“Não há falta de médicos” nos hospitais de Coimbra e Algarve, diz Marta Temido

Nuno Fox / Lusa

A ministra da Saúde, Marta Temido

A ministra da Saúde afirmou esta sexta-feira que não há falta de médicos nos centros hospitalares universitários do Algarve e de Coimbra, admitindo que poderá haver necessidade de rever escalas e formas de organização.

“Não me parece que haja falta de médicos no Centro Hospitalar e Universitário do Algarve nem nos Hospitais da Universidade de Coimbra. Os números são públicos sobre aquilo que são os profissionais de saúde que existem no Serviço Nacional de Saúde e concretamente nesses hospitais”, referiu Marta Temido, em reação a informações sobre riscos de falência das urgências daqueles hospitais.

Vinte médicos especialistas em medicina interna enviaram nesta quarta-feira uma declaração de responsabilidade à Ordem dos Médicos face à “escassez” das equipas nas urgências dos Hospitais da Universidade de Coimbra (HUC). Na quinta-feira, chefes de equipa de Cirurgia do Hospital de Faro informaram que estão indisponíveis para fazer urgências já a partir de 1 de janeiro.

“Provavelmente, é necessário rever escalas, rever formas de organização”, disse esta sexta-feira a ministra da Saúde.

Marta Temido acrescentou que, no caso do Centro Hospitalar Universitário do Algarve, as escalas deste mês “estão completas” e que, se for necessário e as equipas internas sentirem incapacidade de fazer mais trabalho extraordinário, há equipas alternativas.

“Não são as desejáveis, são o recurso a prestadores de serviços, mas a nós cumpre-nos em primeira mão responder às necessidades assistenciais da população”, referiu. Sublinhou que o Governo está a acompanhar estas situações com a “maior atenção” e em conjunto com os conselhos de administração.

Marta Temido “esconde a realidade do Algarve”

A Ordem dos Médicos diz que é “falsa” a afirmação da ministra da Saúde de que não há falta de médicos no Centro Hospitalar Universitário do Algarve, denunciando que faltam clínicos nas escalas para as próximas semanas.

“Perante esta afirmação falsa, a Ordem dos Médicos [OM] não podia deixar de repor a verdade. Até porque o bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães, esteve, na quinta-feira, no Hospital de Faro (Centro Hospitalar Universitário do Algarve, CHUA), onde há poucos dias a urgência foi assegurada com um único cirurgião e onde as escalas das próximas semanas têm períodos sem nenhum médico”, reagiu a OM, em comunicado divulgado este sábado.

A nota da OM sustenta que “os problemas relatados foram transversais a várias especialidades e, mesmo assim, há médicos que querem entrar para o quadro do CHUA e que aguardam concurso ou autorização do Ministério da Saúde e do Ministério das Finanças há longos meses”.

A Ordem dos Médicos “lamenta” que Marta Temido “esconda a realidade do Algarve”. De acordo com os números da própria Administração Central do Sistema de Saúde, que constam do último balanço social publicado, o CHUA é o centro hospitalar do país com maior volume de horas de prestação de serviços médicos, com 238.706 horas em 2018. Na despesa com a prestação de serviços médicos, o CHUA volta a ocupar o primeiro lugar, com 8,3 milhões de euros”, sublinha a OM.

Além disso, salienta o comunicado, “os médicos fizeram ainda 223.348 horas extraordinárias em 2018, um aumento de 8% em relação a 2017”, acrescentando que “a região tem 2,4 médicos por 1.000 habitantes, só o Alentejo tem menos, e a média nacional é de 2,9 no Serviço Nacional de Saúde”.

“Se estes números não são suficientes para a ministra da Saúde reconhecer a grave carência que afeta o Algarve e que deveria ser prioridade nacional, convém então que a tutela explique tempos de espera inaceitáveis, que deixam as pessoas sem acesso a cuidados de saúde em tempo adequado”, refere o bastonário da Ordem dos Médicos, citado na nota.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Por favor senhora ministra, deixe de considerar o povo, os médicos e todo o pessoal de saúde como burros, retardados mentais, acefaloides e muito mais. A única coisa burra, foi o povo votar nessa organização criminosa e mentirosa chamada de p.s.. Isso sim, até pode considerar de bestas quadradas…”QUADRATKOPF” e masoquistas. Vergonha, nojo, lamentável, tais afirmações…. Quem tem necessidade dos serviços desse hospital, o mais que lhe pode dizer é tenha vergonha nessa cara…. Estive a ver se a pedra do novo hospital do Algarve, lá colocada há anos e prometida no último governo “ROSA MALDITA”, tinha crescido….. MAS NÃO CRESCEU, NÃO!!!!! Fico revoltado com as malditas mentiras desse governo. Chega, porra!!!!! Por vezes chego a acreditar que o Algarve, o único “direito” que tem é pagar impostos…. para os nossos “queridos” pulhíyicos…

  2. Esta aderiu definitivamente ao programa visual do Trump e do Zé Pinóquio: a realidade alternativa…!
    Ou será que se encontra apenas no programa Costa, aquele do optimismo inveterado?!
    Em ambos os casos, quem se lixa é o mexilhão!

    Pena é que todos nós tenhamos de sofrer as consequências desta incapacidade coletiva em ver a realidade com olhos de ver…
    Coitados. Vivem noutra dimensão. E nós, temos de viver nesta.

  3. Á uns dias atrás vi que lá para o norte da europe já há quem meta oculos de realidade virtual em vacas leiteiras para produzir mais leite, ao que parece as vacas dentro da vacaria produzem menos leite… secalhar este governo é como as vacas, meteu os oculos e ficou tudo bem… menos para quem vive na realidade.

  4. Pode haver mesmo só un Medico !!!…..Ela tem razão, “não falta Medico” !…Há, são Doentes a mais. Raios…… ninguém compreende esta pobre Ministra !…a culpa é dos Doentes!

  5. Começo a temer que aos poucos este governo e seus membros acabem por desacreditar de uma vez por todas toda a classe política nacional, se já todos eles são pouco credíveis, está-me a parecer que estes irão dar o golpe fatal.

  6. Se falta médicos porque temos um ratio de médicos por 1000 habitantes mais elevado do que a média da OCDE. Embora a gestão do ministério da saúde não seja o melhor, os pontos apontados pela ministra talvez não sejam de todo errado…

  7. Que ministra é esta que vem dizer “Não me parece que haja falta de médicos no Centro Hospitalar e Universitário do Algarve nem nos Hospitais da Universidade de Coimbra”. No lugar que ocupa só pode ter 2 respostas a dar. Ou há falta de médicos e tem a obrigação de resolver o problema ou não há e então tem que defender e demonstrar os fundamentos da sua posição e impor a melhor gestão dos meios disponíveis. Estamos cansados de ouvir o 1º ministro sempre a dizer que já meteu mais dinheiro na Saúde do que o governo anterior, mas o que é verdade é que o SNS está muito pior do que no tempo da assistência externa. Se há mais dinheiro agora do que anteriormente e o serviço prestado aos cidadãos piorou, então está evidenciada a falta de competência de quem nos governa. Mas, infelizmente, esta ministra já não tem mais para dar, tantos são os problemas à sua volta, pelo que lhe ficava bem ir tratar da sua vida.

RESPONDER

Coreia do Sul organizou um espetáculo de luzes para agradecer e incentivar o uso de máscara

A Coreia do Sul tem sido dos países com maior sucesso no combate à pandemia de covid-19. Com receio de uma segunda vaga, o Governo organizou uma forma incomum de agradecer aos profissionais de saúde …

Desgostos e namoriscos com humanos. Aquário de Quioto expõe complexas relações dos pinguins num fluxograma

O Aquário de Quioto, antiga capital do Japão, tem um fluxograma onde expõe as relações dos seus pinguins. Entre diferenças de idade, desgostos de amor e até namoriscos com humanos, as relações entre estes animais …

O sangue azul do caranguejo-ferradura é fundamental para a vacina da covid-19. Mas há um problema

O sangue azul do caranguejo-ferradura pode ser um elemento muito importante para encontrar a vacina para a covid-19, mas há um grande senão. O sangue azul do caranguejo-ferradura (Limulus Polyphemus) é a única fonte natural conhecida …

Jovem guarda-redes russo atingido por raio durante um treino

Ivan Zakborovsky, um jovem guarda-redes russo, está em coma induzido. O clube já revelou que o atleta não corre perigo. Ivan Zakborovsky, um guarda-redes de apenas 16 anos do Znamaya Truda, da Rússia, foi atingido por …

Elegante, leve e com fibra de carbono. O Tyr quer ser diferente de todos os outros caiaques

Embora os caiaques com assento se tenham tornado muito populares entre os pescadores, a maioria dos barcos é bastante tubular, pesada e de plástico. O Tyr da Apex Watercraft é diferente por ser elegante, leve …

2029 Majestic, a mota elétrica futurista com um design centenário

A 2029 Majestic é inspirada no modelo original de 1929, mas tem um motor elétrico e peças impressas em 3D. É o casamento ideal entre tecnologia e a tradição. Em 1929, Georges Roy criou a Majestic, …

Fernando Alonso regressa à Fórmula 1 com a Renault

O piloto espanhol Fernando Alonso vai regressar à Fórmula 1 depois de ter abandonado a modalidade em 2018. Assina agora um contrato de dois anos com mais um de opção. A escuderia Renault anunciou esta quarta-feira …

China reitera que não participará no diálogo EUA/Rússia para reduzir arsenal atómico

A China reiterou, esta quarta-feira, que não entrará nas negociações entre os Estados Unidos e a Rússia para um novo acordo que limite a quantidade de armas nucleares, e acusou Washington de “constituir uma ameaça”. Pequim …

Traumas na infância e um pai "sociopata". As revelações do livro da sobrinha de Trump

O livro de memórias de Mary Trump, sobrinha do Presidente norte-americano Donald Trump, já chegou às mãos de vários jornalistas nos Estados Unidos. A data de publicação está marcada para dia 14 de julho. No livro, …

Rússia detém antigo jornalista por acusações de traição

O ex-jornalista Ivan Safronov, assessor do diretor da agência espacial russa Roscosmos, foi detido esta terça-feira e acusado de traição. Esta terça-feira, as autoridades russas prenderam um antigo jornalista que trabalhava agora como assessor do chefe …