Máscaras de Hong Kong são legais. Centenas de barricados em universidade

Fazry Ismail / EPA

O Supremo Tribunal de Hong Kong declarou esta segunda-feira inconstitucional a proibição do uso de máscaras em protestos, noticiou a emissora local RTHK.

O tribunal afirmou que a proibição das máscaras, que entrou em vigor em 5 de outubro passado, é inconstitucional por impor mais restrições do que as necessárias aos direitos fundamentais da população, indicou a RTHK.

Esta decisão surgiu na sequência de uma revisão judicial por 24 deputados pró-democracia da decisão do executivo de Carrie Lam de aplicar uma lei de emergência que remonta à época colonial britânica, acrescentou.

Quando anunciou a imposição da “lei anti-máscara”, no mês passado, Carrie Lam afirmou que o Governo pretende “acabar com a violência e restaurar a ordem”, devido à “situação de grande perigo público” que se vive no território desde o início de junho.

Na origem dos protestos antigovernamentais está uma polémica proposta de emendas à lei da extradição, já retirada formalmente pelo Governo de Hong Kong. A antiga colónia britânica passou a ser uma região administrativa especial chinesa em 1 de julho de 1997.

A escalada de tensão continua em Hong Kong. Esta madrugada, os confrontos chegaram à Universidade Politécnica, onde centenas de manifestantes se encontram ainda cercados.

A polícia de Hong Kong está a usar balas de borracha e granadas de gás lacrimogéneo para travar os manifestantes que tentam fugir da Universidade Politécnica, noticiou hoje a emissora local RTHK. Dezenas de pessoas tentaram escapar repetidas vezes do ‘campus’ universitário, após um dia e noite caóticos em que várias estradas foram bloqueadas, uma ponte foi incendiada e um agente foi atingido por uma flecha.

De acordo com o jornal Público, que fala numa batalha campal entre manifestantes anti-governamentais e forças de segurança serão centenas os estudantes e manifestantes encurralados no estabelecimento de ensino.

Muitos manifestantes, vestidos com roupas normais e sem máscaras de gás, tentaram resistir à ação policial, mas viram-se forçados a regressar ao interior das instalações. A mesma emissora referiu que alguns foram detidos, outros tropeçaram em barricadas, enquanto a polícia apontava armas e agredia alguns dos manifestantes.

A polícia estava também a montar barricadas próprias para confinar os manifestantes a um só espaço, quando, horas antes, havia exortado os manifestantes a “largarem as armas” e a saírem por um percurso definido. “Estamos presos aqui há demasiado tempo. Precisamos que todos os ‘hongkongers’ saibam que precisamos de ajuda”, disse Dan, um manifestante de 19 anos, citado pela emissora pública de Hong Kong.

“Não sei por quanto tempo mais podemos continuar assim. Podemos precisar de ajuda internacional”, acrescentou.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Morreu Rogério "Pipi", histórico jogador do Benfica

O ex-futebolista internacional português, que se evidenciou ao serviço do Benfica nas décadas de 40 e 50 do século passado, morreu este domingo, um dia depois de completar 97 anos. "Foi com profunda tristeza e pesar …

Milhares de manifestantes voltam às ruas de Hong Kong

A polícia de Hong Kong deteve, este domingo, onze pessoas e apreendeu várias armas, incluindo uma pistola, pouco antes do início de uma manifestação convocada para a cidade, para a qual se espera uma forte …

Irão e Estados Unidos trocam prisioneiros

Irão e Estados Unidos realizaram, este sábado, uma troca de prisioneiros que envolveu a troca de um investigador sino-americano por um cientista iraniano detido pelos EUA, num avanço diplomático que surge após meses de tensão …

Coreia do Norte anuncia "teste muito importante" em local de lançamento de mísseis

A Coreia do Norte anunciou ter realizado um "teste muito importante" no local de lançamento de mísseis de longo alcance, defendendo que terá um efeito fundamental na futura posição estratégica do país. A Agência Central de …

Balas que assassinaram John F. Kennedy preservadas em modelo 3D

A partir do próximo ano, os Arquivos Nacionais dos Estados Unidos vão disponibilizar, no seu catálogo online, imagens 3D das balas que assassinaram o antigo presidente norte-americano John F. Kennedy. Para criar os modelos das …

Pela primeira vez, neurónios artificiais foram criados para curar doenças crónicas

Uma equipa de investigadores conseguiu recriar as propriedades biológicas dos neurónios em chips, que podem ser úteis ajudar na cura de doenças neurológicas crónicas. Naquele considerado um feito única na ciência, investigadores da Universidade de Bath …

Cientistas encontram uma relação negativa "muito forte" entre inteligência e religiosidade

Uma equipa de investigadores sugere que pessoas religiosas tendem a ser menos inteligentes do que pessoas sem crenças religiosas. O estudo tem gerado uma grande controvérsia. A religião é um tema forte, capaz de juntar ou …

Descoberta nova espécie de tubarão pré-histórico que podia chegar aos sete metros

Uma nova espécie de tubarão pré-histórico foi descoberta no Kansas, nos Estados Unidos. Este predador podia crescer até quase sete metros de comprimento. De acordo com a revista Newsweek, Kenshu Shimada, da Universidade DePaul, e Michael …

Conhecido medicamento para diabetes pode conter um carcinógeno

A Food and Drug Administration, agência federal e reguladora do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos, está a testar amostras de metformina, um medicamento para diabetes que pode conter o carcinógeno N-Nitrosodimetilamina …

Nobel da Física diz que o ser humano não está concebido para viver fora da Terra

Didier Queloz disse, este sábado, estar convencido de que o ser humano não está concebido para viver fora da Terra, razão pela qual está "zangado" com alguns argumentos do cofundador da Tesla, Elon Musk. Os suíços …