“Never again”. Estudantes nos EUA vão aprender mais sobre o Holocausto

Estudantes norte-americanos vão passar a aprender mais coisas sobre o Holocausto, numa altura em que os Estados Unidos enfrentam níveis cada vez mais altos de antissemitismo.

De acordo com a revista Newsweek, o Presidente norte-americano, Donald Trump, prepara-se para assinar o Never Again Education Act, depois de, já este ano, o projeto de lei ter sido aprovado na Câmara dos Representantes e no Senado.

O projeto de lei assegura financiamento para programas educacionais sobre o Holocausto e cria workshops regionais para ajudar os professores do Ensino Básico e do Secundário a incorporar estes conteúdos programáticos.

Vern Buchanan, congressista que representa o 16.º distrito da Flórida, foi uma das pessoas responsáveis por esta proposta de lei. A Flórida é um dos 12 estados do país que exige que as suas escolas deem matéria sobre este terrível episódio da nossa História.

O antissemitismo não tem lugar no nosso país, especialmente nas nossas escolas. Temos de fazer tudo o que estiver ao nosso alcance para combater esta malévola ideologia”, afirmou o congressista, citado pela revista.

“O aumento do antissemitismo que temos visto na Flórida e em todo o país é inaceitável. Devemos negar a estas pessoas a oportunidade de espalhar este ódio entre os nossos estudantes”, acrescentou.

A aprovação da lei acontece numa altura em que os Estados Unidos enfrentam níveis cada vez mais altos de antissemitismo. No ano passado, um relatório da Liga Anti-Difamação (ADL) revelou que houve um número recorde de incidentes anti-semitas (2.017), um aumento de 12% em relação ao ano anterior.

Segundo a mesma revista, os níveis de desconhecimento sobre este episódio da História entre os norte-americanos são claros, como mostra a pesquisa, de 2018, da Conferência de Reivindicações, que revelou “lacunas significativas”.

Nesse estudo, quase um terço dos norte-americanos (31%) disse acreditar que substancialmente menos de seis milhões de judeus foram mortos. Além disso, 11% admitiram não ter conhecimento ou não ter a certeza do que foi o Holocausto.

A pesquisa também descobriu que quase metade dos norte-americanos (45%) não consegue dizer o nome de um campo de concentração nazi, conclui a Newsweek.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

O Lamborghini mais potente acelera dentro de água. É um iate com 4.000 cavalos

O resultado da primeira colaboração entre a a Lamborghini e os especialistas da Tecnomar é um iate de luxo, com 4.000 cavalos que recria a sensação de condução de um superdesportivo dentro de água. O mais …

Aproxima-se o lançamento do rover Perseverance

O rover Perseverance da NASA está a menos de um mês da data de lançamento prevista para 20 de julho. A missão de astrobiologia do veículo vai procurar sinais de vida microscópica passada em Marte, explorar …

Benfica 3-1 Boavista | Águias põem fim a quarentena caseira

O Benfica venceu na noite deste sábado o Boavista, naquele que foi o primeiro triunfo caseiro após a retoma da Liga. Poderá ter sido a redenção das águias? Após ter somado apenas dois triunfos, quatro desaires …

Cortina do abraço permite às famílias reencontrar os familiares num lar de São Paulo

Abraçar, tocar e até dançar. Uma cortina do abraço permite que filhos visitem seus pais residentes numa casa de repouso em São Paulo. O empresário Bruno Zani, autor da criação, pretende agora colocar a cortina …

Os golfinhos aprendem a utilizar ferramentas com os amigos

Os golfinhos aprendem a utilizar ferramentas não só com as suas progenitoras mas também com os seus pares, concluiu uma nova investigação levada a cabo por cientistas da Universidade de Leeds, no Reino Unido. De acordo …

Entre uma "história de recusas" e uma “opção clara” pelos interesses do grande capital

A líder do BE disse hoje que a legislatura do Partido Socialista tem sido a “história das recusas” tanto sobre um acordo no final das eleições 2019, seja na recusa dum Orçamento Suplementar para lá …

Homem morre nos Estados Unidos depois de receber mais de 50 choques taser na sua detenção

Dos agentes da polícia da cidade de Wilson, no estado norte-americano do Oklahoma, foram nesta quarta-feira acusados de homicídio em segundo grau pela morte de um homem durante a sua detenção. De acordo com o …

TESS fornece novas ideias sobre um mundo ultra-quente

Medições do TESS (Transiting Exoplanet Survey Satellite) da NASA permitiram aos astrónomos melhorar bastante a sua compreensão do ambiente bizarro de KELT-9b, um dos planetas mais quentes conhecidos. "O factor de estranheza de KELT-9b é alto," …

Bill Gates elenca quatro pilares-chave para combater a pandemia

O co-fundador da Microsoft, Bill Gates, elencou quatro pilares que a sua fundação considera essenciais para combater a pandemia de covid-19, que já matou mais de 520 mil pessoas em todo o mundo. Segundo o norte-americano, …

Tesla já vale mais do que a Toyota, Disney e Coca-Cola

As ações da Tesla chegaram esta quarta-feira a um preço recorde de 1.120 dólares por ação, levando a empresa de Elon Musk a superar a cotação de mercado de grandes empresas como a Coca-Cola ou …