Investigação revela que aplicação é uma ferramenta de espionagem do Governo dos Emirados Árabes Unidos

A Google e a Apple removeram a aplicação ToTok das suas plataformas depois de uma investigação ter revelado que esta poderia ser uma ferramenta de espionagem do Governo dos Emirados Árabes Unidos.

À primeira vista, trata-se de uma aplicação para trocar mensagens. No entanto, é uma ferramenta de espionagem do Governo dos Emirados Árabes Unidos que utiliza esta rede social para monitorizar e vigiar as conversas e as movimentações daqueles que a têm instalada nos seus telemóveis.

A ToTok teria acesso ao microfone, câmara, contactos, fotografias e localização do utilizador. A aplicação prometia “conversas mais seguras”, algo apelativo no caso dos utilizadores nos Emirados Árabes Unidos, uma vez que aplicações semelhantes estão bloqueadas pelo Governo.

De acordo com o The New York Times, a ToTok foi criado há alguns meses, mas já foi instalado milhões de vezes através das aplicações da Apple e da Google, por utilizadores no Médio Oriente, Europa, Ásia, África e América do Norte.

Apesar de a maioria dos utilizadores se encontrar nos Emirados Árabes Unidos, a aplicação em causa foi uma das mais instaladas, em termos de redes sociais, na semana passada nos Estados Unidos, segundo dados recolhidos pelo diário norte-americano.

O jornal realizou várias entrevistas e cruzou informações recolhidas com outras a que teve acesso a partir de um relatório oficial e confidencial, tendo chegado à conclusão que se assiste, atualmente, “a uma escalada na corrida às armas digitais por parte de Governos ricos e autoritários”, que procuram aceder a “meios cada vez mais eficazes para espiar adversários estrangeiros, redes terroristas e criminosas, jornalistas e críticos”.

Ao que o diário conseguiu apurar, tudo indica que a empresa responsável pela aplicação – a Breej Holding – está ligada a duas outras, uma na área da cibersegurança e “hacking”, a DarkMatter, e outra na recolha de dados, a Pax AI, ambas com sede em Abu Dhabi. No entanto, não é claro o seu envolvimento no desenvolvimento da aplicação nem a sua relação com o Governo dos Emirados Árabes Unidos.

De acordo com o Expresso, sabe-se que, no caso da DarkMatter, há mesmo ligações ao Governo, com alguns dos funcionários a serem investigados pelo FBI por possíveis cibercrimes. Já em relação à Pax AI, sabe-se apenas que trabalham ali analistas de dados europeus, asiáticos e nacionais, sendo a empresa liderada por Andrew Jackson, um irlandês que antes trabalhara numa empresa em Silicon Valley com ligações ao Governo dos EUA.

Quando confrontadas com a alegada ligação da aplicação ao Governo dos Emirados Árabes Unidos, tanto a Apple como a Google removeram a ToTok das suas lojas de aplicações e garantiram que iam investigar. Ainda assim, a aplicação mantém-se disponível para todos o que já a tinham instalado.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Não se esqueçam de referir as aplicações de espionagem «Whatsapp», «Google», «Facebook», e Instagram, utilizadas pelos regimes da Inglaterra e de Israel, e também pelo governo dos Estados Unidos da América do Norte.

RESPONDER

Pessoas com 55 anos ou mais já podem agendar a vacina contra a covid-19

Depois dos maiores de 60 anos, chegou a vez da inscrição dos utentes com 55 anos ou mais. Estes cidadãos já podem agendar a toma da vacina contra a covid-19. O auto-agendamento para a vacina contra …

Primeiro-ministro israelita garante que o país usará "força crescente" contra Hamas

O primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, avisou na quarta-feira que Israel vai continuar a intensificar a força dos ataques retaliatórios contra as milícias palestinianas em Gaza e que vai visar vários comandantes da liderança militar do …

Melhorias nos edifícios e uma nova plataforma. PRR tem 45 milhões para ajudar pessoas com deficiência

O Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) tem 45 milhões de euros para acelerar as acessibilidades físicas para pessoas com deficiência ou incapacidades. Na terceira componente do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) disponibilizado pelo Governo, …

Siza Vieira diz que Governo está “disponível para colocar recursos públicos” na transição digital

Pedro Siza Vieira revelou estar "inteiramente disponível para colocar recursos públicos" ao serviço da transição digital e assegurou que o país "está preparado" para aproveitar fundos da UE. O ministro da Economia e da Transição Digital …

Partido de Macron impede candidata de concorrer a eleição por usar hijab

O partido do presidente francês Emmanuel Macron impediu uma mulher muçulmana de concorrer como candidata às eleições locais porque tirou uma fotografia para um panfleto de campanha usando um hijab na cabeça. Sara Zemmahi ficou famosa …

Coroa de D. Maria II arrematada por 1,3 milhões. Não vem para Portugal por falta de dinheiro

A tiara de diamantes e safiras da década de 1840, que pertenceu à rainha D. Maria II e suscitou interesse da direção do Palácio Nacional da Ajuda, foi arrematada em leilão da Christie’s por 1 …

Nova alteração no apoio à retoma. Empresas podem cortar horários em 100% em maio e junho

O Governo voltou a alterar o apoio à retoma e decidiu permitir que as empresas com quebras de, pelo menos, 75% continuem a reduzir os horários dos seus trabalhadores até 100%, no mês de maio …

É oficial. Dragão vai receber final da Champions (e com adeptos nas bancadas)

A UEFA anunciou, esta quinta-feira, que o Estádio do Dragão, na cidade do Porto, vai ser o palco da final da Liga dos Campeões, entre Chelsea e Manchester City, a 29 de maio. "A final da …

Nuno Mendes entra na agenda do Nápoles

Depois de ter chamado a atenção de vários clubes europeus, o clube napolitano é o mais recente interessado no jovem lateral do Sporting. Segundo o jornal Corriere dello Sport, com a qualificação quase garantida para a …

Nova ponte no Douro vai estar pronta em 2025. Vai custar 36,9 milhões de euros

A nova ponte rodoviária sobre o rio Douro custa 36,9 milhões de euros, incluindo acessos, e fica pronta em 2025, indica a proposta de lançamento de concurso que vai esta quinta-feira à reunião camarária de …