Tribunal contraria Salvini e autoriza navio “Open Arms” a entrar em águas italianas

O navio “Open Arms”, com 147 migrantes a bordo, já pode entrar nas águas territoriais italianas, após um tribunal ter levantado a proibição imposta pelo ministro do Interior italiano, Matteo Salvini, anunciou esta quarta-feira a organização não-governamental responsável pela embarcação.

Minutos depois deste anúncio, Matteo Salvini reagiu à deliberação do tribunal, afirmando que vai avançar nas próximas horas com uma nova proibição para impedir o desembarque dos migrantes do “Open Arms” num porto italiano.

O fundador da organização não-governamental (ONG) espanhola Proactiva Open Arms (responsável pelo “Open Arms”), Óscar Camps, divulgou esta quarta-feira que um tribunal administrativo da região de Lazio tinha levantado a proibição assinada pelo ministro do Interior e que o navio humanitário já podia entrar nas águas territoriais de Itália sem estar sob a ameaça de arresto ou do pagamento de multas de valor muito elevado.

Segundo a agência espanhola EFE, que teve acesso ao documento da deliberação, o tribunal administrativo decidiu levantar a proibição porque considerou que a embarcação “se encontra numa situação de evidente dificuldade” e que as pessoas que estão a bordo precisam de receber uma assistência urgente.

“Situação de uma gravidade e de uma urgência excecionais”, reiterou a instância judicial, indicando que tal descrição justifica que o navio tenha a partir deste momento autorização para entrar em águas italianas, de forma “a que as pessoas resgatadas que precisem recebam assistência médica”.

O navio da ONG espanhola está desde o dia 1 de agosto em águas internacionais, ao largo da ilha italiana de Lampedusa, à espera da autorização para atracar num porto europeu seguro.

Na sua conta na rede social Twitter, a ONG relatou nas últimas horas que a situação a bordo do “Open Arms”, que já era “adversa”, está a ficar “dramática” por causa de um agravamento das condições meteorológicas.

“Vivemos num país onde um advogado do tribunal administrativo (da região) de Lazio quer dar autorização para desembarcar em Itália um navio estrangeiro cheio de migrantes. Vou assinar novamente nas próximas horas o meu ‘não'”, afirmou Salvini, momentos depois da divulgação da deliberação da instância.

O parlamento italiano aprovou este mês um controverso decreto-lei sobre segurança e imigração, impulsionado por Salvini (líder da Liga, extrema-direita), que introduz, entre outras medidas, multas até um milhão de euros às ONG que entrarem com navios humanitários de resgate em águas territoriais italianas

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Rio alerta para "claro divórcio entre a sociedade portuguesa e os partidos políticos"

O presidente do PSD, Rui Rio, disse ontem, em Paredes, no distrito do Porto, haver "um divórcio entre a sociedade e os partidos", defendendo que só uma maior "abertura" das estruturas às "pessoas" pode inverter …

Megaoperação de combate à pedofilia detém mais de 30 pessoas

Mais de 30 pessoas foram detidas em onze países no âmbito de uma megaoperação de combate à pornografia infantil realizada pela Europol e pela polícia nacional de Espanha, país onde foram presos mais de metade …

Grandes hotéis acusados de ignorar tráfico sexual. Queixa em grupo relata casos de 13 mulheres

Uma ação judicial deu entrada segunda-feira em Columbus, Ohio, nos Estados Unidos (EUA), com vários grandes grupos hoteleiros a serem acusados de lucrar com o tráfico sexual, ignorando os crimes e os danos nas vítimas. Segundo …

Líder da Birmânia, Suu Kyi, vai a Haia defender o país de acusação de genocídio

A líder birmanesa Aung San Suu Kyi decidiu comparecer perante o Tribunal Internacional de Justiça (TIJ) para defender o seu país da acusação de genocídio contra a minoria muçulmana rohingya, durante uma audiência de três …

Impeachment. Democratas preparam-se para avançar com duas acusações formais contra Trump

Os democratas estarão a planear apresentar esta terça-feira dois artigos de impeachment que acusam Donald Trump de abuso de poder e obstrução do Congresso. De acordo com o jornal norte-americano The New York Times, o Comité …

Esquema de venda de droga na darkweb. Fortuna em bitcoins fica nas mãos do Estado

Pedro e Rita vendiam droga para todo o mundo na darkweb. Agora, a fortuna em bitcoins acabou por ficar nas mãos do Estado. Pedro, um engenheiro informático, e Rita, uma web designer, montaram um esquema para …

CDS e PAN querem regime protetor do denunciante no combate à corrupção

CDS e PAN vão apresentar propostas no combate à corrupção que tem sido discutido desde segunda-feira. Os partidos querem um regime protetor do denunciante. Numa iniciativa de combate à corrupção, o CDS e o PAN vão …

Morreu Marie Fredriksson, vocalista dos Roxette

A cantora sueca Marie Fredriksson, dos Roxette, morreu segunda-feira aos 61 anos, anunciou esta terça-feira a sua manager em comunicado. Marie Fredriksson, vocalista e co-fundadora da banda Roxette, faleceu esta segunda-feira, aos 61 anos. A morte …

Taxa de sucesso no ensino profissional atinge os 63%. É o valor mais alto de sempre

No ano letivo de 2017/2018, 63% dos alunos inscritos no ensino profissional concluíram os seus cursos no tempo previsto, mais dez pontos percentuais do que quatro anos antes, avança o jornal Público. De acordo com um …

Regra para filhos de pais separados em casas alternadas divide partidos

A lei já prevê que os filhos de pais separados possam ficar em residência alternada se o tribunal assim o decidir. Porém, as regras não são claras e vai ser discutida a melhor forma de …