Dezenas de substâncias potencialmente tóxicas identificadas em fraldas em França

Dezenas de substâncias potencialmente tóxicas foram encontradas em fraldas descartáveis na França, segundo um estudo divulgado esta semana pela Agência Francesa para Segurança Alimentar, Ambiental e do Trabalho (Anses).

Segundo a agência, o estudo – descrito como o primeiro do tipo – identificou substâncias como o herbicida glifosato, dois perfumes artificiais, dioxinas potencialmente perigosas e butilfenil metilpropional, composto usado em cosméticos.

O controverso glifosato é amplamente usado na agricultura. Um estudo de 2015 da Organização Mundial da Saúde concluiu que o herbicida “provavelmente causa cancro”.

A Anses sublinhou que não há ainda estudos médicos que comprovem problemas de saúde causados por fraldas descartáveis, mas afirmou que riscos não podem ser descartados, uma vez que foi detetada a presença de substâncias acima dos limites considerados saudáveis.

O governo francês convocou uma reunião com os fabricantes de fraldas descartáveis para quarta-feira, dando-lhes um prazo de 15 dias para remover as substâncias potencialmente tóxicas identificadas pela investigação da Anses.

“Quero reassegurar aos pais que a Anses afirma que não há risco imediato para a saúde das nossas crianças”, afirmou a ministra da Saúde francesa, Agnes Buzyn. “Obviamente devemos continuar a colocar fraldas descartáveis nos nossos bebés.” Buzyn ressaltou, porém, que o estudo não exclui um risco à saúde das crianças a longo prazo. “Por isso, queremos, por precaução, proteger as nossas crianças de possíveis efeitos.”

Para o estudo, cientistas da Anses testaram 23 tipos de fraldas descartáveis depois de serem utilizadas por bebés. “Calculamos a quantidade [de químicos] absorvida de acordo com o tempo que uma fralda é usada e o número de fraldas usadas por bebés até os 36 meses de idade. Por fim, comparamos os resultados com padrões toxicológicos”, explica Gérard Lasfargues, vice-diretor da Anses.

Na França, um bebé usa, em média, 3.800 a 4.800 fraldas descartáveis. Segundo Lafargues, os componentes químicos potencialmente prejudiciais à saúde foram encontrados até em produtos anunciados como ecologicamente corretos.

Em comunicado divulgado nesta quarta-feira, a fabricante Pampers, que pertence ao grupo americano Procter & Gamble, afirmou que as suas fraldas são “seguras e sempre o foram”.

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Será só na França? e o resto?
    por isso existem cada vez mais casos de cancro infantil, será? quer-me parecer que sim
    Mas afinal quanto terá pago a Monsanto aos chulos de Bruxelas da UE para se manter em uso por mais 5 anos na mesma UE o glifosato????
    Os pais das crianças atingidas deviam constituir uma associação e processar a Monsanto e a UE

RESPONDER

Sismo de magnitude de 6,3 abala Porto Rico, que se prepara para uma tempestade tropical

Um sismo de 6,3 de magnitude na escala de Richter foi registado na segunda-feira à noite em Porto Rico, informou o Serviço Meteorológico Nacional de San Juan. Não existem, até ao momento, registo de vítimas …

Há um reservatório submerso de gás desconhecido na costa do Japão

Perto da costa de Okinawa, no sudoeste do Japão, há um grande reservatório e um gás desconhecido numa área onde a crosta terrestre está a ser separada. Uma nova investigação, cujos resultados foram publicados na revista …

Descoberto "portal" através do qual os cometas se aproximam do Sol

Uma equipa de cientistas norte-americanos descobriu uma espécie de portal orbital através do qual os cometas passam antes de se aproximam do Sol, revelou uma nova investigação, que pode alterar fundamentalmente a compreensão científica sobre …

Vénus terá sido habitável durante três mil milhões de anos

Vénus é conhecida hoje como "infernal" com temperaturas de 462ºC. Mas um novo estudo sugere que o clima era bem diferente no passado. Até há 700 milhões de anos, o planeta Vénus terá tido um clima …

Sporting 1-2 Famalicão | Líder “Fama” desespera Alvalade

O Famalicão segurou a liderança da Liga NOS, dando seguimento ao arranque de sonho neste regresso ao principal escalão do futebol português. Os famalicenses foram ao Estádio José Alvalade bater o Sporting pela primeira vez …

Nick Cave lança álbum duplo na próxima semana

O músico australiano anunciou, esta segunda-feira, que vai lançar um novo álbum já na próxima semana. Chama-se "Ghosteen" e é um álbum duplo. Segundo o Observador, a notícia foi avançada pelo próprio Nick Cave no seu …

Revelada fotografia do misterioso material do lado oculto da Lua

A agência espacial chinesa já tinha anunciado a descoberta de uma espécie de gel numa cratera lunar. Não satisfeita com as primeiras imagens, fez regressar o Yutu-2 ao local para recolher mais fotografias. Em julho, imagens …

Na hora da despedida, Draghi defende capacidade orçamental própria da zona euro

O presidente cessante do Banco Central Europeu (BCE) defendeu, em Bruxelas, a existência de um "instrumento orçamental central" na zona euro, ainda que "perfeitamente consciente das dificuldades políticas" para o criar, devido à "falta de …

Narcotraficante português processa Estado por causa de escutas telefónicas

O narcotraficante português Franklim Lobo avançou com uma ação contra o Estado por alegadas escutas telefónicas ilegais, no âmbito da designada Operação Aquiles, pedindo uma indemnização de mil euros a entregar a uma instituição social. Na …

Oficializada recandidatura de Pinto da Costa à presidência do FC Porto

A Comissão de Apoio à Candidatura de Pinto da Costa formalizou, esta segunda-feira, a recandidatura do líder do FC Porto para o seu 15.º mandato na presidência e apontou a construção de Academia para a …