Terceiro atacante de Londres identificado. Já tinha sido detido em Itália

Metropolitan Police

Youssef Zaghba (esq), Khuram Shazad Butt (c), e Rachid Redouane (dir), identificados como os autores do atentado da London Bridge

O terceiro autor dos atentados de sábado em Londres foi identificado, esta terça-feira, pela imprensa italiana como Youssef Zaghba, filho de um marroquino e uma italiana, que foi detido em 2016 pelas autoridades italianas em Bolonha.

Nascido em Fez, Marrocos, em janeiro de 1995, Youssef Zaghba foi detido no aeroporto de Bolonha em março de 2016, de onde pretendia partir para a Turquia para daí chegar à Síria, segundo avança o Corriere della Sera.

O jornal italiano acrescenta que os serviços de informações de Itália informaram os serviços britânicos dos movimentos de Youssef.

As autoridades britânicas ainda não divulgaram a identidade do terceiro atacante.

Na segunda-feira, a polícia britânica anunciou ter identificado os outros dois autores dos ataques: Khuram Butt, 27 anos, natural do Paquistão, e Rachid Radouane, que teria nacionalidade marroquina e líbia, de 30 anos.

Butt era conhecido dos serviços de segurança, mas não existiam elementos que sugerissem que o suspeito estaria a preparar um ataque. Redouane não estava assinalado pelos serviços de segurança e utilizava outra identidade: Rachid Elkhdar, 25 anos.

A polícia referiu que os dois atacantes viviam no mesmo bairro, Barking, no leste de Londres, onde a polícia deteve várias pessoas nos últimos dias.

Entretanto, as autoridades anunciaram que as dez pessoas ainda detidas no âmbito da investigação foram libertadas sem acusação.

Esta segunda-feira, os media britânicos também adiantaram que a polícia encontrou vários cocktails Molotov na carrinha usada no ataque na London Bridge.

Centenas participaram em vigília de homenagem

Várias centenas de pessoas participaram junto ao edifício da Câmara Municipal de Londres, numa vigília de homenagem às vítimas do ataque de sábado em Londres, durante a qual o mayor Sadiq Khan repugnou o sucedido.

Flanqueado por membros dos partidos Conservador (Amber Rudd) e Trabalhista (Diane Abbot), bem como representantes da polícia e serviços de emergência e de várias correntes religiosas, Khan deixou uma “clara mensagem ao extremistas doentes e maus que cometem estes crimes: nós vamos derrotar-vos, vocês não vencerão“.

O político disse ainda: “Como muçulmano, digo: vocês não cometem estes atos repugnantes e malévolos em meu nome. A vossa ideologia perversa não tem nada a ver com os verdadeiros valores do Islão e nunca conseguirão dividir a nossa cidade“.

Khan, que tem responsabilidades na política da segurança na área metropolitana de Londres, prometeu aumentar a luta contra o terrorismo antes de ser cumprido um minuto de silêncio.

A cerimónia foi organizada para prestar homenagem e solidariedade às vítimas e famílias e mostrar unidade contra o terrorismo. As pessoas que participaram foram convidadas a depositar flores junto aos mastros para bandeiras existentes na praça.

Hoje, milhares de pessoas por todo o Reino Unido cumpriram um minuto de silêncio, às 11h00 locais, em memória das vítimas do atentado. O presidente da câmara encabeçou mais uma vez a concentração, em London Bridge, onde ocorreu o ataque e onde, apesar da forte chuva, se juntaram centenas de pessoas.

Os ataques de sábado à noite, reivindicados pelo Estado Islâmico, fizeram sete mortos, além dos três atacantes, e 48 feridos. Segundo o serviço nacional de saúde britânico (NHS), 36 feridos permanecem hospitalizados, 18 dos quais em estado crítico.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Cofundador do Twitter doa 28% da riqueza para causas solidárias. Incluindo combate à Covid-19

O cofundador do Twitter, Jack Dorsey, anunciou que vai doar mil milhões de dólares (920 milhões de euros), 28% da sua riqueza pessoal, para causas solidárias, incluindo a luta contra a pandemia da Covid-19. Numa mensagem …

Reclusos libertados e cortes de água, luz, gás e internet suspensos

Esta quarta-feira, no Parlamento, a esquerda viabilizou o projeto do Governo para libertar reclusos. O PS vai ainda viabilizar as propostas do PCP e do BE que suspendem cortes na água, luz, gás e internet. A …

Pandemia deixa passaporte português mais "forte". É o sexto mais poderoso do mundo

A pandemia desencadeada pelo novo coronavírus oriundo da China (covid-19) tornou o passaporte português mais forte. O documento português subiu uma posição no ranking da Henley Passport Index, estando agora o documento na sexta posição dos …

SAD do Leixões avança para lay-off

A SAD do Leixões propôs ao plantel "que nos próximos três meses, abril incluído, pagaria metade do salário em cada mês, valores que seriam repostos ao longo do trimestre que se seguiria". O plantel do Leixões, …

Rui Pinto colocado em prisão domiciliária

O hacker Rui Pinto, criador do Football Leaks e autor das revelações do caso Luanda Leaks, foi colocado em prisão domiciliária esta quarta-feira. Rui Pinto, que estava em prisão preventiva desde 22 de março de 2019, …

Detidas 33 pessoas desde a renovação do estado de emergência

A PSP e a GNR detiveram, até terça-feira, 33 pessoas pelo crime de desobediência desde 3 de abril, totalizando 141 as detenções feitas desde o início do estado de emergência, indicou o Ministério da Administração …

Bruxelas disponibiliza 300 milhões de euros a pequenas e médias empresas para alavancar investimentos

O programa "Escalar" disponibiliza 300 milhões de euros, através do Fundo Europeu de Investimento, para apoiar investimentos de pequenas e médias empresas "promissoras" que queiram crescer. A Comissão Europeia anunciou que vai disponibilizar 300 milhões de …

Maçonaria cancela eleições e proíbe rituais em sessões virtuais

A pandemia de Covid-19 levou o Grão Mestre do Grande Oriente Lusitano, Fernando Lima, a principal obediência maçónica em Portugal, a cancelar as eleições e a proibir os encontros com rituais maçónicos 'online', visto que …

Mourinho quebra regras e assume que errou ao ir treinar com Ndombele

Fotografias e vídeos divulgados nas redes sociais mostram José Mourinho e os jogadores do Tottenham a treinar juntos e a violar as regras de segurança impostas devido ao surto do novo coronavírus. O Tottenham, treinado por …

Rússia bate recordes de infeções diárias. Em Itália, o número de mortes voltou a diminuir

Há três dias consecutivas que o número de novos casos bate recordes de crescimento na Rússia. Já em Itália, o número de mortes voltou a diminuir esta quarta-feira. Pelo terceiro dia consecutivo, o crescimento de número …