TAP sem dinheiro para salários deste mês. Dono do grupo Barraqueiro pode evitar nacionalização

Patrick Ludolph / Wikimedia

Airbus A319 da TAP

Com gastos superiores a 53,5 milhões de euros por mês em ordenados e uma difícil situação financeira, a TAP está sem dinheiro para pagar os salários deste mês numa altura em que o futuro da companhia de aviação continua num impasse. Certa é só a saída de David Neeleman da estrutura accionista.

Na terça-feira, avançou-se que a TAP seria nacionalizada depois de os accionistas privados da empresa terem chumbado a proposta de ajuda do Estado. Mas, nesta altura, o cenário de nacionalização não é tão certo.

A saída de David Neeleman da estrutura accionista da empresa estará a ser negociada e pode ser a solução para evitar a nacionalização da empresa.

Neeleman tem 50% da Atlantic Gateway, empresa que controla 45% da TAP. Os outros 50% da Atlantic Gateway são detidos pelo empresário Humberto Pedrosa, dono do grupo de transportes Barraqueiro, que quererá manter-se na TAP.

O Estado detém 50% da TAP, enquanto os restantes 5% estão nas mãos de trabalhadores da empresa.

Neste momento, está em cima da mesa a possibilidade de nacionalizar os 45% detidos por Neeleman e Pedrosa. Outro cenário possível é também a venda da participação de Neeleman a Pedrosa.

O Eco noticia que Pedrosa estará a tentar comprar a parte de Neeleman por 45 milhões de euros.

“Se Neeleman vender, terá a possibilidade de encaixar já cerca de 45 milhões de euros em vez de esperar por uma decisão do tribunal [arbitral] para saber se pode recuperar ou não os 217 milhões de euros de prestações acessórias que a Atlantic Gateway pôs na TAP”, refere ao Eco uma fonte conhecedora das negociações.

Estes milhões das prestações acessórias terão sido o ponto de divergência que levou ao chumbo das ajudas do Estado e, consequentemente, ao reforço da possibilidade de nacionalização.

Em causa está uma cláusula do acordo de venda que permite aos accionistas privados recuperarem esses 217 milhões que emprestaram à TAP no caso de reforço da participação do Estado na empresa. O Estado exigiu a queda dessa cláusula, mas Neeleman opôs-se.

“Se os privados não aceitarem as nossas condições, nós temos de intervir com uma nacionalização”, avisou já o ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos.

Estamos preparados para tudo. Não vamos ceder nas nossas condições e estamos preparados para intervencionar e salvar empresa”, vincou o governante.

O decreto de nacionalização da TAP já estará pronto e poderá avançar até esta quinta-feira, dia em que se realiza o Conselho de Ministros.

O primeiro-ministro, António Costa, disse que espera que ainda nesta quarta-feira haja uma solução para a TAP.

Sem dinheiro para salários

Enquanto continua o impasse quanto ao futuro da companhia de aviação, as contas debilitadas não permitem o pagamento de salários deste mês.

A situação financeira agravou-se muito com a pandemia e os cofres da TAP já só tinham, no final de Março, 280 milhões de euros em caixa, segundo o Correio da Manhã (CM).

O jornal refere que a empresa gasta mais de 53,5 milhões de euros por mês em salários e sublinha que não tem dinheiro suficiente para pagar os valores relativos a Junho.

A transportadora aérea tem mais de nove mil trabalhadores.

ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. “…Pedrosa estará a tentar comprar a parte de Neeleman por 45 milhões de euros.”

    Isto já anda assim? Por “meia-dúzia de trocos” já se compra uma grande parte de uma empresa de aviação?

      • Isso por vezes não é bem o que parece. Dois dos principais ativos (como na maioria das empresas) não estão devidamente contabilizados: a marca e o know how. E estes ativos são bem valiosos.
        É uma empresa que com uma nova estratégia, forte limpeza, aposta em determinadas rotas e redimensionamento da administração poderá ter outros voos. O potencial existe. Nunca foi bem gerido mas existe. A TAP devia em minha opinião começar desde logo por mudar o seu nome. TAP é redutor. Não é uma empresa de transportes aéreos portugueses. Devia ser a transportadora aérea da lusofonia. É essencial que se assuma como uma transportadora de ligação das comunidades lusófonas, embora obviamente equacionando muitos outros destinos bem interessantes e rentáveis.

  2. Não deveria ter havido gestores capazes em Portugal. Foram buscar uma sucessão de brasileiros manhosos, terminando com este David Neeleman, e o resultado está á vista. A TAP ha anos que mete água, esta crise foi só uma ajudinha para a afundar.

RESPONDER

O Bosão de Higgs foi apanhado a fazer algo inesperado

Uma equipa de cientistas do Laboratório Europeu de Física de Partículas (CERN) observou o Bosão de Higgs, a fazer algo inesperado: à medida que caía, esta parecia decompor-se numa combinação inesperada de partículas. De acordo com …

Feitos de estrelas. Os nossos ossos são compostos por estrelas que explodiram

Uma nova investigação concluiu que metade do cálcio do nosso Universo é oriundo de uma supernova rica em cálcio, que explodiu há milhões de anos. O novo estudo, cujos resultados foram esta semana publicados na revista …

"Monarquia criminosa". Parlamento declara Catalunha republicana e não reconhece o rei

O Parlamento catalão aprovou esta sexta-feira uma resolução na qual declara que “a Catalunha é republicana e, portanto, não reconhece nem quer ter um rei”, rotulando a monarquia de “criminosa”. A resolução foi aprovada em sessão …

Novo método deteta metais tóxicos em alimentos e água em apenas algumas horas

Uma equipa de cientistas da Universidade de Joanesburgo, na África do Sul, desenvolveu um método sensível para detetar níveis perigosos de metais pesados em alguns alimentos e água. Os vestígios de metais como chumbo (Pb), arsénico …

Meghan Markle vence primeira batalha judicial contra jornal britânico

A Duquesa de Sussex conseguiu que o Tribunal Superior de Londres optasse por manter anónima a identidade das suas cinco amigas, como parte da ação legal que está a ser levada a cabo. O 39º aniversário …

Cientistas obrigados a rebatizar dezenas de genes humanos. A culpa é do Excel

Só no ano passado, os cientistas viram-se obrigados a mudar os nomes de 27 genes humanos por causa de um erro de leitura do Microsoft Excel. Tal como explica o portal The Verge, que avança …

"Vai continuar a queimar". Covid-19 é mais parecida com um fogo florestal do que com ondas e picos

Com o surgimento do novo coronavírus no mundo, vários especialistas previam que este iria surgir em ondas e picos. Agora a visão de futuro é outra e os especialistas dizem que a pandemia se compara …

Mudanças climáticas podem vir a causar mais mortes do que a covid-19, alerta Bill Gates

  As mudanças climáticas podem custar muito mais vidas nas próximas décadas do que a pandemia do novo coronavírus (covid-19). O alerta é do co-fundador da Microsoft, Bill Gates, que, através de uma reflexão no seu …

Descoberta a primeira disrupção gigante nas nuvens de Vénus

Uma equipa internacional de cientistas, que incluiu um investigador do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA), descobriu a "primeira disrupção gigante" nas nuvens de Vénus que tem fustigado as zonas profundas da atmosfera …

TVI aposta em estúdio a Norte. Nuno Santos quer Informação mais ao estilo da SIC Notícias do que da CMTV

O diretor-geral da TVI, Nuno Santos, afirmou, em entrevista ao jornal Público, que a estação de Queluz de Baixo vai apostar num estúdio no Norte, revelando ainda que pretende mudar a Informação do canal mais …