Administradores da Tesla vão a tribunal explicar prémio milionário acordado com Musk

websummit / Flickr

Elon Musk, CEO da Tesla

A administração da Tesla está a ser processada por um pequeno investidor pelo esquema de prémios que acordou com o CEO Elon Musk.

Richard Tornetta, um pequeno acionista e designer gráfico, levou a administração da Tesla a tribunal , uma vez que, na sua opinião, o esquema de incentivos acordado com Elon Musk, que é CEO e o maior accionista (cerca de 20%), é demasiado elevado.

O juiz determinou que o processo tem mérito, pelo que a administração da Tesla vai ter de ir a tribunal provar que os direitos dos acionistas estão a ser respeitados e que os prémios a Musk não colocam a empresa em risco.

Há pouco mais de um ano, de acordo com o Observador, a administração da Tesla acordou com o seu CEO um sistema de incentivos curioso. Perante um plano ousado para os próximos anos apresentado por Musk, a administração pediu um sinal de confiança na estratégia ao homem que a iria tentar implementar. Musk prontificou-se a trabalhar “à borla”, sem vencimento ou prémios anuais, até que a Tesla atingisse um valor de mercado de 650 mil milhões de dólares, transformando-se numa das mais valiosas do mercado.

Só se este objetivo fosse alcançado na próxima década é que Musk receberia um prémio num valor que a administração avaliou em 2,6 mil milhões de dólares.

Na altura em que foi feito este acordo, a Tesla valia 39 mil milhões de dólares – ou seja, mais do que a Ford (36) e o Grupo Hyundai/Kia (25), mas menos que a BMW (42), Honda (42), Daimler (49), General Motors (52), Grupo Volkswagen (80) e a Toyota (211).

O desafio de Musk consistia em não receber um cêntimo durante anos para receber um prémio milionário dentro de uma década, caso o fabricante americano de carros elétricos atingisse uma capitalização bolsista de 650 mil milhões de dólares, ou seja, quase 17 vezes mais.

Durante mais de um ano, ninguém terá achado excessivo o esquema proposto pelo CEO e aprovado com 73% dos votos dos acionistas – talvez porque poucos acreditavam ser possível atingir aquela meta. Contudo, essa meta alegadamente irrealista seria suficiente para Musk colocar toda a sua criatividade e esforço no trabalho, o que só por isso valeria o “risco” de ter que pagar-lhe 2,6 mil milhões, caso a Tesla suba de 39 para 650 mil milhões em 10 anos.

Porém, Tornetta, que achou o prémio excessivo, partilhou as suas preocupações com o tribunal, com um juiz a decidir que necessitava de ouvir as justificações para o acordo assinado entre a Tesla e o seu CEO. Agora, resta aguardar para ver como corre o julgamento.

A lista das empresas mais valiosas do planeta tem a Apple à frente, com 206 mil milhões de dólares, seguida da Google (168), Microsoft (123) e Amazon (97).

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. para trabalhar e aplicar a criatividade de borla durante 10 anos, está tudo bem, mas se suspeita que afinal tem de pagar ao homen, então ai sim já é um problema

RESPONDER

Ajudas de custo para professores deslocados ficaram na gaveta (e não estão previstas no OE2021)

O Orçamento de Estado para 2020 (OE2020) previa um programa de ajudas de custo para professores deslocados como incentivo à fixação. No entanto, a medida não avançou. O Jornal de Notícias avança esta sexta-feira que a …

Biden continua à frente, mas nada está perdido para Trump. A luta pelos "swing states" continua

O dia em que os norte-americanos vão saber quem é o próximo presidente dos EUA está muito próximo. Entres sondagens, parece fácil levantar a ponta do véu. No entanto, é importante não esquecer que não …

Nani entre os candidatos a melhor jogador da época na MLS

O internacional português, capitão dos Orlando City, está entre os 46 jogadores nomeados para o prémio de melhor da época na liga norte-americana de futebol (MLS), anunciou, esta quinta-feira, o organismo. A eleição decorre até 9 …

"Estranho, muito estranho". Ana Gomes comenta morte do marido de Isabel dos Santos e é criticada

O empresário congolês Sindika Dokolo, marido de Isabel dos Santos, morreu no Dubai, durante a prática de mergulho. Uma morte prematura aos 48 anos que leva Ana Gomes a comentar o assunto como "estranho", "muito …

Conselho Europeu. Vacinas distribuídas de forma justa e fronteiras não vão fechar

O presidente do Conselho Europeu garantiu, esta quinta-feira, no final de uma videoconferência entre os líderes da União Europeia, que os 27 estão "unidos" para enfrentar a "luta difícil" contra a segunda vaga da covid-19. "A …

Teletrabalho sim, confinamento não. O que vai sair do Conselho de Ministros de sábado

O Conselho de Ministro reúne no próximo sábado para discutir novas medidas para conter a propagação do novo coronavírus e em cima da mesa está o regresso ao teletrabalho e medidas de restrição à circulação. A …

Conselho de Disciplina instaura dois processos disciplinares a Varandas

O Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) instaurou, esta quinta-feira, dois processos disciplinares ao presidente do Sporting, na sequência das declarações proferidas sobre o seu homólogo do FC Porto e das …

Há infetados que escondem a doença com medo de perder o salário

O médico António Pais Lacerda, diretor do serviço de Medicina Interna II do Hospital Santa Maria, em Lisboa, alerta que o medo de perder salário ou emprego leva pessoas infetadas com o novo coronavírus …

Tottenham perde frente ao Antuérpia. Mourinho "rasga" equipa: "Queria fazer 11 substituições ao intervalo"

O Tottenham perdeu esta quinta-feira frente ao Antuérpia, na segunda jornada da Liga Europa de futebol, levando o treinador português José Mourinho a criticar a sua equipa. "Queria fazer 11 substituições ao intervalo", admitiu. No …

PCP sobe fasquia no OE2021. Quer mais um escalão de IRS

O PCP quer que o Orçamento do Estado para 2021 contemple a criação de um novo escalão de IRS, segundo uma das dezenas propostas de alteração ao documento que os comunistas fizeram chegar ao Parlamento. Em …