O metro mexicano que é um Triângulo das Bermudas: 153 desaparecidos em 4 anos

As 195 estações que integram os metro da capital do México converteram-se nos últimos quatro anos num verdadeiro Triângulo das Bermudas. Desapareceram 153 pessoas que nunca mais regressaram.

Desde o início de 2018 foram abertas 43 investigações relacionadas com utilizadores que foram vistos pela última vez nas linhas do metro.

De acordo com o jornal espanhol El País, a Procuradoria-Geral da Cidade do México garante que 65% destes casos acabam por ser resolvidos, quando as pessoas aparecem passado algum tempo. No entanto, os outros 35%, que representam 15 dos casos do ano passado, ficaram sem solução, juntando-se às 138 pessoas que desapareceram sem deixar rasto entre 2015 e 2017.

“Dói-me de pensar que poderia fazer parte das estatísticas”, disse Graciela, uma passageira, de 30 anos, que relatou o momento em que foi cercada por cinco homens e uma mulher nas escadas de acesso ao metro.

A mulher, que regressava a casa depois de ter deixado a filha na escola, diz mesmo ter ouvido uma das pessoas a falar do preço que ela poderia ter. “Por ela, vão dar 20”, explicou a mulher.

O incidente ocorreu em Chabacano, um estação de metro perto do centro histórico, com acesso a três linhas de metro, e por onde passam centenas de pessoas todos os dias. Depois de ter conseguido escapar do grupo suspeito, Graciela entrou numa das composições do metro. “Penso naquelas pessoas que não conseguiram escapar e que fazem parte das estatísticas”, lamentou.

A mulher acredita que o objetivo do grupo que a cercou nunca foi o roubo. “Eles poderiam ter-me puxado”, disse. Apesar de as autoridades terem tomado conta da ocorrência, apenas dois polícias guardavam a zona depois do incidente.

Tal como acontece no Rio de Janeiro, no Brasil, o metro da Cidade do México é um dos que implementaram carruagens só para mulheres, de forma a evitar casos de assédio sexual. Diariamente, o metro transporta 5,5 milhões de pessoas. É o segundo mais saturado, atrás apenas do de Nova Deli, na Índia.

O sistema de metro, com 195 estações e cerca de 200 quilómetros de extensão, é vigiado por 3417 câmaras, que não foram capazes de gravar o que aconteceu com Graciela ou com os 153 utilizadores desaparecidos, uma vez que há zonas impossíveis de serem filmadas.

O grande problema que as autoridades enfrentam está relacionado com o facto de não existir qualquer denúncia de sequestro relacionada com o desaparecimento das mais de 150 pessoas.

“Pedimos que todas as pessoas que foram vítimas que denunciem os casos”, pediu um porta-voz da nova Administração da cidade.

Graciela também não apresentou queixa no Ministério Público. Porém, queixa-se da falta de segurança do México e conta que depois de há alguns anos ter apresentado uma denuncia de roubo, os familiares do assaltante conseguiram os seus dados e foram a casa dela exigir que retirasse a denúncia.

A comparação ao Triângulo das Bermudas acontece porque esta região notabilizou-se como palco de diversos desaparecimentos de aviões, barcos de passeio e navios, para os quais se popularizaram explicações extra-físicas e sobrenaturais.

Estima-se que, nos últimos cem anos, o misterioso “Triângulo das Bermudas” tenha provocado a destruição de 75 aviões e afundado centenas de barcos e navios – provocando mais de mil mortes. Em média, 5 aviões continuam a desaparecer na região todos os anos.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

O Pólo Norte vai ter um hotel de luxo (iluminado pelas auroras boreais)

https://vimeo.com/360873720 O hotel "mais a norte do mundo" só existirá durante um mês e o glamping de luxo será para muito poucos: o custo é de 95 mil euros por pessoa por três dias. Em 2020, o …

Whitney Houston vai regressar aos palcos (em holograma)

Whitney Houston vai "regressar" aos palcos, em formato holograma. Foi anunciada uma digressão da cantora por várias salas do Reino Unido, em 2020. Os planos para uma digressão de holograma de Whitney Houston têm sido discutidos …

Victor Vescovo diz que chegou ao ponto mais profundo dos oceanos. James Cameron não concorda

James Cameron levantou dúvidas sobre as recentes declarações de Victor Vescovo sobre ter quebrado o recorde do mergulho mais profundo no oceano, dizendo que o empresário não pode ter descido mais, uma vez que não …

Par de patinadores no gelo mais medalhado de sempre anuncia fim da carreira

Os canadianos Tessa Virtue e Scott Moir, o par de patinadores no gelo mais medalhado da história do olimpismo, anunciaram esta quarta-feira o fim da carreira. “Olá a todos. Temos novidades para todos os que nos …

Elon Musk é o líder mais inspirador da tecnologia da atualidade

Elon Musk foi nomeado o líder mais inspirador no setor da tecnologia, de acordo com um estudo publicado pela Hired, uma plataforma para contratação de pessoal em 14 cidades em todo o mundo. O estudo, chamado …

De portas abertas para quem precisa. Frigoríficos solidários crescem em Paris

A Cantina do 18.º bairro parisiense foi o primeiro espaço deste projeto solidário, inaugurado há dois anos. Atualmente existem 38 restaurantes em França que acolhem os frigoríficos solidários. Em dois anos, o projeto dos frigoríficos solidários …

Imigrante do Bangladesh em Itália encontra e devolve carteira com 2 mil euros

Mossan Rasal, um bangladeshiano de 23 anos que vive em Roma, encontrou na rua uma carteira com dois mil euros, documentos de identificação, cartões de crédito, carta de condução. Em vez de retirar o dinheiro e …

Austrália conclui que China foi responsável por ciberataque ao parlamento

A agência de inteligência cibernética da Austrália (ASD) concluiu que a China foi a responsável por um ataque informático, no início deste ano, contra o parlamento nacional. Os serviços de inteligência australianos (Australian Signals Directorate) concluíram …

"A bola apenas bateu no peito". VAR admite erro no penálti do Portimonense-FC Porto

O vídeo-arbitro do encontro entre Portimonense e FC Porto, Vasco Santos, admitiu esta quarta-feira que não existiu razão para assinalar grande penalidade a favor do clube portista. "No momento em que o árbitro apita fiquei com …

Na Índia, usar cigarros eletrónicos já pode dar prisão

O Governo indiano anunciou esta quinta-feira a proibição de cigarros eletrónicos no país, de 1,3 mil milhões de pessoas, numa ação que pretende ser a favor da saúde e contra os vícios. "A decisão foi tomada …