Task force faz apelo às pessoas com 80 anos ou mais que estão por vacinar

Fernando Veludo / Lusa

O vice-almirante Gouveia e Melo, coordenador da “task force” de vacinação contra a covid-19

A vacinação de pessoas com 80 anos ou mais, com pelo menos uma dose, está quase concluída. 7% das pessoas desta faixa etária ainda não foram inoculadas.

Em declarações ao semanário Expresso, a task force responsável pelo plano de vacinação contra a covid-19 conta que surgiu a necessidade de serem “articulados contactos através de bombeiros, juntas de freguesia, e forças de segurança” para se chegar às pessoas com 80 anos ou mais que ainda não foram vacinadas (7% desta população).

Trata-se de “pessoas anteriormente infetadas ou de pessoas mais isoladas e cujos contactos não estavam atualizados e, por isso, necessariamente, é mais difícil e moroso chegar até elas”, explica.

Segundo o jornal, a percentagem de pessoas desta faixa etária vacinadas com a primeira dose está praticamente inalterável desde meados de abril: era de 90% no dia 13 e de 93% nos dias 27 de abril e 4 de maio.

Por isso, o grupo de trabalho faz um apelo. Estas pessoas devem “dirigir-se a uma junta de freguesia, posto dos bombeiros, da GNR ou da PSP de forma a darem os seus contactos e, desta forma, serem convocadas para o processo de vacinação.”

De acordo com o Expresso, o último boletim de vacinação divulgado pela DGS também mostra que a diferença entre doses recebidas (4.218.420) e vacinadas (3.581.288) nunca foi tão grande como agora: uma diferença de cerca de 637 mil vacinas.

“Tendo em conta que existe um aumento muito significativo de doses de vacina a chegar a Portugal é normal, mesmo com o inerente aumento do ritmo de vacinação, que a diferença entre doses recebidas e inoculadas aumente”, considera a task force.

Esta terça-feira, o coordenador da task force anunciou que para a próxima semana está previsto “começar a vacinar mais de 100 mil pessoas por dia“, “caso não haja contratempos na entrega das vacinas”.

Segundo o jornal Público, na próxima semana está previsto que sejam administradas mais de 40 mil segundas doses da vacina da AstraZeneca. Os portugueses que vão fazer a segunda toma e têm menos de 60 anos têm duas opções: ou completam o processo de vacinação dentro do prazo previsto com uma dose desta marca, ou podem esperar pelos resultados dos estudos que estão a avaliar a possibilidade de a toma ser feita com uma vacina de marca diferente.

“Caso o utente opte por não tomar a segunda dose da AstraZeneca e aguardar que sejam conhecidos novos dados relativamente à utilização de uma vacina de outra marca para completar o esquema vacinal, deverá dizer não ao SMS de agendamento ou dar disso nota aquando do contacto telefónico”, disse a task force ao matutino.

No total, 2.568.344 portugueses (25% da população) já receberam a primeira dose da vacina, dos quais 915.246 (9%) já têm a vacinação completa.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Colômbia pede que a Venezuela seja declarada como país promotor do terrorismo

A Colômbia pediu esta segunda-feira aos EUA que declarem a Venezuela como país promotor do terrorismo por alegadamente "proteger" guerrilheiros colombianos do Exército de Libertação Nacional (ELN) e do Grupo Armado Residual (Gaor 33, composto …

Treze meses depois, Coreias voltam a falar ao telefone

As comunicações telefónicas estavam cortadas entre as duas Coreias desde junho de 2020, mas os dois países retomaram os contactos esta terça-feira. As duas Coreias retomaram esta terça-feira a comunicação telefónica 13 meses depois de ter …

Benfica: Kaio Jorge não quer jogar em Portugal (e alínea pode impedir saída)

Santos aceitou proposta vinda da Luz mas o jovem avançado prefere o campeonato italiano. E ainda há uma alínea no contrato que vai ser analisada. O Benfica apresentou uma proposta pela contratação de Kaio Jorge, com …

Quase 70% dos internados em UCI têm menos de 59 anos

Quase 70% dos doentes com covid-19 em unidades de cuidados intensivos (UCI) têm menos de 59 anos, revelou a Ordem dos Médicos, indicando que em enfermaria os doentes abaixo dessa faixa etária são cerca de …

Reunião no Infarmed. Especialistas propõem plano de quatro níveis (e a máscara cai no nível 2)

A sede da Autoridade Nacional do Medicamento (Infarmed), em Lisboa, voltou a acolher mais uma reunião de peritos esta terça-feira. Foi apresentada uma proposta de alteração da matriz de risco. Portugal não está em condições de …

Mais de 11.300 suspeitas de reações adversas às vacinas registadas em Portugal

Mais de 11.300 suspeitas de reações adversas às vacinas contra a covid-19 foram registadas em Portugal e houve 68 casos de morte comunicados em idosos, mas não está demonstrada a relação causa-efeito, segundo o Infarmed. De …

Incêndios "sem precedentes" devastam Sardenha

Condições climatéricas adversas e severas, como altas temperaturas e ventos fortes, estiveram na origem dos incêndios florestais que se registaram em vários países do sul do continente europeu, como Itália, Espanha, França ou Grécia. A ilha …

Gabriel foi afastado do plantel e pode ser reforço de Rui Vitória

Jorge Jesus não conta com Gabriel para a próxima temporada e já colocou o médio a treinar à parte do plantel, acompanhado por um preparador físico. O Benfica está a trabalhar com o representante do jogador …

Governo quer reduzir para três o número de testemunhas em processos civis

O Governo quer reduzir para três o número máximo de testemunhas por cada facto que se queira ver provado em tribunal no âmbito de um processo, visando aumentar a celeridade e estabelecer um critério de …

Myanmar. Junta militar anula resultados das eleições de 2020

Militares entendem que a votação não foi "livre e justa". Anúncio da anulação das eleições de 2020 não foi acompanhado de uma data para a realização de um novo ato eleitoral — tal como seria …