Superliga: protestos, adepto no hospital, mas é uma “grande ideia”

Os arredores do estádio do Arsenal foram palco de novos protestos contra os proprietários de um clube inglês. No entanto, a maioria dos 12 clubes criadores da competição continua a acreditar no projeto.

A “novela” Superliga Europeia continua. Apesar de a competição ter sido suspensa dois dias depois de ter sido anunciada, continuam a surgir reações, quer da parte dos adeptos, quer da parte de responsáveis de clubes. Sobretudo no Reino Unido.

Nesta sexta-feira houve novos protestos em Londres, desta vez à porta do The Emirates Stadium, o estádio do Arsenal. Horas antes do jogo da Premier League com o Everton (0-1), os seguidores da equipa da casa pediram a demissão dos proprietários do Arsenal, a família Kroenke.

O portal The Athletic cita a polícia e os serviços de urgências locais, que informaram que um dos adeptos que estava na manifestação caiu de um telhado e foi transportado para um hospital; não é uma situação de estado grave.

Os adeptos pediram a saída imediata da família Kroenke, exibindo pedidos como “Kroenke, obrigado por nada. É altura de dizer adeus”. Os adeptos do Arsenal juntam-se aos seguidores de Tottenham, Manchester United e Chelsea: todos se mostraram desiludidos quando souberam que os clubes que apoiam estavam integrados na criação da Superliga Europeia.

Quatro dos seis clubes ingleses envolvidos no projeto já pediram desculpa aos adeptos pelo “erro”, mas nem todos seguem esse discurso: o proprietário do Manchester United, Avram Glazer, foi questionado sobre uma eventual venda do clube, enquanto se tentava ouvir uma reação oficial por parte do milionário. “Sem comentários”, respondeu Glazer.

Adeptos do Manchester United bloquearam a entrada do campo de treinos do clube, na quinta-feira. Alguns elementos da equipa, incluindo o treinador Ole Gunnar Solskjaer e o ex-Benfica Nemanja Matić falaram pessoalmente com alguns dos adeptos, que mais tarde dispersaram.

“Pior do que cobras” – mas a ideia permanece

A vice-presidente do West Ham criticou a postura dos responsáveis pelos seis clubes ingleses que alinharam nesta ideia do presidente do Real Madrid. “Não me admira o facto de o presidente da UEFA, Aleksander Čeferin, ter dito que eles são cobras“.

“Na terça-feira passada houve reunião dos outros 14 clubes da Premier League e posso assegurar-vos de que eles mereceram nomes piores“, escreveu Karren Brady, no seu espaço de opinião no jornal The Sun, acrescentando que a presença num torneio deve depender dos resultados em campo “e não de homens de fato”.

Este desagrado é geral, entre os diretores dos clubes da Premier League – excetuando Liverpool, Manchester United, Manchester City, Arsenal, Chelsea e Tottenham, que estavam no grupo que anunciou a criação da Superliga Europeia.

Vários diretores disseram à Sky Sports que já nem conseguem reunir com os responsáveis desses seis clubes: “Disseram-nos várias vezes que não estavam a preparar a Superliga. Depois do que aconteceu nesta semana, não conseguimos voltar a falar com essa gente. Os clubes em causa têm de encontrar novos representantes para as reuniões da Premier League. Estes têm de ser substituídos”, confessou um dos diretores.

O projeto da Superliga Europeia, que demorou três anos a ser criado e demorou 48 horas a ser suspenso, ainda pode avançar. Porque, igualmente segundo a Sky, os proprietários da maioria dos 12 clubes fundadores ainda acreditam no torneio, que acham que é uma “grande ideia”. O que não funcionou foi a comunicação, avançou um diretor da Premier League.

Comparação com Benfica e FC Porto

A Superliga Europeia iria ser jogada todas as épocas com alguns dos maiores clubes europeus, numa prova que contaria com 20 equipas – e a maioria delas estaria sempre qualificada para o torneio, mesmo que ficasse em último lugar no campeonato nacional anterior.

Um torneio com “grandes” da Europa mas, reforça o jornalista Kaveh Solhekol, alguns dos clubes fundadores não são assim tão “grandes”. E o jornalista lembra os dois clubes portugueses que já foram campeões europeus, numa comparação que publicou no Twitter.

As contas são estas, por ordem cronológica: Benfica, Celtic, Feyenoord, Ajax, Notthingham Forest, Aston Villa, Hamburgo, Steaua Bucareste, FC Porto, PSV, Estrela Vermelha e Borussia Dortmund conquistaram, juntos, 19 edições da Liga dos Campeões; enquanto um terço dos clubes fundadores da Superliga Europeia – Arsenal, Atlético de Madrid, Manchester City e Tottenham – ganhou… zero.

E, olhando para outras estatísticas, verifica-se que o Tottenham só ganhou uma Taça da Liga nos últimos 30 anos, o Arsenal não está na Liga dos Campeões há cinco anos, o AC Milan não está na Liga dos Campeões desde 2013 e há 10 anos que o Inter Milão não passa da fase de grupos da mesma prova.

Nuno Teixeira Nuno Teixeira, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Morreu Bo, o cão de água português de Barack Obama

Bo, o cão de água português que o ex-presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, adotou em 2009 morreu este domingo com 13 anos, em consequência de um cancro, anunciou o político nas redes sociais. O cão …

Futuro pós-vacinação entre reforço de dose, controlo de variantes e medicamentos

A incerteza sobre a duração da imunidade das vacinas contra a covid-19 deixa o futuro do combate à doença entre o reforço da vacinação, a monitorização de novas variantes e o desenvolvimento de terapêuticas alternativas, …

Presidente da República promulga Carta de Direitos Humanos na Era Digital

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, promulgou este sábado a Carta de Direitos Humanos na Era Digital, aprovada em abril na Assembleia da República, segundo uma nota divulgada no site da Presidência. A lei, …

Depois de 17 anos no subsolo, biliões de cigarras vão emergir nos Estados Unidos

Biliões de cigarras vão emergir nos Estados Unidos. O aviso é de um grupo de cientistas que alerta que, dentro de alguns dias ou semanas, as cigarras da Ninhada X vão surgir depois de 17 …

Foguetão chinês regressou à Terra (e a maior parte desintegrou-se)

Um importante segmento do foguetão chinês desintegrou-se este domingo ao reentrar na atmosfera terrestre e caiu no oceano Índico, perto das Maldivas, anunciou a agência espacial da China. "De acordo com o percurso e análise, pelas …

"Se eu encaixar, eu sento-me." Os gatos adoram caixas ilusórias

Qualquer amante de gatos sabe que estes animais têm uma predileção inata por se sentarem em espaços fechados, mesmo que o espaço seja apenas um contorno bidimensional de um quadrado no chão.  Os cientistas analisaram esta …

Jet pack da Marinha britânica. Fuzileiros navais testam macacão Gravity em exercício de embarque

Quem melhor do que as organizações militares para testar e usufruir dos jet packs? A Marinha Real Britânica e os Fuzileiros Navais reais testaram um macacão a jato, desenvolvido pela empresa Gravity Industries. Esta semana, a …

Marés de Júpiter podem ajudar a perceber a história do Sistema Solar

Uma equipa de investigadores detetou uma pequena perturbação gravitacional em Júpiter. A descoberta pode ajudar a investigar o interior do planeta e perceber melhor a história do Sistema Solar. "Se você tentasse mergulhar em Júpiter, nunca …

Em 1925, "O Isolador" prometia bloquear qualquer tipo de distração

Procrastinar foi, é e sempre será um passatempo irresistível. Por isso, nos anos 20, houve quem apresentasse uma solução radical para evitar este problema: "O Isolador". De acordo com o site IFLScience, o chamado "Isolador" foi …

Seca no México revela uma igreja submersa há 40 anos

Uma igreja no estado de Guanajuato, no México, sobrevive entre a água e os peixes, como única testemunha de um povoado inundado por uma barragem há mais de 40 anos. Agora, devido à seca que …