Trabalhadores da PT marcam greve geral para 21 de julho

Mário Cruz / Lusa

-

Os sindicatos afetos à PT Portugal anunciaram, esta quarta-feira, a convocação de uma greve geral para 21 de julho contra a transferência de trabalhadores para outras empresas do grupo Altice e parceiros, além de um conjunto de ações.

“Todos os trabalhadores da PT Portugal, ontem uns, amanhã outros, estão confrontados com o maior ataque já visto aos seus direitos e respetivos postos de trabalho“, refere um comunicado conjunto da Comissão de Trabalhadores e dos sindicatos que representam os trabalhadores da operadora de telecomunicações detida pelo grupo Altice.

Em causa está a transferência de trabalhadores para outras empresas do grupo e parceiros.

Em 30 de junho, a PT Portugal anunciou internamente que iria transferir 118 trabalhadores para empresas do grupo Altice e Visabeira, esta última parceira histórica da operadora de telecomunicações, cujo processo estará concluído no final deste mês.

No início do mês passado, a operadora tinha anunciado a transferência de 37 trabalhadores da área informática da PT Portugal para a Winprovit.

Perante esta catástrofe que se avizinha, o alarme disparou e é preciso evitar a destruição daquela que foi uma das maiores empresas do país”, referem, adiantando que numa reunião entre os órgãos representativos dos trabalhadores, em 4 de julho, “foi decidido realizar uma greve geral no dia 21 de julho, acompanhada de um vasto conjunto de ações preparatórias até ao dia da greve”.

No dia 21 de julho “foi decidido convidar as centrais sindicais (CGTP e UGT) a participar e intervir sindicalmente”.

Neste dia está prevista a concentração dos trabalhadores da PT Portugal à porta dos principais edifícios da operadora, entre os quais o localizado Picoas, em Lisboa.

Além disso, está prevista uma concentração de ativistas em frente à porta do Ministério do Trabalho, no seguimento das propostas apresentadas pelos sindicatos, em 7 de julho, cerca das 14h30.

Em 10 de julho terá lugar um plenário de trabalhadores PT/MEO no Porto, no dia 12 de julho haverá outro em Lisboa e em 17 de julho haverá um plenário em Faro.

Estão ainda previstas concentrações de ativistas sindicais em frente ao Ministério do Trabalho e Picoas, em Lisboa, nos dias 10, 12, 14, 18, 19 e 20, entre as 10h00 e 12h00 e as 12h30 e as 13h30.

Foi ainda decidido avançar com as providências cautelares em vários tribunais e exposições sobre a atual situação junto de vários governantes, desde o Presidente da República, passando pelo presidente da Assembleia da República, primeiro-ministro, ministro do Trabalho, entre outros.

Na terça-feira à noite, o presidente executivo da PT Portugal, Paulo Neves, disse que a operadora está “num processo de agilização da estrutura” e o foco é no “‘core'” (negócio central). “Há um conjunto de serviços que consideramos essenciais”, mas que outras empresas do grupo Altice podem fazer, explicou.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Filho do presidente da Câmara de Pedrógão Grande "sem memória" no caso da reconstrução de casas

O adjunto do presidente da Câmara de Pedrógão Grande, Telmo Alves, que também é filho do autarca, disse em Tribunal que desconhece o processo de reconstrução das casas ardidas no incêndio no concelho, em 2017, …

Joacine não está inscrita no congresso do Livre

De acordo com o semanário Expresso, a deputada única do Livre não se inscreveu na reunião magna do partido, que se realiza este fim de semana, em Lisboa. A deputada do Livre, Joacine Katar Moreira, e …

"Há condições para avançar" com o alargamento da ADSE

"Há condições para avançar" com o alargamento da ADSE aos contratos individuais do Estado e aos precários regularizados no PREVPAP, disse Alexandra Leitão, esta sexta-feira, no Parlamento. A ministra da Modernização do Estado e da Administração …

Países "lutam" por fundos europeus para neutralizar emissões de carbono

Um novo fundo de 100 mil milhões destinado a neutralizar as emissões de dióxido de carbono na Europa até 2050 está em disputa por vários países. A Comissão Europeia quer implementar um fundo de 100 mil …

Tribunal japonês suspende atividade de reator nuclear que tinha recebido luz verde

Um tribunal no Japão ordenou esta sexta-feira que o reator nuclear da central de Ikata (oeste do país) pare por razões de segurança, numa decisão que revoga uma anterior que deu luz verde ao seu …

Panamá. Sete corpos encontrados em vala comum em área indígena controlada por seita religiosa

Os corpos de sete pessoas foram encontrados na quinta-feira numa vala comum numa área indígena do Panamá controlada por uma seita religiosa, entre eles o de uma grávida e cinco dos seus filhos. Outras 15 …

Deixar de dar aulas com mais de 60 anos só no pré-escolar e 1.º ciclo

A possibilidade de os professores com mais de 60 anos deixarem de dar aulas para "desempenhar outras atividades", prevista no Orçamento do Estado de 2020, será apenas aplicada ao pré-escolar e 1.º ciclo, esclareceu o …

Aumento extra de dez euros pode beneficiar 1,6 milhões de pensionistas

O aumento extra de dez euros nas reformas até 658,2 euros, confirmado esta quinta-feira pelo secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, pode vir a beneficiar cerca de 1,6 milhões de pensionistas. A estimativa é avançada …

Rui Pinto vai a julgamento por 93 crimes

A juíza do Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa decidiu que Rui Pinto vai ser julgado por 93 crimes, e não 147 como estava acusado. O Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa decidiu esta sexta-feira levar …

Um "palhaço" que vai apunhalar os iranianos nas costas. Líder supremo do Irão arrasa Trump

O líder supremo do Irão classificou esta sexta-feira o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, como "um palhaço" que finge querer ajudar os iranianos, mas vai atacá-los pelas costas com "um punhal envenenado". As declarações do …