/

Serviços secretos prendem texano que transportava espingarda junto à futura residência de Kamala Harris

Carlos M. Vazquez II / DoD

A vice-presidente dos EUA, Kamala Harris

Um homem foi detido esta quarta-feira perto da futura residência da vice-presidente Kamala Harris, segundo os jornais norte-americanos, que citam a polícia. O suspeito transportava no carro uma espingarda e munições.

A habitual residência dos vice-presidentes americanos, onde Kamala Harris irá viver, foi rondada por um texano que levava no carro uma espingarda e munições.

Paul Murray estava a rondar de carro o Observatório Naval dos Estados Unidos, em Washington, onde habitualmente residem os vice-presidentes, quando foi travado por um elemento das secretas americanas.

De acordo com o CNN, um porta-voz da Polícia Metropolitana de Washington disse que os serviços secretos responderam “aproximadamente às 12h12, em referência a uma pessoa suspeita”. O New York Times adianta que o aviso de que Murray estava na capital americana não só veio das secretas do Texas, como da própria mãe do suspeito.

As autoridades norte-americanas revelam que o homem foi preso e que armas que trazia consigo foram recuperadas do seu veículo.

Assim, Murray será confrontado com acusações de porte de arma e munição, de acordo com o comunicado da polícia.

Na altura do incidente, a vice-presidente dos EUA encontrava-se noutra zona da cidade, num edifício perto da Casa Branca.

O New York Times lembra que a segurança aumentou em Washington desde que, a 6 de janeiro, uma multidão invadiu o Capitólio, causando cinco mortes.

  Ana Isabel Moura, ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.