/

Super Bock e Sagres aliam-se em campanha contra o racismo

(dr)

As duas marcas de cerveja aliaram-se numa campanha contra o racismo, depois do episódio ocorrido, no passado domingo, com Moussa Marega, no Estádio D. Afonso Henriques.

“Contra o racismo, não há rivais” é o mote da campanha publicitária, lançada esta segunda-feira, que mostra uma garrafa de cerveja Super Bock ao lado de uma garrafa de cerveja de Sagres.

A publicação igual nas redes sociais das duas páginas surge na sequência dos insultos racistas dirigidos ao jogador do FC Porto, Moussa Marega, no passado domingo, na partida frente ao Vitória de Guimarães, no Estádio D. Afonso Henriques.

O Ministério Público já instaurou um inquérito, sob investigação no Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Guimarães, e a PSP está a analisar imagens de videovigilância para identificar os responsáveis.

Esta terça-feira, a TVI avançou que a polícia já identificou vários dos envolvidos nos cânticos e gritos racistas ao futebolista. Estes adeptos podem incorrer num crime previsto e punido no Código Penal, com uma pena de prisão que pode ir de seis meses até cinco anos.

Além disso, os adeptos podem também ter que pagar uma multa que vai de mil e 10 mil euros por atos ou incitamento à violência, ao racismo, à xenofobia e à intolerância nos espetáculos desportivos.

O caso levou a intervenções do Presidente da República e do primeiro-ministro, bem como de figuras conhecidas de vários quadrantes da vida política e social nacional, trazendo para o palco de todas as discussões o tema do racismo em Portugal.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.