por violação do contrato, na sequência do lançamento digital do filme "Black Widow" na plataforma de streaming, adiantando que o seu salário estava dependente das receitas de …

Incidente com módulo russo fez EEI mudar de posição

A Estação Espacial Internacional (EEI) perdeu, esta quinta-feira, o controlo de orientação e saiu da posição configurada, na sequência de um incidente com o módulo russo Nauka. A situação, que se prolongou durante 47 minutos, aconteceu …

Relatório dos CDC indica que variante Delta é tão contagiosa como a varicela

Um relatório interno dos Centros de Controlo e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos indica que a variante Delta é tão contagiosa como a varicela. O jornal Washington Post teve acesso a este relatório interno …

Task force concorda que número de mortos e internados vacinados seja divulgado

A sugestão apresentada pelo presidente da Assembleia da República, de se divulgar os dados da vacinação nos internamentos e óbitos por covid-19, "é muito sensata", defendeu o coordenador da task force do plano de vacinação. Em …

Lucro da CGD sobe 18% para 294 milhões de euros no primeiro semestre

A Caixa Geral de Depósitos (CGD) registou 294 milhões de euros de lucro no primeiro semestre, mais 18% do que no período homólogo, foi anunciado esta sexta-feira. "A Caixa Geral de Depósitos registou 294 milhões de …

Acordar uma hora mais cedo diminui (muito) o risco de depressão

Estudo envolveu mais de 800 mil pessoas. Risco de cair em depressão desce 23%. Um estudo recente indica que, se uma pessoa se levantar uma hora mais cedo do que o habitual, o risco de cair …

Adeptos no Dragão: acabou o "enorme vazio no coração do FC Porto"

O Estádio do Dragão vai voltar a ter pessoas nas bancadas em jogos do FC Porto, 17 meses depois. O regresso vai acontecer na estreia na I Liga, contra o Belenenses SAD, e o clube …

México planeia libertar milhares de reclusos idosos ou que foram torturados

O Presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, disse nesta quinta-feira que vai libertar por decreto reclusos detidos em circunstâncias especiais, como os que foram torturados, os maiores de 75 anos e os que estão …