Traficante mexicano El Chapo alega ser vítima de maus tratos na prisão

Mario Guzman / EPA

O barão da droga Joaquin Guzman Loera, conhecido como El Chapo

O barão da droga Joaquin Guzman Loera, conhecido como El Chapo

O estado de saúde do narcotraficante mexicano Joaquín El Chapo Guzmán deteriorou-se devido aos “maus tratos” que sofre na prisão, denunciou esta sexta-feira um dos seus advogados.

Andrés Granados disse mesmo que El Chapo poderá morrer se continuar a ser vítima de “maus tratos” dentro da prisão, localizada na cidade fronteiriça de Ciudad Juárez, no estado de Chihuahua, no norte do México.

“Parece que o governo federal quer matá-lo antes de extraditá-lo”, disse o causídico, numa entrevista à agência noticiosa espanhola Efe, após visitar o seu cliente.

De acordo com a defesa, El Chapo toma antidepressivos e ansiolíticos, entre outros fármacos.

“Queremos que fique bem claro que ele não se vai suicidar. O dano que poderá sofrer é pela tortura e isolamento”, afirmou.

O advogado qualificou ainda o processo de extradição para os Estados Unidos de “circo e teatro“.

“O que está a acontecer na realidade é uma distração para não se perseguir os ex-governadores de Chihuahua e de Veracruz que roubaram milhões de pesos [mexicanos]. Nós ainda temos mais recursos e pretendemos ir até ao Tribunal Interamericano dos Direitos Humanos”, sustentou.

Um juiz mexicano autorizou na sexta-feira a extradição para os Estados Unidos de El Chapo ao recusar duas ações judiciais apresentadas pela defesa, informou a Procuradoria-Geral da República.

Em comunicado, a Procuradoria-Geral da República disse ter sido notificada de cinco decisões emitidas pelo tribunal penal do distrito de Amparo na Cidade do México relativas às ações judiciais apresentadas pela defesa.

“Em duas delas o órgão jurisdicional negou a proteção e proteção da justiça federal, enquanto as outras três foram recusadas”, precisou.

Em setembro, os advogados de El Chapo afirmaram que se o juiz lhe negasse a proteção recorreriam da decisão a um tribunal colegial, que envolveria uma nova análise do caso que duraria “entre três e seis meses”.

O Governo mexicano indicou, este mês, que pretendia extraditar El Chapo no início do próximo ano.

Caso a extradição se concretize, aguarda-se um mega julgamento nos Estados Unidos para um homem cujo cartel tem sido acusado de numerosos assassinatos de fornecer toneladas de cocaína e outras drogas ao vasto mercado norte-americano.

El Chapo foi recapturado em janeiro, seis meses depois de ter fugido de uma prisão de alta segurança através de um túnel de 1,5 quilómetros que construiu a partir da sua cela.

/Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. O que tenho verdadeiramente pena é que não lhe rebentem com o focinho, mas antes confisquem-lhe os bens todos e apliquem esse dinheiro a recuperar as pessoas que este bandido desgraçou. Honestamente, para este tipo de gente que, apesar do muito dinheiro que têm, devia de haver mão pesada, um castigo muito severo. Muito dinheiro conseguido com a desgraça e a misèria alheia. Este bandalho nunca produziu um alfinete na vida. Aplique o dinheiro a criar emprego, a gerar riqueza de forma honesta, a desenvolver o seu país.
    A individuos destes tenho ódio, mesmo.

RESPONDER

Carlos Moedas "tem uma costela liberal". IL pondera apoio ao candidato à câmara de Lisboa

O líder da Iniciativa Liberal (IL), João Cotrim de Figueiredo, disse que Carlos Moedas, candidato à câmara de Lisboa apoiado pelo PSD, tem um "perfil liberal", mas que o partido precisa de perceber projeto do …

Primeiro-ministro da Arménia acusa militares de tentativa de golpe de Estado

O primeiro-ministro da Arménia referiu-se hoje a "tentativa de golpe de Estado" depois de o Estado Maior ter pedido o afastamento do governo num contexto de protestos por causa da derrota no último conflito com …

EUA condenam Coreia do Norte a indemnizar militares torturados em 1968

A Justiça dos Estados Unidos (EUA) condenou Pyongyang a indemnizar em 2,3 mil milhões de dólares (cerca de dois mil milhões de euros) os tripulantes de um navio da Marinha norte-americana, que foram capturados e …

Ex-gestores do Novo Banco seguem para Banco do Fomento e para CGD

Os gestores Vítor Fernandes e Jorge Freire Cardoso, que saíram do Novo Banco em divergência com a estratégia da Lone Star, vão desempenhar as funções de presidente do Banco de Fomento e de administrador na Caixa …

EUA acusado de prometer contrapartidas a Cabo Verde pela extradição de testa-de-ferro de Maduro

O antigo juiz espanhol Baltasar Garzón, que coordena a defesa de Alex Saab, detido em Cabo Verde e considerado testa-de-ferro do Presidente venezuelano Nicolás Maduro, acusou na quinta-feira os Estados Unidos (EUA) de prometerem contrapartidas …

Bispo italiano sugeriu a padre que pagasse 20 mil euros a vítima de pedofilia

O bispo católico de Como, em Itália, afirmou ter sugerido a um jovem padre suspeito de pedofilia que pagasse 20 mil euros à suposta vítima para encerrar uma investigação interna ao caso ocorrido numa residência …

Governo reforça financiamento de projetos LGBTI com 50 mil euros

O Governo vai reforçar em 50 mil euros o financiamento de projetos de organizações que atuem na defesa dos direitos das pessoas lésbicas, gays, bissexuais, trans e intersexo (LGBTI), anunciou o gabinete da secretária de …

CDS pede ao Governo "um plano de desconfinamento controlado, à inglesa"

Francisco Rodrigues dos Santos quer que o Executivo apresente um plano de desconfinamento que permita a retoma da atividade de alguns setores. Esta sexta-feira, o presidente do CDS-PP insistiu na necessidade de o Governo apresentar um …

Para os idosos que estão em lares, visitar a família sem isolamento poderá acontecer em maio

A CNIS estima que, com todos os idosos residentes em lares vacinados, maio possa ser o mês da libertação depois de mais de um ano de pandemia, confinamentos e restrições apertadas. DGS diz que orientações …

UE retalia e declara chefe da missão venezuelana "persona non grata"

A União Europeia (UE) decidiu, esta quinta-feira, declarar a chefe da missão venezuelana em Bruxelas persona non grata, respondendo ao anúncio feito por Caracas de dar 72 horas à embaixadora comunitária para abandonar o país. "Por …