Tesla anuncia novos despedimentos (e são mais de três mil)

JD Lasica / Wikimedia

Elon Musk, CEO da Tesla e SpaceX

O presidente executivo da Tesla afirmou que a empresa vai suprimir cerca de três mil empregos e alertou para o “caminho muito difícil que tem pela frente” para produzir carros elétricos do Modelo 3 acessíveis aos consumidores.

Num e-mail enviado aos trabalhadores da empresa cuja sede é em Palo Alto, na Califórnia, nos Estados Unidos, Elon Musk, disse que a Tesla vai eliminar 7% da sua força de trabalho”, cerca de três mil postos de trabalho, devido a dificuldades para produzir as variantes mais baratas do Modelo 3 e conseguir “economias de escala” no fabrico.

Elon Musk referiu ainda que a empresa se vê obrigada a “reter apenas os trabalhadores contratados a prazo e com contrato a tempo inteiro” que sejam fundamentais.

Em junho do ano passado, Musk já tinha anunciado o despedimento de 9% dos trabalhados da sua unidade de produção, medida que afetou cerca de 4.100 empregados.

“A Tesla precisa de fazer cortes e ao mesmo tempo aumentar, nos próximos meses, o ritmo de produção e efetuar muitas melhorias” no seu processo produtivo, realçou o fundador.

“Um maior volume e um melhor processo de fabrico são cruciais para que a Tesla atinja as economias de escala necessárias para fabricar o Modelo 3, com uma autonomia de 350 quilómetros, um interior standard e um preço de 35.000 dólares [30.814 euros], uma vez que somos uma empresa viável”.

Desde há mais de um ano que a Tesla não tem conseguido de cumprir as previsões de produção para o Modelo 3, o veículo que Musk quer que seja o carro da empresa para o maior número de clientes, e que atualmente está associado aos veículos elétricos de luxo.

Quando a Tesla anunciou o modelo Model 3, a empresa disse que o veículo custaria 35.000 dólares, um preço competitivo face aos veículos a combustão (gasolina e gasóleo). Mas, até agora, a Tesla produziu apenas as versões mais caras do Modelo 3, a um preço de 44.000 dólares (38.736 euros).

Os analistas financeiros do setor disseram em diversas ocasiões que “a empresa pode ficar sem liquidez nos próximos meses” devido “à incapacidade de gerar lucros de forma consistente”. A Tesla só registou lucros no terceiro trimestre de 2018, quando alcançou 311,5 milhões de dólares (274,2 milhões de euros).

Musk disse também aos trabalhadores que os resultados do último trimestre de 2018 “serão inferiores ao do terceiro trimestre do ano passado” e que, em 2018, a Tesla “terá novamente prejuízos”. Até setembro passado, a Tesla teve prejuízos de 1.115,5 milhões de dólares (982 milhões de euros).

// Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Não é um quasar. Astrónomos descobrem galáxia com radiação UV intensa

Cientistas descobriram uma galáxia jovem que brilha em comprimentos de onda ultravioleta, de maneira tão brilhante quanto um quasar. Uma equipa de cientistas descobriu a galáxia BOSS-EUVLG1, com a ajuda do Gran Telescopio Canarias de La …

"Adiem a Liga dos Campeões", pede o Borussia Dortmund

Sorteio está marcado para esta quinta-feira mas Michael Zorc avisa: "Faltam requisitos legais para a fase de grupos arrancar". A fase de grupos da Liga dos Campeões vai começar, pela primeira vez, em outubro. A primeira …

Artista "ressuscita" 54 Imperadores Romanos com ajuda da Inteligência Artificial

Artista canadiano usou um ramo da Inteligência Artificial para criar retratos ultra-realistas de antigos Imperadores Romanos como, por exemplo, Calígula, Nero e Adriano. A aparência física destes antigos Imperadores Romanos foi preservada em centenas de esculturas …

Cantar pode ser uma má ideia durante a pandemia

Uma nova pesquisa revelou que cantar em grupo pode ser perigoso em termos de propagação de patógenos. Esta é só mais uma prova de que 2020 chegou para pôr um travão na diversão. A Universidade de …

Emirados Árabes Unidos anunciam missão espacial à Lua para 2024

Um alto responsável dos Emirados Árabes Unidos disse hoje que o país tenciona enviar para a Lua uma nave com um veículo não tripulado em 2024. O desejo de pisar a lua é uma ambição de …

Exército norte-americano quer ter acesso à rede de satélites da SpaceX

O exército dos Estados Unidos está de olho na Starlink, a constelação de satélites da SpaceX, cujo CEO é o multimilionário Elon Musk e que tem como objetivo levar Internet de banda larga a todos …

Portugal tem cada vez menos água disponível

Portugal tem cada vez menos água disponível e nos próximos cem anos a precipitação em certas regiões do país, como o Algarve, pode sofrer uma redução de até 30%, alertou esta terça-feira a Associação Natureza …

Tel Aviv vai ter estradas elétricas que recarregam autocarros em movimento

Tel Aviv, em Israel, está a trabalhar na criação de estradas elétricas sem fios para carregar e fornecer energia aos transportes públicos da cidade. As estradas elétricas são parte de um programa piloto liderado pelo município …

Suicídio entre militares norte-americanos aumenta 20% em época de covid-19

Os suicídios entre os militares subiram 20% este ano em comparação com o mesmo período de 2019, registando-se um aumento nos incidentes de comportamento violento à medida que as tropas lutam contra a covid-19 e …

Turista apanhado a gravar as suas iniciais no Coliseu de Roma. Arrisca ser condenado a prisão

Um turista foi apanhado a gravar as suas iniciais no Coliseu de Roma, em Itália, e arrisca ser punido com um até um ano de prisão. De acordo com o diário italiano La Repubblica, o turista, …