Teerão está a afundar-se (e pode ser tarde demais para a recuperar)

wsrmatre/ Flickr

Vista de Teerão, capital do Irão

O terreno está a alterar-se sob a capital do Irão, Teerão, lar de aproximadamente 15 milhões de pessoas e a maior cidade por população no oeste da Ásia.

Imagens de satélite de alta resolução revelaram recentemente que, em alguns lugares, a metrópole do Médio Oriente está a afundar-se cerca de 25 centímetros por ano.

Cientistas investigaram dados de satélites da capital desde 2003 a 2017 e descobriram um afundamento significativo – também conhecidos como subsidência – em cerca de 10% do centro da cidade e em muitas aldeias na região noroeste de Teerão, segundo um artigo publicado em 30 de novembro na revista Nature.

Um efeito colateral da subsidência é o súbito aparecimento de fendas e buracos gigantes em algumas áreas. Num caso específico, um homem que trabalhava numa quinta ficou preso durante horas numa vala com seis metros de profundidade, depois de uma fenda se abrir, referiu Ali Beitollahi, do Building and Housing Research Center em Teerão.

As fendas que se formaram perto dos campos também estão a afetar as culturas, uma vez que drenam a água destinada a irrigar a terra.

Neste novo estudo de dados de satélite, os investigadores descobriram que a atual taxa de subsidência de Teerão está entre as mais altas do mundo, com as perdas de água subterrânea impulsionadas pela drenagem, construção de barragens e uma população em expansão.

Outra descoberta preocupante foi que as chuvas não estão a reabastecer as reservas de água subterrânea, sugerindo que já pode ser tarde demais para a recuperação da terra.

Mas Teerão não é a única cidade que se está a afundar. Observações de satélite também mostraram que Veneza, em Itália; partes do oeste do Texas e litoral da Louisiana; o Vale San Joaquin da Califórnia e o Aeroporto Internacional de São Francisco estão a ser vítimas de subsidência.

Estudos anteriores apontaram a drenagem de águas subterrâneas como a causa do naufrágio de Teerão, que já estava em andamento no início dos anos 2000. Os primeiros sinais de afundamento surgiram em áreas agrícolas.

Desde 2003, o problema tem sido nas áreas urbanas no leste, onde os efeitos do solo afundado de Teerão são visíveis em edifícios e estradas enviesados.

A perfuração ilegal de poços está a aumentar ainda mais a pressão sobre a diminuição das águas subterrâneas, aumentando também o risco de acelerar o afundamento. As autoridades do governo estão a tentar reprimir os poços ilegais, mas enquanto 100 mil já foram fechados, estima-se que ainda existem 30 mil.

O afundamento que já ocorreu é irreversível, uma vez que o solo não está a conseguir recuperar-se, mesmo depois da chuva, o que sugere que a porosidade da rocha foi permanentemente perdida. Essa perda pode levar a enchentes, já que, sem poros, a água não mais nenhum lugar para onde ir.

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Ainda não começaram a ver, porque os migrantes, estão a querer sair d’aqueles países ? Eles irão também afundar. O que acontece, é que eles, migrantes, sem qualquer medo, estão a ser empurrados pela Mão do UNIVERSO, para não seres também afundados. esperem para ver. São muitos dos resgatáveis, que irá acontecer. Não acreditam, não é! Aguardem.

RESPONDER

Bloco apoia travão ao desconfinamento na região de Lisboa

O Bloco de Esquerda apoiou o adiamento do levantamento de restrições impostas pela pandemia na região de Lisboa e Vale do Tejo, destacando que é importante aumentar a vigilância nas empresas de construção e trabalho …

Descoberto "cemitério" de mamutes nos arredores da Cidade do México

Investigadores descobriram um "cemitério" com cerca de 60 mamutes nos arredores da Cidade do México, avança o Instituto Nacional de Antropologia e História (INAH) do país. De acordo com o site Live Science, a descoberta aconteceu, …

David Luiz confirma rumores. Regresso "vai acontecer se o presidente permitir e os adeptos quiserem"

David Luiz confirmou este sábado os rumores que davam conta que o Benfica e o jogador estavam a negociar um eventual regresso do brasileiro à Luz. Em entrevista ao desportivo Record, David Luiz confirmou a …

Cães treinados para proteger animais selvagens salvam 45 rinocerontes

Há inúmeras razões que explicam o motivo pelo qual os cães são conhecidos como o melhor amigo do Homem. Além de leais e inteligentes, dão sempre o corpo às balas, mesmo nos piores momentos. Quarenta e …

Fez-se história. Foguetão da SpaceX lançado com sucesso rumo à EEI

O primeiro foguetão concebido e construído por uma empresa privada, a SpaceX, de Elon Musk, levando a bordo dois astronautas foi lançado este sábado na presença do Presidente do Estados Unidos, Donald Trump. O lançamento decorreu …

"A Rússia não permitirá a privatização da Lua", avisa Roscosmos

A Rússia não permitirá a privatização da Lua, independentemente de quem avance a iniciativa, avisou o chefe da agência espacial russa (Roscosmos), Dmitri Rogozin, em entrevista ao jornal Komsomólskaya Pravda. "Não permitiremos que ninguém privatize a …

Plataforma flutuante extrai energia das ondas, do vento e do Sol

A empresa alemã Sinn Power criou uma plataforma marítima flutuante capaz de gerar energia renovável a partir de ondas, vento e energia solar. A plataforma híbrida combina turbinas eólicas, painéis solares e coletores de energia das …

Balneários proibidos e 3 metros de distância. As regras da DGS para a prática de exercício físico

A Direção-Geral da Saúde (DGS) recomenda uma distância mínima de três metros entre pessoas que pratiquem exercício físico, no âmbito das medidas de prevenção da pandemia de covid-19. A orientação, intitulada “Procedimentos de Prevenção e Controlo …

Astronautas da NASA já se preparam para voo histórico a bordo do foguetão da Space X

Dois astronautas da NASA já estão a equipar-se para o lançamento histórico de um foguetão concebido e construído pela empresa SpaceX, de Elon Musk, apesar de as previsões meteorológicas indicarem mais tempestades. Com o voo já …

Há dez anos, Portugal adotou a lei que permitiu o casamento entre pessoas do mesmo sexo

Portugal adotou há 10 anos a lei que permitiu o casamento entre pessoas do mesmo sexo, após um debate fraturante que remeteu para mais tarde a adoção de crianças por estes casais, possível apenas desde …