São Francisco está a afundar (e umas partes mais depressa do que outras)

O aumento do nível do mar não é o único problema que as áreas costeiras baixas enfrentam. Muitas dessas áreas estão a afundar-se, aumentando consideravelmente o risco de inundações.

Na área Baía de San Francisco, só o aumento do nível do mar poderia inundar uma área entre 50 a 410 quilómetros quadrados até 2100, dependendo da quantidade de ação necessária para limitar o aquecimento global e da rapidez com que as folhas de gelo polares derretem.

Mas quando o abatimento do solo também é tido em consideração, a área vulnerável às inundações durante marés altas e ondas de tempestade aumenta para entre 130 e 430 quilómetros quadrados.

Essa é a conclusão de Manoochehr Shirzaei, da Universidade de Arizona, e de Roland Bürgmann na Universidade da Califórnia, num estudo publicado na quarta-feira na Science Advances. Os investigadores usaram dados de satélite de 2007 a 2010 para descobrir como as alturas da terra mudaram na área da Baía na altura.

Algumas áreas, como o Vale de Santa Clara, aumentaram ligeiramente, provavelmente devido ao aumento do armazenamento de águas subterrâneas. Mas a maioria das áreas afundou cerca de 1 ou 2 milímetros por ano.

Caltech / NASA-JPL / NASA / ESA / Google Earth

Mapa de subsidência total da vale Joaquin Valley, na Califórnia, EUA

Alguns lugares, incluindo partes da própria cidade, além do Aeroporto Internacional de São Francisco e da Foster City, caíram até 10 milímetros por ano. Isso porque essas áreas são construídas sobre depósitos naturais de lama ou aterros que ainda estão a compactar.

A subsidência significa que essas áreas estão a afundar ainda mais rápido do que o nível do mar está a aumentar devido ao aquecimento global: atualmente 3 milímetros por ano e em aceleração. Os resultados mostram a importância de ter em conta a subsidência da terra ao calcular o risco de inundações costeiras, dizem os investigadores.

Em 2009, Syvitski e os colegas mostraram que a subsidência de até 150 milímetros por ano é um grande problema na maioria dos deltas do rio do mundo, afetando as cidades de Nova Orleãees a Banguecoque e Xangai.

Uma das principais causas é a extração de águas subterrâneas, gás e petróleo. O bloqueio das inundações é outro: sem depósitos anuais de material fresco, os deltas diminuem rapidamente devido à compactação.

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Mas o que é que o comentário da foto tem a ver com a notícia? Vocês não verificam o que publicam, antes de o fazerem? Jornalismo TOP!!!

  2. Não é só são Francisco. Muito mais áreas dos EU, irão afundar.Na verdade, é o que eles merecem, pelo mal que tem vindo a causar ao mundo.

  3. Como certamente será necessário uma nova ponte, talvez Lisboa possa comprar a ponte Golden Gate em 2ª mão e montar ao lado da outra donde caem parafusos. Ficava lindo! Uma para cá e outra para lá!

RESPONDER

Orlando Figueira exige 15 milhões a Proença de Carvalho e Carlos Silva

O procurador Orlando Figueira avançou com uma ação cível contra o advogado Proença de Carvalho e o banqueiro Carlos Silva. Pede uma indemnização de 15 milhões de euros. O procurador do Ministério Público que foi condenado …

Caixa Geral de Depósitos deu 125 milhões a Isabel dos Santos

O banco público emprestou a Isabel dos Santos, em dezembro de 2009, 125 milhões de euros para que a empresária pudesse comprar ações da ZON. Parte dessas ações era da própria Caixa Geral de Depósitos. No …

O Pentágono admitiu (finalmente) que investiga OVNIs

Numa declaração sem precedentes e que alguns consideram "bombástica", o Departamento de Defesa dos EUA admitiu que investiga OVNIs (Objectos Voadores Não Identificados). Uma posição oficial que reforça a importância militar de estudar este tipo …

Em 2010, Berardo já não tinha dinheiro para pagar a dívida

Em 2010, o Banco de Portugal (BdP) não encontrou provas de que o grupo Berardo tivesse capacidade financeira para pagar a dívida à Caixa Geral de Depósitos (CGD). Em 2010, a Fundação Berardo e a Metalgest …

A polícia vai deixar de lhe pedir para soprar ao balão

A partir de 2022, a polícia vai deixar de pedir aos condutores para "soprar no balão". A União Europeia prepara-se para implementar novos sistemas de segurança obrigatórios nos novos modelos de automóveis.  Os veículos vão passar …

MH370. Investigador diz que foi usado um avião chamariz durante "desaparecimento forjado"

Andre Milne acredita que foi usada uma aeronave chamariz para enganar e causar a impressão de que os Estados Unidos foram responsáveis pelo sequestro do voo MH370 da Malaysia Airlines. O investigador voluntário Andre Milne afirma …

Grandes devedores levam Ferro Rodrigues a convocar reunião

Na próxima terça-feira, dia 28 de maio, a mesa da Assembleia da República vai ter uma reunião para discutir o acesso à lista dos grandes devedores dos bancos. O presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro …

Arqueólogos descobrem o que estava no cardápio dos camponeses medievais

Há 30 anos, arqueólogos escavaram uma das primeiras aldeias medievais na Inglaterra e descobriram os restos de 73 recipientes usados na altura. Mas encontraram algo mais: os restos minúsculos da sua última refeição. Investigadores da Universidade …

Falta de pessoal cria "graves problemas" à ADSE

O Conselho Geral e de Supervisão da ADSE alerta que a falta de recursos humanos no instituto que gere o sistema de assistência na doença da função pública coloca "graves problemas de gestão". No parecer aprovado …

Marcelo aceita passagem do hospital de Braga para o SNS

Marcelo Rebelo de Sousa promulgou o fim da PPP, reforçando o seu argumento sobre a nova Lei de Bases da Saúde. "A escolha política" do Governo foi "a da criação de uma Entidade Pública Empresarial". O …