Depois das queixas de SZA, Sephora fecha lojas para formação anti-racismo

Depois de um incidente racial com a cantora norte-americana SZA, a Sephora vai encerrar, esta quarta-feira, todas as suas lojas, centros de distribuição e escritórios nos Estados Unidos para dar “workshops de inclusão” a todos os funcionários.

No início de maio, a cantora soul e R&B norte-americana SZA denunciou no Twitter que uma funcionária da loja da Sephora de Calabasas, na Califórnia, chamou a segurança para se certificar de que a artista não estava a roubar. A cantora diz que foi “racialmente perfilada” enquanto fazia compras.

A publicação teve, à data, resposta da cadeia francesa de produtos de cosmética. A Sephora afirmou, também num tweet, que SZA faz “parte da família Sephora” e que a marca está empenhada “em garantir que todos os membros da nossa comunidade se sentem bem-vindos e incluídos”.

Agora, e nos rescaldo deste incidente, a marca, que pertence ao grupo LVMH (Moët Hennessy Louis Vuitton), informou que irá encerrar as suas lojas, centros de distribuição e escritórios, no dia 5 de junho, na próxima quarta-feira, para o que chamou de “workshops de inclusão“.

Emily Shapiro, porta-voz da Sephora, adiantou à Reuters que o encerramento das lojas não foi “uma resposta a qualquer evento”, acrescentado que a iniciativa estava a ser planeada há meses.

A verdade é que, após a queixa de SZA, dispararam críticas nas redes sociais à loja de Calabasas, na Califórnia, com muitos clientes a garantirem que não regressariam lá.

“Fomos informados do incidente na nossa loja em Calabasas e para além de entrarmos diretamente em contacto com a SZA, estamos a reunir o máximo de informação sobre o que aconteceu para decidirmos quais os próximos passos a dar”, explicou na altura à Reuters Emily Shapiro. “Levamos as queixas deste tipo muito a sério, discriminação com base na raça não é tolerada na Sephora.”

Na próxima quarta-feira, os funcionários da Sephora receberão um workshop dedicado à diversidade, tendo em visto um tratamento inclusivo por parte da equipa para todos os clientes.

Num comunicado feito em vídeo, a Sephora afirmou que nunca parará de “construir uma comunidade da qual se espera diversidade, onde a expressão individual é honrada e onde todos são bem recebidos”.

On the morning of 6/5, every Sephora store, distribution center, and corporate office in the US will close to host inclusion workshops for our employees. These values have always been at the heart of Sephora, and we’re excited to welcome everyone when we reopen. Join us in our commitment to a more inclusive beauty community: Sephora.com/BelongWe Belong to Something Beautiful.

Publicado por SEPHORA em Quarta-feira, 22 de maio de 2019

Este caso acontece um ano depois de a Starbucks ter encerrado as suas 8.000 lojas para dar a mesma formação aos seus funcionários, após uma acusação de descriminação racial. Na altura, as próprias políticas de funcionamento dos estabelecimentos foram alteradas após o incidente.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Jerónimo frisa que passes de transportes mais baratos foram obra da CDU

O secretário-geral comunista vincou o papel do PCP e "Os Verdes" na redução dos preços dos passes dos transportes públicos, numa sessão pública com trabalhadores das empresas do setor, na estação de comboios de Santa …

Morte de menina de oito anos com bala perdida revolta Brasil

A morte de Ágatha Félix, uma menina de oito anos atingida, alegadamente, por uma bala perdida da polícia do Rio de Janeiro, está a provocar indignação no Brasil. Ágatha Felix tinha oito anos e foi baleada …

Nós, Cidadãos! defende mudanças na escolha do PGR para combater corrupção

O presidente do partido Nós, Cidadãos! defende mudanças na escolha do Procurador-Geral da República, afirmando que boa parte dos 42 mil milhões de euros que a corrupção custou aos portugueses se deveu à inoperância desta …

"Estranhos sintomas" que afligiam diplomatas em Cuba podem ter sido causados por pesticidas

A misteriosa origem dos estranhos sintomas (entre eles, zumbidos, tonturas, náuseas, perdas de audição e de memória e outras dificuldades cognitivas) que afligiram diplomatas canadianos e norte-americanos em Cuba entre 2016 e 2018 dever-se-á a …

Testes rápidos ao VIH já podem ser feitos em casa

A partir da próxima semana vai ser possível comprar nas farmácias autotestes ao vírus da SIDA para fazer em casa. Os resultados demoram apenas 15 minutos. As farmácias portuguesas vão começar a vender, a partir da …

Polícia dispara balas de borracha sobre manifestantes em Hong Kong

A polícia disparou no domingo balas de borracha em confrontos com manifestantes pró-democracia, em Hong Kong, perto de um centro comercial no qual causaram distúrbios. Pelo décimo sexto fim de semana de mobilização, milhares de manifestantes …

Portugal já paga juros mais baixos que Itália e Espanha, diz Costa

"Todos em Portugal estão hoje a viver melhor do que viviam há quatro anos", afirmou António Costa, durante uma ação de campanha do PS. António Costa disse, este domingo, que Portugal já está a pagar a …

Os últimos cinco anos foram os mais quentes de sempre

Um relatório das Nações Unidas revelou que, entre 2015 e 2019, foram atingidos níveis históricos. Desde 1850, as temperaturas aumentaram 1,1ºC. O período entre 2015 a 2019 é o mais quente alguma vez registado, indicou este …

Duarte Lima perde último recurso e deve ser julgado pela morte de Rosalina Ribeiro em Portugal

O Supremo Tribunal brasileiro indeferiu um novo recurso de Duarte Lima que assim está mais próximo de ser julgado em Portugal, pelo homicídio de Rosalina Ribeiro, em Maricá, em 2009. Ao recurso extraordinário, interposto de uma …

Governo britânico cumprirá decisão do Supremo sobre suspensão do Parlamento

O Governo britânico cumprirá a decisão do Supremo Tribunal do Reino Unido sobre a legalidade ou ilegalidade da suspensão do Parlamento, uma decisão que deverá ser anunciada esta semana. A garantia foi dada este domingo à …