Televisão chinesa diz que imagens de Omran são propaganda de guerra ocidental

A televisão estatal chinesa questionou este domingo a autenticidade do vídeo do rapaz sírio Omran, que se tornou viral em todo o mundo, alegando que se pode tratar de uma montagem feita pela “propaganda de guerra” ocidental.

As imagens mostram uma criança de quatro anos em choque, coberta em sangue e poeira, após um ataque aéreo executado na semana passada em Aleppo, e que os Estados Unidos da América consideraram a “face real” da guerra na Síria.

Pequim suporta o governo sírio, liderado por Bashar al-Assad, e goza de boas relações com a Rússia – responsáveis pelos ataques aéreos contra os rebeldes levados a cabo em Aleppo.

A televisão estatal CCTV questionou o vídeo com Omran, exibindo as imagens de sofrimento, com o subtítulo “Vídeo suspeito de ser falso“.

“Críticos sugeriram que o vídeo é parte de propaganda de guerra, concebida para justificar o envolvimento dos países ocidentais na Síria, com o argumento do ‘humanitarismo'”, aponta a reportagem.

“Os trabalhadores, em vez de avançaram prontamente com os trabalhos de socorro, instalaram a câmara”, acrescenta.

A imprensa estatal chinesa frequentemente avança com acusações do género. Recentemente, a agência oficial chinesa Xinhua acusou o governo do Tibete no exílio de difundir vídeos falsos.

Omran, os seus irmãos e pais foram atingidos por escombros, na sequência dos bombardeamentos de quarta-feira passada no bairro de Qaterji, uma área no leste de Aleppo, controlada pelos rebeldes que combatem Assad. A Rússia negou ter levado a cabo aqueles ataques.

No vídeo, a criança surge numa ambulância, com os olhos fixados, antes de levantar os braços e tocar a testa coberta de sangue, olhando depois para mão, que limpa no assento cor de laranja.

O irmão mais velho de Omran Daqneesh, Ali, morreu no sábado, após não ter resistido aos ferimentos provocados pelos bombardeamentos.

A CCTV alega que o grupo de defesa civil sírio que filmou o vídeo, também conhecido como “Capacetes Brancos“, é de “independência discutível” e tem ligações ao exército do Reino Unido.

Além de chamar a atenção para o sofrimento das crianças no sangrento cerco de Aleppo, a imagem de Omran desencadeou também um conflito diplomático.

O porta-voz do governo russo, Igor Konashenkov, classificou as imagens da criança como uma “exploração cínica” e “propaganda cliché contra a Rússia“.

O conflito na Síria causou já mais de 290.000 mortes e milhões de deslocados, desde o seu início, em 2011.

E entretanto, há mais de 100 mil crianças como Omran em Aleppo.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Propaganda no seu melhor, sim. Muita gente só lê notícias facciosas, ou não, mas pouca gente pesquisa e sabe a verdadeira história destes países. Os jogos políticos e de guerra estão acima da dignidade humana. A esses, só lhes interessa $$$$$$
    A Rússia tem feito muito mais para erradicar o daesh do que os EUA, isso é inegável, só os tolos não vêem. Agora pensem.

RESPONDER

"DeepNude". Inteligência Artificial "tirou a roupa" a mulheres nas redes sociais

A empresa de informação Sensity alertou que mais de 100 mil imagens foram carregadas para um canal de Telegram onde um bot "tirou a roupa" de mulheres. A empresa de segurança Sensity revelou recentemente que existe …

Poluição atmosférica "custa" a cada citadino europeu 1.276 euros por ano

A poluição atmosférica "custa" 1.276 euros por ano a cada cidadão europeu residente em cidades, de acordo com um estudo da Aliança Europeia de Saúde Pública (EPHA) divulgado esta quarta-feira. O estudo chegou ao valor médio …

"Emergência arqueológica". O degelo dos Alpes está a "libertar" artefactos escondidos há milhares de anos

As alterações climáticas podem estar a ajudar os arqueólogos a encontrar artefactos escondidos nos glaciares do Alpes há milhares de anos. O derretimento dos glaciares dos Alpes está a "liberta" objetos que permaneceram congelados no tempo …

Thermite RS3 é o primeiro robô de combate a incêndios dos EUA (e está pronto a entrar ao serviço)

O Corpo de Bombeiros de Los Angeles, nos Estados Unidos, deu as boas-vindas ao mais recente membro da equipa: um bombeiro robótico. O Thermite RS3 é um rover de controlo remoto capaz de bombear milhares de …

Inventor dinamarquês que matou jornalista no seu submarino escapou da prisão (mas já foi apanhado)

O inventor dinamarquês Peter Madsen, condenado a prisão perpétua por torturar e assassinar a jornalista sueca Kim Wall, fugiu da prisão esta terça-feira.  As autoridades dinamarquesas capturaram-no minutos depois. Peter Madsen, o dinamarquês condenado a prisão …

Molécula descoberta por menina de 14 anos pode levar a uma cura para a covid-19

A jovem norte-americana de 14 anos, Anika Chebrolu, descobriu uma molécula que pode levar a uma potencial cura para a covid-19. Enquanto cientistas dos quatro cantos do mundo trabalham no desenvolvimento de uma vacina para a …

Cerca de 1.300 reclusos fogem de prisão no Congo após ataque do Estado Islâmico

Cerca de 1.300 reclusos escaparam de uma prisão na República Democrática do Congo na manhã de terça-feira, após um ataque reivindicado pelo Estado Islâmico, informou a Organização das Nações Unidas (ONU). Embora as autoridades locais tenham …

Amesterdão vai usar flores para impedir que os ciclistas estacionem bicicletas nas pontes

A cidade conhecida pelo uso de bicicletas, vai agora tomar uma medida em relação ao estacionamento destas nas pontes. Tudo para proteger as vistas para os seus famosos canais. Amesterdão orgulha-se de ser uma das cidades …

Morreu voluntário envolvido no ensaio da vacina de Oxford. Tinha 28 anos e era médico recém-formado

As autoridades de saúde brasileiras divulgaram esta quarta-feira a morte de um voluntário dos testes da vacina contra a covid-19, desenvolvida pelo laboratório AstraZeneca e pela Universidade de Oxford. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), …

Milo, o "comunicador de ação" que permite conversar em grupo durante atividades ao ar livre

Chegou o Milo, o novo aparelho que vai revolucionar as aventuras em grupo. Este pequeno dispositivo permite-lhe conversar com o seu grupo à distancia sem precisar de levar o smartphone para o meio da montanha, …