Supremo Tribunal dá razão ao Governo na requisição civil dos enfermeiros

Paulo Novais / Lusa

O Supremo Tribunal Administrativo (STA) rejeitou a intimação do Sindicato Democráticos dos Enfermeiros (Sindepor) para suspender a requisição civil decretada pelo Governo na “greve cirúrgica” dos enfermeiros, disse à Lusa fonte dos advogados do sindicato.

Segundo a mesma fonte, o STA tomou esta decisão com base em fundamentos que o sindicato considera “contraditórios”, com as questões prévias suscitadas a propósito do alegado incumprimento dos serviços mínimos e da necessidade de decretar a requisição civil. A fonte adiantou ainda que o STA considerou também improcedentes as questões prévias levantadas pelo Ministério da Saúde e pelo Conselho de Ministros.

Os advogados pretendem analisar detalhadamente a decisão, mas admitem a possibilidade de recorrer desta decisão desfavorável para o plenário do STA.

A intimação tinha sido entregue pelo Sindepor para a proteção de direitos, liberdades e garantias da classe, contestando a requisição civil decretada pelo Governo. O Sindepor considerou na altura que a requisição civil, decretada a 8 de fevereiro pelo Governo em quatro dos 10 hospitais onde decorre a greve dos enfermeiros até 28 de fevereiro, alegando incumprimento da prestação de serviços mínimos, era “ilegal e inconstitucional”.

De acordo com o advogado do sindicato, Garcia Pereira, a sustentação apresentada pelo Governo para aprovar a requisição civil era “genérica e abstrata”, referindo apenas que houve incumprimento dos serviços mínimos, mas “sem precisar” os factos.

O Governo apresentou depois a sua defesa e, na altura, disse ter entregado ao tribunal “fundamentos comprovados” de cirurgias prioritárias adiadas durante os serviços mínimos.

O acórdão do STA vai ser divulgado em conferência de imprensa, na tarde desta terça-feira, na Presidência do Conselho de Ministros, avança ainda o jornal Público.

A “greve cirúrgica” foi convocada pela Associação Sindical Portuguesa dos Enfermeiros (ASPE) e pelo Sindepor em dez centros hospitalares, até 28 de fevereiro, depois de uma paralisação idêntica de 45 dias no final de 2018.

Na primeira semana da segunda “greve cirúrgica” dos enfermeiros não foram realizadas 2657 intervenções cirúrgicas, mais de metade (56%) do total agendado entre 31 de Janeiro e 8 deste mês, de acordo com o balanço sobre o impacto do protesto que o Ministério da Saúde fez.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Utentes da Soflusa estão “cansados” de constantes supressões

Os utentes da Soflusa mostraram-se esta segunda-feira "cansados" das constantes supressões das ligações fluviais entre o Barreiro e Lisboa, que estão hoje a acontecer durante todo o dia devido à falta de mestres. "Já estou a …

Banco Alimentar recolhe 1.605 toneladas de alimentos no fim de semana

O Banco Alimentar contra a Fome recolheu 1.605 toneladas de alimentos durante o fim de semana da campanha nacional que decorreu em mais de duas mil superfícies comerciais, anunciou a presidente do Banco Alimentar contra …

Sérgio Conceição apontado à Lazio

A imprensa italiana aponta esta segunda-feira o treinador do FC Porto, Sérgio Conceição, à Lazio. O técnico português, recorde-se, passou pelo emblema italiano em duas ocasiões como jogador de futebol. O jornal italiano Il Messaggero adianta …

Filial portuguesa de multinacional alemã envolvida em subornos em Angola

A sucursal portuguesa em Angola da multinacional alemã Fresenius Medical Care, que actua na área médica, esteve envolvida num esquema de pagamento de subornos a médicos e militares angolanos que renderam 124 milhões de euros …

CGD acaba com empresa que criou há quase 20 anos com a PT

Criada há quase 20 anos pela Caixa Geral de Depósitos (CGD) e pela Portugal Telecom (PT), a Caixanet foi liquidada no início deste ano, bem como a Caixa Tec e a Sogrupo, duas outras empresas …

MB Way. Bancos "fecham" aplicação para cobrar comissões diferenciadas nas transferências

Em pleno arranque do 'open banking', os bancos estão a substituir a aplicação MB Way por soluções próprias que "amarram" os clientes, com o propósito de cobrar comissões diferenciadas nas transferências através do telemóvel. Segundo noticiou …

A abstenção venceu. É a mais alta de sempre

A abstenção foi a grande figura das eleições europeias deste domingo, tendo 68,7% dos portugueses optado por não votar. A abstenção em Portugal voltou a atingir um novo recorde, enquanto que a taxa de participação …

Neurocirurgia do Hospital de São João deixa os contentores ao fim de 12 anos

O novo serviço de neurocirurgia do Hospital de S. João, no Porto, está a funcionar desde este sábado. Ao fim de 12 anos, os serviços de neurocirurgia do Hospital de S. João, no Porto, deixaram de …

Derrota histórica para o PSD. O PS resiste, o Bloco chega-se à frente e o PAN estreia-se

A derrota do PSD, com uma desvantagem de mais de 10 pontos percentuais sobre o PS que foi o vencedor da noite eleitoral, o reforço do Bloco de Esquerda como a terceira força política e …

Sindicalista que parou o país vai representar seguranças privados

O vice-presidente do Sindicato Nacional de Motoristas e Matérias Perigosas (SNMMP), Pedro Pardal Henriques, vai acumular este cargo com a vice-presidência de um outro sindicato, o Sindicato de Segurança e Vigilantes de Portugal (SSVP), que …