“Um espião no bolso”. App da campanha de Trump recolhe muitos dados pessoais

A aplicação para telemóvel criada pela campanha de Donald Trump para a sua reeleição recolhe uma grande quantidade de dados pessoais, alertam especialistas.

De acordo com a revista Newsweek, a aplicação Official Trump 2020, que pode ser descarregada na App Store e na Google Play Store, tem sido criticada por investigadores de segurança cibernética, que levantam preocupações quanto à quantidade de permissões que o software solicita após a instalação nos dispositivos.

A ‘app’, que pode ser instalada de forma gratuita, solicita um número de telemóvel para fazer a verificação, além de detalhes pessoais como o nome, a morada e o código postal.



Uma vez descarregada, a aplicação procura obter, por exemplo, acesso aos contactos, localização, emparelhamento Bluetooth, armazenamento e informações de identificação e chamada do dispositivo.

Aliás, na App Store, numa das secções informativas sobre a ‘app’, informa-se que “esta pode usar a localização do utilizador mesmo quando não se encontra aberta, o que pode diminuir a vida útil da bateria”.

“Independentemente da perspetiva política, esta aplicação levanta várias preocupações relacionadas com privacidade. Em alguns aspetos, parece mais um espião no bolso dos utilizadores do que um aplicativo para ajudar a tomar uma decisão informada em quem votar nas próximas eleições Presidenciais”, disse à mesma publicação Sean Wright, investigador independente de segurança cibernética.

De acordo com a política de privacidade da campanha do atual Presidente, a aplicação recolhe informações para enviar marketing, e-mails ou mensagens promocionais e para fins de pesquisa indefinidos.

Segundo a revista norte-americana, o candidato democrata à Casa Branca, Joe Biden, também está a usar uma aplicação móvel semelhante para chegar a mais eleitores. No entanto, uma análise feita por especialistas mostra que não é tão invasiva, embora também gire em torno do acesso às listas de contactos dos utilizadores.

“Não vejo por que motivo este tipo de aplicações precisa de permissões excessivas, como a necessidade de recolher números de telefone, dados de localização ou controlo sobre a funcionalidade Bluetooth. Lança algumas dúvidas sobre como estes dados serão usados. O meu conselho é que é melhor evitar a instalação destas ‘apps’, puramente do ponto de vista da privacidade”, alerta Wright.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Muco marinho na costa da Turquia ameaça ecossistemas. E é só a ponta do icebergue

Esta semana, a Turquia lançou a maior limpeza marítima da sua história para fazer face à proliferação sem precedentes de muco marinho no Mar de Mármara, um sintoma de um problema ambiental muito maior. Debaixo das …

Fotografia da Rainha Isabel II removida da Universidade de Oxford devido à "história colonial"

Um grupo de estudantes da Universidade de Oxford removeu uma fotografia da Rainha Isabel II da sua área comum devido aos seus laços com a “história colonial”. A atitude gerou uma onda de controvérsia. A imprensa …

Espanha 0-0 Suécia | Muro amarelo trava fúria espanhola

A Espanha e a Suécia empataram hoje 0-0 em jogo da primeira jornada do Grupo E do Euro2020 de futebol, naquela que foi a primeira partida sem golos na competição até ao momento. No estádio La …

Covid-19. Variante indiana causa doença mais grave, dizem médicos chineses

A Delta está a causar doença mais grave e mais rapidamente do que durante a primeira vaga, informaram médicos na zona de Guangzhou, no sudeste da China, onde surgiu um surto recente provocado por esta …

Do café aos brinquedos. Preço do transporte de mercadorias vai atingir a nossa carteira mais cedo do que se pensava

Os preços exorbitantes do transporte de mercadorias pelo mundo poderão atingir a sua carteira mais cedo do que pensa. Mais de 80% de todo o comércio de mercadorias é transportado pela via marítima, mas o alto …

Tal é a qualidade de Portugal, que o treinador da Hungria "podia ser motorista ou roupeiro"

O selecionador da Hungria, o italiano Marco Rossi, afirmou hoje que "até podia ser o motorista ou rapaz dos equipamentos" da seleção portuguesa, tal é a qualidade dos jogadores lusos que vão disputar o Euro2020. “Estamos …

Destroços de avião descobertos no fundo de um lago nos EUA podem pôr fim a um mistério de 56 anos

Trabalhadores que testam equipamentos de investigação subaquática dizem ter encontrado os destroços de um pequeno avião nas profundezas do lago Folsom, na Califórnia. A confirmar-se, podem ter resolvido um mistério com 56 anos. As imagens de …

Norte-americanos envolvidos na fuga de Carlos Ghosn declaram-se culpados

Os dois norte-americanos acusados de ajudarem o ex-presidente da Nissan Carlos Ghosn a fugir do Japão quando aguardava julgamento em liberdade sob fiança declararam-se esta segunda-feira culpados perante a justiça japonesa. De acordo com fontes da …

Enfermeira tentou provar que as vacinas tornam as pessoas magnéticas (mas não correu como previsto)

Na semana passada, a enfermeira negacionista de Ohio Joanna Overholt tentou, durante uma sessão legislativa, provar que as vacinas contra a covid-19 tornam as pessoas magnéticas. Mas não foi bem sucedida. O teste do íman resulta …

Foda e Kostadinov: as recordações à volta do Áustria-Macedónia do Norte

O selecionador da Áustria e um dos jogadores da Macedónia do Norte trouxeram memórias dos anos 90. O jogo entre Áustria e Macedónia do Norte, que terminou com vitória austríaca por 3-1, não estava propriamente na …