Traficante mexicano El Chapo alega ser vítima de maus tratos na prisão

Mario Guzman / EPA

O barão da droga Joaquin Guzman Loera, conhecido como El Chapo

O barão da droga Joaquin Guzman Loera, conhecido como El Chapo

O estado de saúde do narcotraficante mexicano Joaquín El Chapo Guzmán deteriorou-se devido aos “maus tratos” que sofre na prisão, denunciou esta sexta-feira um dos seus advogados.

Andrés Granados disse mesmo que El Chapo poderá morrer se continuar a ser vítima de “maus tratos” dentro da prisão, localizada na cidade fronteiriça de Ciudad Juárez, no estado de Chihuahua, no norte do México.

“Parece que o governo federal quer matá-lo antes de extraditá-lo”, disse o causídico, numa entrevista à agência noticiosa espanhola Efe, após visitar o seu cliente.

De acordo com a defesa, El Chapo toma antidepressivos e ansiolíticos, entre outros fármacos.

“Queremos que fique bem claro que ele não se vai suicidar. O dano que poderá sofrer é pela tortura e isolamento”, afirmou.

O advogado qualificou ainda o processo de extradição para os Estados Unidos de “circo e teatro“.

“O que está a acontecer na realidade é uma distração para não se perseguir os ex-governadores de Chihuahua e de Veracruz que roubaram milhões de pesos [mexicanos]. Nós ainda temos mais recursos e pretendemos ir até ao Tribunal Interamericano dos Direitos Humanos”, sustentou.

Um juiz mexicano autorizou na sexta-feira a extradição para os Estados Unidos de El Chapo ao recusar duas ações judiciais apresentadas pela defesa, informou a Procuradoria-Geral da República.

Em comunicado, a Procuradoria-Geral da República disse ter sido notificada de cinco decisões emitidas pelo tribunal penal do distrito de Amparo na Cidade do México relativas às ações judiciais apresentadas pela defesa.

“Em duas delas o órgão jurisdicional negou a proteção e proteção da justiça federal, enquanto as outras três foram recusadas”, precisou.

Em setembro, os advogados de El Chapo afirmaram que se o juiz lhe negasse a proteção recorreriam da decisão a um tribunal colegial, que envolveria uma nova análise do caso que duraria “entre três e seis meses”.

O Governo mexicano indicou, este mês, que pretendia extraditar El Chapo no início do próximo ano.

Caso a extradição se concretize, aguarda-se um mega julgamento nos Estados Unidos para um homem cujo cartel tem sido acusado de numerosos assassinatos de fornecer toneladas de cocaína e outras drogas ao vasto mercado norte-americano.

El Chapo foi recapturado em janeiro, seis meses depois de ter fugido de uma prisão de alta segurança através de um túnel de 1,5 quilómetros que construiu a partir da sua cela.

/Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. O que tenho verdadeiramente pena é que não lhe rebentem com o focinho, mas antes confisquem-lhe os bens todos e apliquem esse dinheiro a recuperar as pessoas que este bandido desgraçou. Honestamente, para este tipo de gente que, apesar do muito dinheiro que têm, devia de haver mão pesada, um castigo muito severo. Muito dinheiro conseguido com a desgraça e a misèria alheia. Este bandalho nunca produziu um alfinete na vida. Aplique o dinheiro a criar emprego, a gerar riqueza de forma honesta, a desenvolver o seu país.
    A individuos destes tenho ódio, mesmo.

RESPONDER

Governo suspendeu 18 obras na ferrovia consideradas prioritárias

A Infraestruturas de Portugal (IP) adiou e/ou atrasou ou 18 obras do setor ferroviário que estavam contemplados no programa Ferrovia 2020 e eram consideradas prioritárias. De acordo com o Jornal de Notícias, que avança a notícia …

Suspeito do roubo das pistolas Glock implicou Direcção da PSP (mas nunca foi interrogado sobre isso)

O polícia que está acusado do roubo das pistolas Glock da PSP insinuou, em conversas telefónicas, que haveria chefias da Direcção Nacional desta força policial envolvidas na prática do crime. Apesar disso, nunca terá sido …

O Natal traz emoções fortes. Viva-as intensamente

Quando o tempo frio faz as suas primeiras aparições, quase imediatamente alguém afirma “não tarda nada estamos no Natal”. De facto, a quadra natalícia é o grande prémio de consolação do Inverno: o motivo pelo qual …

Estádio para os Jogos Olímpicos concluído antes da data prevista

O estádio Nacional Japonês, sede dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio de 2020, está concluído, a um mês da estreia oficial, informou esta terça-feira o organismo proprietário do complexo. De acordo com o Conselho de …

Suécia deixa cair investigação de violação contra Julian Assange

O Ministério Público sueco deixou cair a investigação de um caso de violação alegadamente cometido por Julian Assange, fundador do WikiLeaks, em 2010. "O Diretor Adjunto do Ministério Público, Eva-Marie Persson, decidiu hoje [terça-feira] descontinuar a …

Portugal produz menos lixo do que a média da OCDE (mas é o 3.º que menos recicla)

Portugal produz menos lixo do que a média da OCDE, mas é o 3.º que menos recicla, revelaram dados recentes da organização internacional. Em 2017, cada português produzir quase 500 quilogramas de lixo, valor inferior …

Novas demissões na Agência de Informações Financeiras do Vaticano

Um membro da entidade de regulação financeira do Estado do Vaticano, Marc Odendall, demitiu-se na sequência de buscas realizadas pela polícia e que originaram na suspensão do organismo do sistema de comunicações global. Marc Odendall, banqueiro …

Governo e Liga de clubes discutem redução do IVA para espetáculos desportivos

Secretário de Estado do Desporto afirma querer ouvir as reivindicações do organismo, mas sem se comprometer. O secretário de Estado da Juventude e do Desporto anunciou ontem que vai reunir-se com representantes da Liga Portuguesa de …

Tufão obriga a retirada de cerca de cinco mil pessoas do norte das Filipinas

Cerca de cinco mil pessoas foram retiradas do norte das Filipinas devido à aproximação do tufão Kalamaegi, que deverá tocar terra na província de Cagayan nas próximas horas, disseram esta terça-feira as autoridades locais. "Estamos preparados …

Acabaram-se as trotinetas no Algarve. Duraram 10 meses

  Dez meses depois de terem sido anunciadas como uma mais-valia para a promoção da mobilidade suave no Algarve, as trotinetes elétricas foram retiradas das ruas da capital algarvia e de Portimão, disseram à Lusa fontes …