São Francisco está a afundar (e umas partes mais depressa do que outras)

O aumento do nível do mar não é o único problema que as áreas costeiras baixas enfrentam. Muitas dessas áreas estão a afundar-se, aumentando consideravelmente o risco de inundações.

Na área Baía de San Francisco, só o aumento do nível do mar poderia inundar uma área entre 50 a 410 quilómetros quadrados até 2100, dependendo da quantidade de ação necessária para limitar o aquecimento global e da rapidez com que as folhas de gelo polares derretem.

Mas quando o abatimento do solo também é tido em consideração, a área vulnerável às inundações durante marés altas e ondas de tempestade aumenta para entre 130 e 430 quilómetros quadrados.

Essa é a conclusão de Manoochehr Shirzaei, da Universidade de Arizona, e de Roland Bürgmann na Universidade da Califórnia, num estudo publicado na quarta-feira na Science Advances. Os investigadores usaram dados de satélite de 2007 a 2010 para descobrir como as alturas da terra mudaram na área da Baía na altura.

Algumas áreas, como o Vale de Santa Clara, aumentaram ligeiramente, provavelmente devido ao aumento do armazenamento de águas subterrâneas. Mas a maioria das áreas afundou cerca de 1 ou 2 milímetros por ano.

Caltech / NASA-JPL / NASA / ESA / Google Earth

Mapa de subsidência total da vale Joaquin Valley, na Califórnia, EUA

Alguns lugares, incluindo partes da própria cidade, além do Aeroporto Internacional de São Francisco e da Foster City, caíram até 10 milímetros por ano. Isso porque essas áreas são construídas sobre depósitos naturais de lama ou aterros que ainda estão a compactar.

A subsidência significa que essas áreas estão a afundar ainda mais rápido do que o nível do mar está a aumentar devido ao aquecimento global: atualmente 3 milímetros por ano e em aceleração. Os resultados mostram a importância de ter em conta a subsidência da terra ao calcular o risco de inundações costeiras, dizem os investigadores.

Em 2009, Syvitski e os colegas mostraram que a subsidência de até 150 milímetros por ano é um grande problema na maioria dos deltas do rio do mundo, afetando as cidades de Nova Orleãees a Banguecoque e Xangai.

Uma das principais causas é a extração de águas subterrâneas, gás e petróleo. O bloqueio das inundações é outro: sem depósitos anuais de material fresco, os deltas diminuem rapidamente devido à compactação.

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Mas o que é que o comentário da foto tem a ver com a notícia? Vocês não verificam o que publicam, antes de o fazerem? Jornalismo TOP!!!

  2. Não é só são Francisco. Muito mais áreas dos EU, irão afundar.Na verdade, é o que eles merecem, pelo mal que tem vindo a causar ao mundo.

  3. Como certamente será necessário uma nova ponte, talvez Lisboa possa comprar a ponte Golden Gate em 2ª mão e montar ao lado da outra donde caem parafusos. Ficava lindo! Uma para cá e outra para lá!

RESPONDER

Novo relatório aponta possível causa para número anormal de doenças causadas pelo vaping

Um novo relatório vem confirmar que o acetato de vitamina E encontrado em muitos produtos utilizados pelos vapers pode ser o responsável pelos problemas de saúde. O ano de 2019 ficou marcado por várias doenças e …

Morreu Rogério "Pipi", histórico jogador do Benfica

O ex-futebolista internacional português, que se evidenciou ao serviço do Benfica nas décadas de 40 e 50 do século passado, morreu este domingo, um dia depois de completar 97 anos. "Foi com profunda tristeza e pesar …

Milhares de manifestantes voltam às ruas de Hong Kong

A polícia de Hong Kong deteve, este domingo, onze pessoas e apreendeu várias armas, incluindo uma pistola, pouco antes do início de uma manifestação convocada para a cidade, para a qual se espera uma forte …

Irão e Estados Unidos trocam prisioneiros

Irão e Estados Unidos realizaram, este sábado, uma troca de prisioneiros que envolveu a troca de um investigador sino-americano por um cientista iraniano detido pelos EUA, num avanço diplomático que surge após meses de tensão …

Coreia do Norte anuncia "teste muito importante" em local de lançamento de mísseis

A Coreia do Norte anunciou ter realizado um "teste muito importante" no local de lançamento de mísseis de longo alcance, defendendo que terá um efeito fundamental na futura posição estratégica do país. A Agência Central de …

Balas que assassinaram John F. Kennedy preservadas em modelo 3D

A partir do próximo ano, os Arquivos Nacionais dos Estados Unidos vão disponibilizar, no seu catálogo online, imagens 3D das balas que assassinaram o antigo presidente norte-americano John F. Kennedy. Para criar os modelos das …

Pela primeira vez, neurónios artificiais foram criados para curar doenças crónicas

Uma equipa de investigadores conseguiu recriar as propriedades biológicas dos neurónios em chips, que podem ser úteis ajudar na cura de doenças neurológicas crónicas. Naquele considerado um feito única na ciência, investigadores da Universidade de Bath …

Cientistas encontram uma relação negativa "muito forte" entre inteligência e religiosidade

Uma equipa de investigadores sugere que pessoas religiosas tendem a ser menos inteligentes do que pessoas sem crenças religiosas. O estudo tem gerado uma grande controvérsia. A religião é um tema forte, capaz de juntar ou …

Descoberta nova espécie de tubarão pré-histórico que podia chegar aos sete metros

Uma nova espécie de tubarão pré-histórico foi descoberta no Kansas, nos Estados Unidos. Este predador podia crescer até quase sete metros de comprimento. De acordo com a revista Newsweek, Kenshu Shimada, da Universidade DePaul, e Michael …

Conhecido medicamento para diabetes pode conter um carcinógeno

A Food and Drug Administration, agência federal e reguladora do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos, está a testar amostras de metformina, um medicamento para diabetes que pode conter o carcinógeno N-Nitrosodimetilamina …