Transmissão de mães para filhos na gravidez é possível, ainda que rara

A transmissão do coronavírus que provoca a doença covid-19 da mãe para o filho é possível durante a gravidez, ainda que rara, sugere um novo estudo de cientistas chineses hoje divulgado.

A equipa chinesa seguiu 33 grávidas na cidade de Wuhan, onde o coronavírus SARS-CoV-2 foi detetado em dezembro, e verificou que apenas três bebés nasceram com covid-19.

Os resultados do estudo, divulgados esta quinta-feira na publicação científica JAMA Pediatrics, contrariam conclusões de trabalhos anteriores que apontavam que o novo coronavírus era intransmissível das mães para os filhos durante a gravidez.

“Um vez que os procedimentos rigorosos de controlo e de prevenção da infeção foram adotados durante o parto, é provável que as estirpes de SARS-CoV-2 [detetadas] no trato respiratório superior [que inclui nariz, faringe, laringe e traqueia] e no ânus dos recém-nascidos seja de origem materna”, referem os cientistas no estudo hoje divulgado.

Os três bebés, que recuperaram da covid-19, são todos meninos e nasceram por cesariana, uma vez que as mães tinham pneumonia devido ao coronavírus.

Um dos bebés nasceu prematuro, às 31 semanas de gestação, e teve de ser reanimado. Sofreu uma pneumonia, uma septicemia e dificuldades respiratórias.

O recém-nascido curou-se da covid-19 graças a tratamentos nos cuidados intensivos, que incluíram ventilação, antibióticos e cafeína. Ao fim de sete dias, os testes deram negativo.

Os outros dois bebés tiveram febre, sendo que um deles também teve pneumonia. Ambos estiveram em cuidados intensivos e as análises deram resultado negativo passados seis dias de vida.

Especialistas chineses já tinham dado eco de um caso de transmissão da covid-19 da mãe para o filho durante a gravidez, depois de o bebé ter acusado a presença do novo coronavírus 30 horas após o nascimento.

“É crucial testar todas as mulheres grávidas e aplicar medidas rigorosas de controlo de infeção, de quarentena das mulheres grávidas e vigilância dos recém-nascidos”, defende o novo estudo hoje publicado.

Em Portugal, as grávidas e os recém-nascidos surgem em segundo lugar na cadeia de pessoas prioritárias para fazer testes de despistagem à covid-19 em caso de sintomas, de acordo com uma norma da Direção-Geral da Saúde (DGS) que entrou hoje em vigor para a fase da mitigação da pandemia, a terceira e a mais grave de resposta à doença provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, na origem de infeções respiratórias como pneumonia.​​​​​​

A cadeia prioritária de testes à covid-19 só será seguida quando não é possível avaliar todas as pessoas com suspeita de infeção, isto é, com sintomas como febre, tosse persistente ou agravada e dificuldade respiratória.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Cientistas criam miniatura de ondas de choque de supernovas (e quase desvendam um mistério)

Esta versão em miniatura das ondas de choque das supernovas pode ter ajudado os cientistas a chegar muito perto da resolução de um antigo mistério cósmico. Uma equipa de investigadores do Departamento de Energia do Centro …

Na Indonésia, são os recém-licenciados quem mais vai sofrer com o impacto económico da covid-19

A covid-19 continua a desacelerar a economia na Indonésia e pode causar graves impactos nos recém-licenciados que entram no mercado de trabalho pela primeira vez. Na Indonésia, o crescimento económico diminuiu para 2,97% durante o primeiro …

Mudanças climáticas ameaçam 60% das espécies de peixes do mundo

Uma nova investigação levada a cabo por cientistas do Instituto Alfred Wegener, na Alemanha, sugere que as mudanças climáticas podem destruir mais espécies de peixes do que se pensavam anteriormente. Se as temperaturas globais subirem …

Engenheiros desenvolvem célula de combustível duas vezes mais eficiente do que a de hidrogénio

Uma equipa de engenheiros da Universidade de Washington, nos Estados Unidos, desenvolveu um novo processo para uma célula de combustível que funciona com o dobro da tensão das células a combustível tradicionais de hidrogénio. O novo …

Preços das bebidas concertados durante anos. Seis supermercados sob suspeita de cartel

Seis grupos de distribuição alimentar e dois fornecedores de sumos, vinhos e outras bebidas, foram acusados pela Autoridade da Concorrência de concertarem preços durante vários anos em prejuízo do consumidor. "Após investigação, a Autoridade da Concorrência, …

Sindicato denuncia mobilização forçada de médicos para tratar surto de Reguengos de Monsaraz

O Sindicado dos Médicos da Zona Sul (SMZS) denunciou hoje o que diz ser uma “mobilização forçada de médicos” pela Administração Regional de Saúde (ARS) do Alentejo para o combate ao surto de covid-19 de …

Novo comboio-bala entra ao serviço na linha Tóquio-Osaka

O mais novo modelo de comboio-bala do Japão - o N700S - entrou ao serviço no dia 1 de julho, numa jornada inaugural de Tóquio a Osaka. A série N700S (sendo que o "S" significa "Supreme") …

Kanye West anuncia candidatura à Presidência dos EUA

O músico norte-americano Kanye West anunciou este sábado, Dia da Independência dos Estados Unidos, a sua candidatura à Casa Branca, depois de ter apoiado anteriormente o atual Presidente e candidato à reeleição, Donald Trump. "Agora devemos …

Vídeo revela, pela primeira vez, como é que o cérebro se livra dos neurónios mortos

Uma equipa de cientistas conseguiu usar, pela primeira vez, uma técnica que "mata" uma célula cerebral isolada e permite observar o processo de limpeza do sistema nervoso em tempo real. A equipa de investigadores conseguiu registar …

Reutilizável, dobrável e esterilizável. Novo "escudo" protege profissionais de saúde

Uma equipa de cientistas desenvolveu, recentemente, um dispositivo dobrável em forma de tenda que atua como um escudo físico para os profissionais de saúde na linha da frente contra a covid-19. A tenda redutora de gotículas …