/

Suíça 3 – 1 Turquia | Seferovic e Shaqiri “abrem o livro”

Bozoglu Tolga / POOL

Group A: Suíça vs Turquia

A Suíça venceu de forma categórica a Turquia por 3-1, afastou os turcos da prova e terminou o Grupo A no terceiro lugar, com quatro pontos, esperando agora pelo final da fase de grupos para saber se é um dos melhores terceiros posicionados.

Num jogo de golos de grande qualidade e muito disputado, Haris Seferovic, Xherdan Shaqiri (2) e İrfan Kahveci marcaram os golos.

Qualidade individual suíça faz a diferença

As duas equipas precisavam de marcar e ganhar e desde cedo partiram para o ataque, mas apesar de em termos estatísticos as coisas terem estado bem equilibradas na primeira parte, a melhor qualidade individual dos helvéticos veio ao de cima, com dois excelentes golos, o primeiro do benfiquista Seferovic, o segundo por Shaqiri, ambos remates muito colocados e de fora da área.

Com uma “montanha” para escalar, a Turquia partiu para cima dos suíços e marcou por Kahveci, em novo golo estupendo de fora da área, mas embalados no ataque, os turcos deram espaços na retaguarda e a Suíça aproveitou para causar muito perigo no contra-ataque, marcando de novo por Shaqiri e sentenciando a partida.

A Turquia não desistiu, mas a força anímica já não era a melhor. Estava consumado o adeus à prova.

Melhor jogador em campo

O irrequieto suíço nem sempre mostra nos clubes a tremenda qualidade que tem, mas na seleção, nos grandes eventos, é quase sempre figura de proa. Shaqiri foi o melhor em campo na vitória sobre a Turquia, com um extraordinário GoalPoint Rating de 8.9, o mais alto no EURO a par de Gareth Bale ante… a Turquia.

O jogador do Liverpool bisou, foi o mais rematador, com sete remates, quatro enquadrados, fez dois passes para finalização, seis ofensivos valiosos e somou cinco acções com bola na área contrária. Não tivesse desperdiçado uma flagrante e teria, certamente, atingido nota máxima.

Destaques da Suíça

Haris Seferovic 8.4 – O atacante do Benfica abriu o livro, marcando um golo e sendo o melhor da primeira parte. Seferovic rematou cinco vezes, enquadrou três, somou seis ações com bola na área contrária e criou uma ocasião flagrante em três passes para finalização.

Steven Zuber 7.4 – Ainda ninguém tinha feito três assistências neste EURO, mas o lateral-esquerdo suíço fez isso mesmo, em quatro passes para finalização, e ainda assinou quatro remates, dois enquadrados, somou nove ações com bola na área turca e completou quatro de cinco dribles.

Ricardo Rodríguez 6.5 – O central-esquerdo encostou muitas vezes ao flanco, para combinar com o lateral Zuber, e terminou com seis passes ofensivos valiosos, dois para finalização, e ainda registou quatro alívios.

Destaques da Turquia

Uğurcan Çakır 7.9 – O guardião turco teve mais trabalho do que certamente desejava e acabou por realizar sete defesas, seis a remates na sua grande área, dava a produtividade ofensiva contrária.

İrfan Kahveci 7.2 – O autor do único golo da Turquia no certame, e que golo, bola “na gaveta”. Destaque ainda para quatro passes para finalização.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mert Müldür 7.0 – O lateral-esquerdo turco esteve em todas. Quatro remates, todos enquadrados, seis ações com bola na área contrária, quatro dribles completos em cinco, mais cinco ações defensivas no meio-campo contrário, quatro desarmes e três intercetações.

Resumo

  ZAP // GoalPoint

 


CLASSIFICAÇÃO DO GRUPOCalendário de Jogos patrocinado por Solverde

Calendário de jogos no Especial ZAP Euro 2020


Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.