O metro mexicano que é um Triângulo das Bermudas: 153 desaparecidos em 4 anos

As 195 estações que integram os metro da capital do México converteram-se nos últimos quatro anos num verdadeiro Triângulo das Bermudas. Desapareceram 153 pessoas que nunca mais regressaram.

Desde o início de 2018 foram abertas 43 investigações relacionadas com utilizadores que foram vistos pela última vez nas linhas do metro.

De acordo com o jornal espanhol El País, a Procuradoria-Geral da Cidade do México garante que 65% destes casos acabam por ser resolvidos, quando as pessoas aparecem passado algum tempo. No entanto, os outros 35%, que representam 15 dos casos do ano passado, ficaram sem solução, juntando-se às 138 pessoas que desapareceram sem deixar rasto entre 2015 e 2017.

“Dói-me de pensar que poderia fazer parte das estatísticas”, disse Graciela, uma passageira, de 30 anos, que relatou o momento em que foi cercada por cinco homens e uma mulher nas escadas de acesso ao metro.

A mulher, que regressava a casa depois de ter deixado a filha na escola, diz mesmo ter ouvido uma das pessoas a falar do preço que ela poderia ter. “Por ela, vão dar 20”, explicou a mulher.

O incidente ocorreu em Chabacano, um estação de metro perto do centro histórico, com acesso a três linhas de metro, e por onde passam centenas de pessoas todos os dias. Depois de ter conseguido escapar do grupo suspeito, Graciela entrou numa das composições do metro. “Penso naquelas pessoas que não conseguiram escapar e que fazem parte das estatísticas”, lamentou.

A mulher acredita que o objetivo do grupo que a cercou nunca foi o roubo. “Eles poderiam ter-me puxado”, disse. Apesar de as autoridades terem tomado conta da ocorrência, apenas dois polícias guardavam a zona depois do incidente.

Tal como acontece no Rio de Janeiro, no Brasil, o metro da Cidade do México é um dos que implementaram carruagens só para mulheres, de forma a evitar casos de assédio sexual. Diariamente, o metro transporta 5,5 milhões de pessoas. É o segundo mais saturado, atrás apenas do de Nova Deli, na Índia.

O sistema de metro, com 195 estações e cerca de 200 quilómetros de extensão, é vigiado por 3417 câmaras, que não foram capazes de gravar o que aconteceu com Graciela ou com os 153 utilizadores desaparecidos, uma vez que há zonas impossíveis de serem filmadas.

O grande problema que as autoridades enfrentam está relacionado com o facto de não existir qualquer denúncia de sequestro relacionada com o desaparecimento das mais de 150 pessoas.

“Pedimos que todas as pessoas que foram vítimas que denunciem os casos”, pediu um porta-voz da nova Administração da cidade.

Graciela também não apresentou queixa no Ministério Público. Porém, queixa-se da falta de segurança do México e conta que depois de há alguns anos ter apresentado uma denuncia de roubo, os familiares do assaltante conseguiram os seus dados e foram a casa dela exigir que retirasse a denúncia.

A comparação ao Triângulo das Bermudas acontece porque esta região notabilizou-se como palco de diversos desaparecimentos de aviões, barcos de passeio e navios, para os quais se popularizaram explicações extra-físicas e sobrenaturais.

Estima-se que, nos últimos cem anos, o misterioso “Triângulo das Bermudas” tenha provocado a destruição de 75 aviões e afundado centenas de barcos e navios – provocando mais de mil mortes. Em média, 5 aviões continuam a desaparecer na região todos os anos.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Friends: regresso da série está em negociações

De acordo com o The Hollywood Reporter, encontram-se a decorrer negociações que podem levar a uma reunião da série intemporal Friends. Este retorno seria um trunfo exclusivo da plataforma HBO Max, que ainda não foi …

NASA rebatiza Ultima Thule. Antigo nome foi associado ao nazismo

O nome do Ultima Thule deu polémica e a NASA decidiu mudá-lo. A controvérsia surgiu pelo nome dado inicialmente ao mundo gelado do Cinturão de Kuiper estar vinculado à ideologia nazi. O anúncio foi feito esta …

Vídeo mostra orcas a perseguirem tubarões-brancos na África do Sul

O tubarão-branco é visto como o maior predador dos oceanos. Mas um novo vídeo mostra que nem este animal está assim tão seguro, sendo na verdade uma presa para outras espécies. De acordo com o Science …

Descoberta a primeira vespa polinizadora da época dos dinossauros

Uma equipa de cientistas encontrou a primeira vespa polinizadora (prosphex anthophilos), que conviveu com dinossauros há cerca de 100 milhões de anos. O animal foi encontrado num fragmento de resina fossilizada em Mianmar, na Birmânia, segundo …

China está a vender drones assassinos ao Médio Oriente

A China está a vender drones capazes de matar automaticamente, sem necessidade de controlo humano. Os seus principais clientes serão a Arábia Saudita e o Paquistão. Segundo o site Defense One, uma empresa chamada Ziyan está …

Aumento da temperatura pode vir a matar 1,5 milhões de indianos por ano

Se as emissões globais de gases de efeito de estufa não forem interrompidas, cerca de 1,5 milhões de indianos podem vir a morrer anualmente até 2100 devido ao aumento das temperaturas. Os números contam de …

O vencedor do Tour de France, Egan Bernal, pode ter beneficiado de uma vantagem genética

O ponto de viragem da Tour de France deste verão ocorreu no alto de uma montanha nos Alpes franceses. Foi o resultado de anos de treinamento e, de acordo com um estudo divulgado na segunda-feira, …

Mina Chang utilizou uma capa falsa da Time no CV e conseguiu chegar ao Governo de Trump

Mina Chang, vice-secretária adjunta do Gabinete de Operações de Conflitos e Estabilização do Departamento de Estado dos Estados Unidos, mentiu no seu currículo para conseguir alcançar um lugar no Governo de Donald Trump. De acordo com …

Jovem norueguesa controla 450 perfis no Instagram para tentar evitar suicídios

Uma norueguesa de 22 controla 450 perfis privados no Instagram para tentar evitar suicídios, conta a emissora britânica BBC, revelando ainda que a jovem recebeu já o apelido de "salva-vidas" devido ao trabalho que leva …

Espanha vai tentar exumar 31 corpos que se encontram no Vale dos Caídos

As autoridades espanholas vão tentar exumar 31 dos milhares de corpos de pessoas enterradas no Vale dos Caídos, um grande mausoléu onde esteve enterrado o ditador Francisco Franco até ao mês passado. Segundo a agência Associated …