Trump lança “bomba” nas vésperas de Natal: critica segundo pacote anticovid e veta orçamento de Defesa

(h) Joyce N. Boghosia / The White House

Além de não ter promulgado o pacote de 900 mil milhões de dólares contra a covid-19, Donald Trump também não assinou o orçamento federal até setembro de 2021 e vetou um amplo projeto de lei de financiamento da Defesa.

Donald Trump, Presidente dos Estados Unidos, publicou um vídeo no Twitter, de apenas quatro minuto, que alarmou o Congresso norte-americano nas vésperas de Natal.

O governante considerou o pacote de resposta à segunda vaga da covid-19, no valor de 900 mil milhões de dólares (cerca de 740 mil milhões de euros), “uma desgraça“. Além disso, ameaçou com o encerramento de serviços a partir da próxima terça-feira ao deixar na gaveta o novo orçamento até setembro de 2021.

O Presidente cessante reclama um cheque de 2.000 dólares em vez de 600 para os contribuintes norte-americanos e a eliminação de vários financiamentos que denunciou como estando no pacote anticovid, mas que, na verdade, são parte do orçamento federal.

De acordo com o Expresso, a batata quente está agora nas mãos de Micth McConnell, líder Republicano do Senado que reconheceu Joe Biden como presidente eleito. Até ao momento, McConnell ainda não deu instruções sobre o que os Republicanos vão fazer.

No vídeo, Donald Trump não ameaça explicitamente com um veto, mas a decisão do Presidente deixa uma aberta para os congressistas regressarem aos trabalhos e aprovarem as alterações que ele pretende.

Nancy Pelosi, líder dos Democratas na Câmara de Representantes, respondeu ao desafio: “Vamos a isso!”, referiu, adiantando que, na sessão de véspera de Natal, esta quinta-feira, pode avançar com nova proposta e fazê-la aprovar nesta câmara, onde tem a maioria.

Também esta quarta-feira, Trump vetou um amplo projeto de lei de financiamento da Defesa, argumentando que favorece a Rússia e a China.

O projeto de lei de Autorização de Defesa Nacional, que atribui 740 mil milhões de dólares (cerca de 600 mil milhões de euros) para o orçamento militar, “não inclui medidas críticas de segurança nacional, inclui disposições que não respeitam os nossos veteranos e a nossa história militar e contradiz os esforços de meu governo para colocar os Estados Unidos em primeiro lugar nas nossas ações de segurança nacional e política externa”, argumentou.

Trump opõe-se à disposição que limita a retirada de tropas do Afeganistão e da Europa e a uma outra que remove os nomes de antigos líderes da Confederação das bases militares. Além disso, qualificou o projeto de lei como um “presente para a China e Rússia“.

Os legisladores no Congresso aprovaram a medida com ampla maioria e margem suficiente para ficar à prova de veto. Isto significa que a rejeição pode ser anulada.

Se o Congresso não anular o veto, que exige maioria de dois terços em ambas as câmaras (Representates e Senado), será a primeira vez em 60 anos que o Ato de Autorização de Defesa Nacional (NDAA) não se tornará lei.

Trump indulta pai do genro

Esta quarta-feira, Donald Trump assinou mais uma série de indultos presidenciais aos seus aliados, entre eles ao pai de Jared Kushner, marido da filha Ivanka. Além do perdão a Charles Kushner, o ainda Presidente indultou o seu diretor de campanha Paul Manafort e o aliado de longa data Roger Stone, avança a AFP.

Ao todo, foram 26 pessoas indultadas esta quarta-feira. No dia anterior, o governante atribuiu indultos a, pelo menos, 15 outras pessoas, incluindo a indivíduos ligados ao processo da interferência russa nas eleições de 2016 e a quatro seguranças da empresa de segurança Blackwater, que foram condenados pelo homicídio de cidadãos iraquianos.

Perdoá-los alimenta a impunidade e tem o efeito de encorajar outros a cometer o mesmo tipo de crimes no futuro”, lê-se num comunicado do Alto Comissariado da ONU para os Direitos Humanos, dirigido pela ex-Presidente chilena Michelle Bachelet.

  Liliana Malainho, ZAP // Lusa

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Sob a desculpa de dar um apoio às familias americanas, o congresso democrata corrupto, alocou 200 bilioes para os tais cheques de 600 dolares, e 10x isso 2 trilioes, para coisas tao importantes como aulas de diversidade no paquistão.
    Trump fez muito bem em vetar. A Esquerda é uma vergonha, tanto aqui como lá

    • Infelismente vozes de burro não chegam ao céu, e como o burro do trump e seus admiradores estão derrotados a nascença, vão brincando com os dias que restam!

    • O Congresso Democrata? Está-se a esquecer que o Senado é de maioria Republicana? Já agora, em resposta a Trump, os representantes Democratas na Câmara avançaram com uma proposta para aumentar para $2000 a compensação a atribuir a cada Americano. Foi hoje rejeitada pelos Republicanos.

      Reveja lá o seu post.

RESPONDER

Rorhwerk, o maior instrumento musical do mundo

Rohrwerk, uma obra de arte efémera, é a maior "fábrica do som" do mundo

Uma espécie de "pavilhão do som". Alunos da Escola Politécnica de Lausanne (EPFL), na Suíça, criaram um novo instrumento musical, o maior alguma vez construído. Com 45 metros de altura, a obra de arte imponente …

Costa já pediu desculpas às confederações patronais. "Houve um lapso"

O primeiro-ministro afirmou, esta sexta-feira, que já apresentou um pedido de desculpas às confederações patronais por o Governo ter aprovado duas medidas na área do trabalho sem antes as ter apresentado em Concertação Social. À chegada …

Luxemburgo torna-se o primeiro país da Europa a legalizar o cultivo e consumo de canábis

O Governo luxemburguês anunciou, esta sexta-feira, que o país será a primeira nação do Velho Continente a legalizar o cultivo e o consumo de canábis. De acordo com a nova legislação, explica o jornal The …

Prisão preventiva para suspeitos da morte de jovem no metro das Laranjeiras

Os quatro suspeitos da morte de um jovem, na quarta-feira, na estação de metro das Laranjeiras, em Lisboa, ficaram em prisão preventiva, depois de presentes a primeiro interrogatório judicial. Os quatro arguidos, com idades entre os …

Cristiano vs. Salah: Klopp não queria comparar mas comparou

Treinador do Liverpool não acredita que vai encontrar um adversário debilitado: "Eles são capazes de fazer coisas incríveis". É o grande jogo de futebol no Reino Unido e um dos mais aguardados em todos os países: …

Bastonário dos Médicos considera direção executiva do SNS "um disparate"

O bastonário da Ordem dos Médicos considera que a criação da direção executiva do Serviço Nacional de Saúde, proposta no Estatuto do SNS aprovado esta quinta-feira, é "um disparate" e que há estruturas que podem …

João Leão no Parlamento: "A alternativa é um Orçamento apresentado pelo PSD"

O ministro das Finanças afirmou, esta sexta-feira, na Assembleia da República, que a alternativa à viabilização à esquerda da proposta de Orçamento do Estado para 2022 (OE2022) é um Orçamento feito pelo PSD. "A alternativa que …

Mais de 30 mil mulheres polacas recorreram a métodos de aborto ilegais ou no estrangeiro desde a alteração na lei

Proibição à interrupção voluntária da gravidez entrou em vigor no início deste ano e as  exceções só se aplicam a casos de violações, incestos ou quando a saúde da mãe está em risco. Pelo menos 34 …

Fenprof anuncia nova greve no dia 12 e concentração em frente ao Parlamento

A Federação Nacional dos Professores (Fenprof) anunciou, esta sexta-feira, a realização de uma concentração em frente à Assembleia da República no dia 5 de novembro e a adesão à greve nacional da Administração Pública marcada …

Luis Díaz será a prioridade do Newcastle

Valor de mercado será agora inacessível para os clubes italianos, escreve-se... em Itália. O novo Newcastle deverá atacar o mercado do futebol com estrondo, possivelmente já daqui a pouco mais de dois meses, e a prioridade …