/

TAP declarada oficialmente empresa em “situação económica difícil”

1

A resolução do Conselho de Ministros de 22 dezembro que declarava a TAP, a Portugália e a Catering como empresas em “situação económica difícil” foi publicada esta quinta-feira em Diário da República.

Com este regime, é possível suspender os acordos de empresas no âmbito do plano de reestruturação da TAP que o Governo vai negociar com a Comissão Europeia. A empresa ficará nesta situação até 31 de dezembro de 2021, podendo a declaração ser renovada.

“Estas empresas veem-se confrontadas com resultados de exploração fortemente deficitários comparando 2020 com o período homólogo de 2019”, explicou o Governo no texto da resolução, citado pelo ECO, acrescentando que a recuperação pode ser “muito demorada, dada a imprevisibilidade da duração dos efeitos da pandemia, e as estimativas de um lento retorno da procura do setor”.

A TAP, em particular, “contabiliza cerca de 45% de passageiros em voos de ligação, estando muito dependente da evolução do mercado de longo curso para os seus resultados financeiros, sendo que se prevê que este mercado apresente uma recuperação ainda mais lenta, devido ao alastrar da pandemia em mercados chave como o Brasil e os Estados Unidos da América e às restrições de viagem e redução das disponibilidades económicas dos potenciais passageiros”, explicou o Governo.

A classificação destas empresas como estando numa “situação económica difícil” permite uma maior reestruturação, alterando os direitos que os trabalhadores teriam numa situação normal. O plano implica cortes nos salários e nos postos de trabalho.

A TAP fica impedida de distribuir lucros, aumentar as remunerações dos membros dos corpos sociais ou reembolsar prestações suplementares de capital ou de suprimentos.

  Taísa Pagno //

1 Comment

  1. Continuemos com o leilão. Temos agora um explendido Airbus a330 série 200! Tem uma cauda magnífica com as insígnias da melhor empresa de aviação do mundo e arredores!
    Tem dois motores P&W 4000 que bebem que se fartam! E como podemos observar os profundores ainda estão no local. O leme ainda se mexe e para além de asas também tem rodas para se poder movimentar nos melhores aeroportos de Portugal.
    Quem dá mais??
    99 euros?? Vendido para aquela senhora de lábios vermelhos!!

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.