EUA descobrem terceira “Casa dos Horrores”: 10 crianças entre fezes e lixo

Stephen Spillman / EPA

A polícia norte-americana encontrou 10 menores a viver entre fezes e lixo numa casa no norte da Califórnia, depois de a mãe ter dado o filho mais velho, de 12 anos, como desaparecido.

Dez crianças com idades compreendidas entre os quatro meses e os 12 anos foram retiradas de uma casa na Califórnia, nos Estados Unidos, onde viviam sem condições, rodeados de lixo, comida estragada, fezes e urina, segundo a Renascença.

O caso foi descoberto depois de a mãe ter dado como desaparecido o filho mais velho, de 12 anos. As autoridades encontraram o rapaz a dormir num jardim de uma casa perto da sua.

Nenhuma das crianças frequentava a escola. À polícia, os filhos do casal contaram que sofreram maus-tratos e apresentavam sinais de cortes, queimaduras, hematomas, assim como de terem sido atingidos com armas de fogo ou de ar comprimido.

A mãe das crianças, Ina Rogers, de 30 anos, foi detida a 31 de março, sendo depois libertada sob fiança. O pai, Jonathan Allen, de 29 anos, está sob custódia. Ambos enfrentam agora acusações de negligência, tortura e abuso de crianças.

A mãe das crianças fez uma visita guiada pela casa onde foram descobertas as crianças. Os meios de comunicação social norte-americanos descreveram uma casa com “paredes arranhadas e fezes de animais na banheira“.

Ina Rogers diz que os filhos dormiam todos no mesmo quarto por serem muito próximos uns dos outros e justifica que a casa só estava naquelas condições quando a polícia chegou porque tinham revirado tudo para encontrar o filho mais velho.

A mãe alega ainda que a família está a ser julgada por ter muitos filhos e por ter escolhido ensiná-los em casa, em vez de os matricular na escola.

Esta é a terceira “Casa dos Horrores” descoberta nos Estados Unidos, desde o início do ano. O primeiro caso surgiu com a descoberta de 13 crianças que eram mantidas acorrentadas, esfomeadas, malnutridas e sujas dentro da casa pelos progenitores David Allen Turpin e Louise Anna.

O caso tinha chocado a América (e o mundo), quando pouco tempo depois, em fevereiro, uma nova “Casa dos Horrores” foi descoberta. Benito e Carol Gutierrez mantinham os quatro filhos adotivos trancados em quartos separados durante mais de 12 horas por dia. As crianças, com idades entre os seis e os 12, não tinham luz no quarto, ou acesso a alimentos ou água. Além disso, eram obrigadas a fazer as necessidades no chão ou num balde.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Cidade chinesa planeia criar uma lua artificial

As autoridades municipais de Chengdu, capital da província chinesa de Sichuan, anunciaram planos para a construção de uma lua artificial em 2020. Com um "brilho crepuscular", a nova lua iria iluminar a cidade num diâmetro …

Mineral ultra-raro descoberto em antiga cratera de meteorito na Austrália

Um mineral ultra-raro que apenas se forma quando rochas espaciais atingem a crosta terrestre com uma enorme pressão foi encontrado na Austrália. Até ao momento, só foram encontrados seis exemplares deste mineral, conhecido como reidite, …

Assange processa Equador por "violação de direitos fundamentais"

O co-fundador do WikiLeaks, Julian Assange, exilado na embaixada do Equador em Londres desde 2012, lançou esta sexta-feira uma ação legal contra o governo de Quito, alegando violação dos respetivos direitos fundamentais. Assange “acusa o governo …

O fóssil humano mais antigo da América foi encontrado nos escombros do Museu Nacional do Brasil

O crânio de Luzia, o fóssil humano mais antigo das Américas, foi encontrado por investigadores nos escombros do Museu Nacional do Brasil, que foi assolado por um enorme incêndio no passado mês de setembro. O fóssil …

Nascer no código postal certo (e ter uma boa mercearia) aumenta a esperança de vida

Segundo um estudo sobre a esperança de vida nos EUA, o local de nascimento importa. Se uma pessoa nascer no Mississipi, provavelmente não chegará aos 75 anos. Por outro lado, um natural de Nova Iorque …

Arqueólogos revelam segredos da única múmia tatuada do Egito

Um grupo de arqueólogos acaba de concluir as análises realizadas na única múmia tatuada já encontrada no Egito. Os testes revelaram muitos dos segredos desta múmia milenar, principalmente sobre as suas misteriosas tatuagens. A múmia, com …

A Via Láctea pode estar a enviar vida de estrela para estrela

Um novo estudo sugere que toda a Via Láctea pode estar a emitir os componentes necessários para a vida por todo o Universo através de meteoróides, asteróides, planetóides e outros objetos. Conhecida como a teoria Panspermia …

ALPHA-g. Criado o primeiro detetor de antigravidade

O ALPHA-g está pronto para fazer a sua estreia: esta máquina de 200 quilos foi criada para medir os efeitos de uma suposta "antigravidade". Numa luta contra o tempo, os cientistas estão a apressar-se a ligar …

Vila Real vs FC Porto | Goleada com poker de Adrián

O FC Porto garantiu hoje a passagem à quarta eliminatória da Taça de Portugal de futebol, ao golear por 6-0 o Vila Real, num encontro marcado pelos quatro golos de Adrián López, que abriu e …

85% dos medicamentos estão em falta na Venezuela

A Federação Farmacêutica Venezuelana (Fefarven) informou hoje que estão em falta 85% dos medicamentos que se comercializam no país. A denúncia surgiu um dia depois de o Governo venezuelano estabelecer preços fixos para 56 medicamentos, durante …