Steven Spielberg quer Netflix fora dos Óscares

Depois da presença de “Roma” nos Óscares, Steven Spielberg veio defender que os filmes da Netflix deveriam concorrer apenas a prémios de televisão.

A luta pela definição da Netflix enquanto cinema ou televisão continua. Dias antes da conquista de três Óscares em 10 nomeações para “Roma”, filme produzido pela plataforma mas estreado nalgumas salas de cinema, Steven Spielberg veio não só defender a experiência de ver filmes em sala de cinema mas também que só os que são feitos de raiz para esse espaço deveriam competir nos prémios da especialidade como os Óscares.

“Não acredito que filmes que tenham apenas exibições específicas em alguns cinemas por menos de uma semana, se possam qualificar para nomeações aos Óscares”, sublinhou o realizador.

“Cada vez menos realizadores vão lutar para angariar dinheiro ou para competir em Sundance ou possivelmente conseguir que uma distribuidora especializada lance os seus filmes em cinema. Cada vez mais irão deixar que os negócios de SVOD [Streaming Video On-Demand] lhes financie os filmes, com a promessa de uma curta janela em cinema para se qualificarem para prémios.

“Mas, na verdade, quando alguém se compromete com um formato de televisão, está a fazer um filme para televisão”. Nesse sentido, o conteúdo do serviço de streaming, defende, de acordo com o El País, “merece um Emmy e não um Óscar”.

Em resposta, a Netflix deixou uma mensagem no Twitter: “Adoramos o cinema. Aqui vão algumas coisas que também adoramos: acesso às pessoas que nem sempre podem custear, ou que vivem em cidades sem cinema; que toda a gente em todo o lado possa usufruir dos lançamentos ao mesmo tempo; dar aos realizadores mais vias para partilhar a arte. Estas coisas não são mutuamente exclusivas”.

O tema deverá ser discutido nas reuniões de abril na Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood, que deverão clarificar tópicos em relação à inclusão de filmes das plataformas, nomeadamente uma maior janela de exibição exclusiva em salas de cinema e a não divulgação dos dados de bilheteira.

Além de Alfonso Cuarón, que conquistou o Óscar de Melhor Realizador por “Roma”, realizadores tão prestigiados como os irmaos Coen, Paul Greengrass ou Ava DuVernay já tiveram projetos financiados pela Netflix, que tem na manga um dos filmes mais promissores de 2019: “The Irishman”, realizado por Martin Scorsese, com nada menos que Al Pacino, Robert De Niro, Joe Pesci e Harvey Keitel.

Ainda assim, Spielberg, que se estreou profissionalmente em televisão, não deixou de defender o pequeno ecrã: “Alguns dos melhores argumentos a serem escritos hoje em dia estão na televisão, alguma da melhor realização está na televisão, algumas das melhores interpretações estão hoje na televisão”.

O cineasta assinalou que “espero que todos continuemos a acreditar que a maior contribuição que podemos fazer enquanto cineastas é dar às audiências a experiência de ver um filme numa sala de cinema”.

Spielberg, de 72 anos, é uma das grandes lendas vivas de Hollywood. Recebeu sete indicações ao Óscar de melhor diretor e ganhou dois. Foi indicado 10 vezes para o prémio de melhor filme. A Academia concedeu-lhe o prémio honorário Irving Thalberg aos 40 anos de idade.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Steven Spielberg tem razão. Os óscares são para o cinema enquanto conceito clássico de cinema para ser experienciado enquanto cinema. O resto… Já há muitos prémios para telefilmes, web filmes, etc… São mercados diferentes, circuitos diferentes e concorrem para prémios diferentes. Daqui a bocado temos telenovelas e reality shows a ganhar óscares, não?

RESPONDER

Greve na limpeza vai parar Hospital de São João no Porto

Os trabalhadores da limpeza do Hospital de São João, no Porto, entraram em greve este sábado. As desinfeções em ambulatório ou a limpeza de consultórios e da urgência não estão a ser feitas. Na …

Há um enorme buraco na atmosfera de Marte (e a água está a escapar)

Uma vez a cada dois anos, um gigantesco buraco abres-e na atmosfera marciana, deixando escapar para o Espaço uma parte das escassas reservas de água do Planeta Vermelho. O estranho mecanismo meteorológico, nunca visto na Terra, …

Musk vai construir um túnel de alta velocidade em Las Vegas

A Boring Company conseguiu um contrato de 48,7 milhões de dólares para construir um sistema subterrâneo, chamado LVCC Loop, em Las Vegas. A empresa Boring Company, de Elon Musk, foi a escolhida para construir um túnel …

Cientistas podem ter descoberto a verdadeira origem da canábis

A origem da canábis é um mistério, mas a análise de pólen antigo sugere que a planta evoluiu cerca de três quilómetros acima do nível do mar no planalto tibetano. Documentos que datam da Idade Média …

Sporting vs FC Porto | Um ano depois, a Taça para os leões

O Sporting venceu o FC Porto, mais uma vez nas grandes penalidades, e arrecadou a 17ª Taça de Portugal. Num jogo muito disputado no Estádio do Jamor, que terminou empatado 1-1 no tempo regulamentar, o Porto …

Marcelo pede aos portugueses para votarem. "Ficar em casa é um erro enorme"

O Presidente da República pediu hoje aos portugueses que façam o "pequeno sacrifício" de votar nas eleições para o Parlamento Europeu e não deixem "nas mãos de 20% ou de 25% a decisão que é …

Uma cidade inteira dos EUA está refém de cibercriminosos

A cidade de Baltimore, nos Estados Unidos, está sob ataque. Mas a ameaça não vem de pessoas armadas com pistolas e bombas. Há duas semanas, cibercriminosos usaram ransomware - um tipo de software nocivo que restringe …

Abandonado em bebé no aeroporto de Gatwick, Steve encontrou a família 33 anos depois

Um bebé foi abandonado no chão de uma casa de banho do aeroporto de Gatwick a 10 de abril de 1986. Foi quando Beryl Wright encontrou o recém-nascido que começou o mistério que só se …

Monges encontram receita perdida e voltam a fabricar cerveja medieval belga após 224 anos

Os monges da abadia de Grimbergen, na província de Brabante Flamengo, na Bélgica, encontraram a receita original de uma cerveja que era produzida artesanalmente no local há 224 anos e voltarão a fabricá-la. Monges da Abadia …

Nova app permite transmitir consentimento ao par num encontro

Vem aí uma nova app para encontros que nos permite sinalizar quando é que o nosso par tem o nosso consentimento para avançar para o próximo passo. A aplicação permite também ganhar pontos conforme se …