Tóquio. Chefe de comité das Olimpíadas demite-se após comentários sexistas

worldeconomicforum / Flickr

Yoshiro Mori, presidente do comité organizador dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020

O presidente do comité organizador das Olimpíadas de Tóquio, Yoshiro Mori, vai deixar o cargo após uma semana de críticas devido a comentários sexistas, com os especialistas a defenderem que esta dificilmente será uma vitória para os direitos das mulheres no Japão.

De acordo com os especialistas, a renúncia – que será formalmente anunciada na sexta-feira – não teria acontecido se não fosse pela atenção internacional sobre o caso, noticiou esta quinta-feira a Time.

A 03 de fevereiro, Mori, de 83 anos, disse num encontro do comité olímpico que as mulheres falam demais nas reuniões. “Se aumentarmos o número de mulheres no conselho, temos que garantir que o tempo de uso da palavra seja um pouco restrito, elas têm dificuldade em terminar, o que é irritante”, referiu.

Mori, que foi primeiro-ministro de 2000 a 2001, desculpou-se no dia seguinte, afirmando, contudo, que não tencionava renunciar.

“Já houve muitos comentários desse tipo por parte políticos e pessoas tantas vezes antes, mas nunca renunciaram”, disse Kazuko Fukuda, que iniciou uma petição pedindo uma ação contra Mori, na qual classifica os seus comentários como “preconceituosos, tacanhos e discriminatórios”. A iniciativa já conta com quase 150 mil assinaturas.

No início da polémica, o Comité Olímpico Internacional (COI) aceitou as desculpas de Mori, emitindo depois um comunicado onde declarava que os comentários eram “absolutamente inadequados”. A 10 de fevereiro, a governadora de Tóquio, Yuriko Koike, disse que faltaria a uma reunião com Mori e com o presidente do COI, Thomas Bach, na semana seguinte.

A tenista Naomi Osaka, que nasceu no Japão, considerou os comentários de Mori “muito desinformados” e “ignorantes”. Cerca de 500 voluntários olímpicos desistiram, segundo a media japonesa.

“Se Mori não tivesse tanta visibilidade na representação do Japão no cenário internacional, é provável que houvesse muito mais complacência em relação aos seus comentários”, indicou Grace En-Yi Ting, professora da Universidade de Hong Kong.

Durante a sua governação, o ex-primeiro-ministro Shinzo Abe pediu às empresas que atribuíssem às mulheres 30% dos cargos gestão até 2020. Quando essa meta não foi cumprida, a data foi adiada. As mulheres ocupam menos de 15% dos cargos de gestão média e sénior – uma das piores taxas no grupo das 20 grandes economias.

Abe indicou apenas uma mulher para seu gabinete, e o atual primeiro-ministro, Yoshihide Suga, escolheu somente duas, num contexto de 21 funcionários.

Grace En-Yi Ting hesita em dizer que a renúncia de Mori possa despertar um senso significativo sobre a igualdade de género no Japão. “Este é um problema de sexismo sistémico; Mori e outros são sustentados por um ambiente que tolera o sexismo”, siublinhou a professora.

Espera-se que o substituto de Mori seja Saburo Kawabuchi, o ex-presidente da Federação Japonesa de Futebol, de 84 anos.

Taísa Pagno Taísa Pagno //

PARTILHAR

RESPONDER

Fauci prevê que seja retomado o uso da vacina da Johnson & Johnson nos EUA

Anthony Fauci prevê que o regulador norte-americano ponha fim à pausa temporária do uso da vacina da Johnson & Johnson (J&J) contra a covid-19. Acrescentou ainda que acredita que a decisão será tomada até sexta-feira. "A …

Relatório secreto aponta o dedo à CMVM, auditoras e Angola na queda do BES

O Banco de Portugal não será o único culpado pela queda do BES. O Relatório Costa Pinto aponta o dedo à CMVM, à KPMG e PwC, e ao Banco Nacional de Angola. O Relatório Costa Pinto …

Ventura vai "atrás" de Costa (e espera um milhão de votos nas legislativas)

O Chega organizou, este domingo, uma manifestação contra a ilegalização do partido. André Ventura sublinhou que o partido não tem medo e que "só o povo" pode fazê-lo. O presidente do Chega afirmou, este domingo, que …

Juiz-Anti-Confinamento

"Pelos castelos de Portugal" em protestos ilegais, juiz anti-confinamento não pode ser detido

O juiz Rui Fonseca e Castro, que se tornou conhecido pela postura anti-confinamento tem reunido vários apoiantes em protestos sem máscaras e sem distanciamento social. Mas, apesar da detenção de alguns desses apoiantes, o magistrado …

Navalny. Ministros europeus analisam situação de opositor russo

Os ministros dos Negócios Estrangeiros europeus vão analisar a situação de Alexei Navalny, opositor à Presidência russa cujo estado de saúde se agravou devido à greve de fome que iniciou na prisão, anunciou este domingo …

Espanha aprova lei para proteger as crianças contra a violência. Decisão é pioneira a nível mundial

Espanha está a pouco mais de um mês de dar um passo importante em prol da defesa dos direitos sociais dos cidadãos. O Congresso dos Deputados aprovou na passada quinta-feira o projeto de lei de …

Linhas do tempo da monarquia. Pela primeira vez, Portugal vai ter um Plano Ferroviário

Pela primeira vez, Portugal vai ter um Plano Ferroviário Nacional (PFN). Esta segunda-feira, é dado o pontapé de saída para o debate nacional sobre a ferrovia. Em declarações à TSF, o ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno …

Sporting volta à carga por Yaremchuk, mas tem concorrência de Paulo Fonseca

Roman Yaremchuk volta a entrar na equação do Sporting. O avançado ucraniano leva 20 golos esta temporada e pode ser reforço para a próxima temporada. O Sporting CP não desiste de procurar opções para o ataque, …

Atraso de três meses do Governo terá facilitado venda de barragens da EDP

O Ministério do Ambiente demorou quase três meses a pedir uma avaliação do negócio das seis barragens da EDP à Engie, o que terá facilitado o processo de venda. Em 30 de julho de 2020, a …

Marques Mendes acredita que Sócrates tem ajudado a extrema-direita a crescer

Segundo Luís Marques Mendes, José Sócrates "tem dado um contributo enorme, enorme, enorme para o crescimento da extrema-direita em Portugal". No seu habitual espaço de comentário no Jornal da Noite da SIC, Luís Marques Mendes defendeu …