Steven Spielberg quer Netflix fora dos Óscares

Depois da presença de “Roma” nos Óscares, Steven Spielberg veio defender que os filmes da Netflix deveriam concorrer apenas a prémios de televisão.

A luta pela definição da Netflix enquanto cinema ou televisão continua. Dias antes da conquista de três Óscares em 10 nomeações para “Roma”, filme produzido pela plataforma mas estreado nalgumas salas de cinema, Steven Spielberg veio não só defender a experiência de ver filmes em sala de cinema mas também que só os que são feitos de raiz para esse espaço deveriam competir nos prémios da especialidade como os Óscares.

“Não acredito que filmes que tenham apenas exibições específicas em alguns cinemas por menos de uma semana, se possam qualificar para nomeações aos Óscares”, sublinhou o realizador.

“Cada vez menos realizadores vão lutar para angariar dinheiro ou para competir em Sundance ou possivelmente conseguir que uma distribuidora especializada lance os seus filmes em cinema. Cada vez mais irão deixar que os negócios de SVOD [Streaming Video On-Demand] lhes financie os filmes, com a promessa de uma curta janela em cinema para se qualificarem para prémios.

“Mas, na verdade, quando alguém se compromete com um formato de televisão, está a fazer um filme para televisão”. Nesse sentido, o conteúdo do serviço de streaming, defende, de acordo com o El País, “merece um Emmy e não um Óscar”.

Em resposta, a Netflix deixou uma mensagem no Twitter: “Adoramos o cinema. Aqui vão algumas coisas que também adoramos: acesso às pessoas que nem sempre podem custear, ou que vivem em cidades sem cinema; que toda a gente em todo o lado possa usufruir dos lançamentos ao mesmo tempo; dar aos realizadores mais vias para partilhar a arte. Estas coisas não são mutuamente exclusivas”.

O tema deverá ser discutido nas reuniões de abril na Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood, que deverão clarificar tópicos em relação à inclusão de filmes das plataformas, nomeadamente uma maior janela de exibição exclusiva em salas de cinema e a não divulgação dos dados de bilheteira.

Além de Alfonso Cuarón, que conquistou o Óscar de Melhor Realizador por “Roma”, realizadores tão prestigiados como os irmaos Coen, Paul Greengrass ou Ava DuVernay já tiveram projetos financiados pela Netflix, que tem na manga um dos filmes mais promissores de 2019: “The Irishman”, realizado por Martin Scorsese, com nada menos que Al Pacino, Robert De Niro, Joe Pesci e Harvey Keitel.

Ainda assim, Spielberg, que se estreou profissionalmente em televisão, não deixou de defender o pequeno ecrã: “Alguns dos melhores argumentos a serem escritos hoje em dia estão na televisão, alguma da melhor realização está na televisão, algumas das melhores interpretações estão hoje na televisão”.

O cineasta assinalou que “espero que todos continuemos a acreditar que a maior contribuição que podemos fazer enquanto cineastas é dar às audiências a experiência de ver um filme numa sala de cinema”.

Spielberg, de 72 anos, é uma das grandes lendas vivas de Hollywood. Recebeu sete indicações ao Óscar de melhor diretor e ganhou dois. Foi indicado 10 vezes para o prémio de melhor filme. A Academia concedeu-lhe o prémio honorário Irving Thalberg aos 40 anos de idade.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Steven Spielberg tem razão. Os óscares são para o cinema enquanto conceito clássico de cinema para ser experienciado enquanto cinema. O resto… Já há muitos prémios para telefilmes, web filmes, etc… São mercados diferentes, circuitos diferentes e concorrem para prémios diferentes. Daqui a bocado temos telenovelas e reality shows a ganhar óscares, não?

RESPONDER

PSD acusa Governo de apresentar redução do preço dos passes mas sem transportes

O PSD acusou hoje o Governo de apresentar a redução dos preços dos passes apenas para Lisboa e Porto e sem aumentar os transportes, com o primeiro-ministro a responder que os sociais-democratas são simplesmente contra …

Venezuela, promessas e (muitos) elogios: Trump e Bolsonaro foram feitos um para o outro

Não faltaram sorrisos, elogios nem promessas de cooperação. Os Presidentes das duas maiores economias da América concentraram as atenções na Venezuela. Enquanto Trump prometeu dar apoio à entrada do Brasil na OCDE e na NATO, …

Proposta do PS sobre propaganda política só tem efeitos em 2020

O PS apresentou esta terça-feira um projeto de lei no Parlamento para "clarificar" qual a propaganda política que se pode fazer no período pré-eleições. No entanto, no que toca a 2019, as novas regras - a …

Abertura de barragens pode agravar tragédia em Moçambique. Búzi a horas de ser engolida

Depois do ciclone Idai, há duas novas ameaças na zona da Beira: a abertura das comportas de barragens no Zimbabué e as fortes chuvas que se aproximam. O Zimbabué admite vir a abrir as comportas das …

Ordem dos Médicos contra consultas por telemóvel

O bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães, afirma ter reservas em relação a consultas por telemóvel, a começar pelo facto de lhe chamarem consultas. Esta terça-feira, arrancou em Lisboa a maior cimeira nacional de tecnologia …

Vítimas de esterilização forçada no Japão vão ser indemnizadas

Estima-se que mais de 16 mil pessoas foram vítimas de esterilização forçada no Japão, devido a uma lei que esteve em vigor entre 1948 e 1996. Só agora haverá direito a indemnizações e a um …

Brexit. Theresa May enviou uma carta ao Presidente do Conselho Europeu a pedir mais tempo

Theresa May terá pedido à União Europeia apenas um pequeno adiamento, de cerca de três meses, para fechar o acordo do Brexit. Segundo a Sky News, a primeira-ministra britânica terá enviado uma carta a Donald …

Detido quarto suspeito do tiroteio na Holanda. Outros dois já foram libertados

Um homem de 40 anos foi detido na tarde desta terça-feira por suspeitas de estar envolvido no tiroteio em Utrecht, na Holanda, na passada segunda-feira. O ataque provocou a morte três pessoas e deixou cinco feridas, …

Divulgar notícias que "desrespeitem" o Governo russo vai dar cadeia

A nova lei de Moscovo criminaliza a divulgação das chamadas "fake news" e de notícias que "desrespeitem" o Governo russo. Muitos críticos olham para esta medida de Putin como uma forma de censura disfarçada. O presidente …

Joana Marques Vidal acusa PJ Militar de agir ilegalmente no caso de Tancos (e questiona a sua existência)

A antiga procuradora-geral da República, Joana Marques Vidal, revelou esta terça-feira que a Polícia Judiciária Militar (PJM) atuou de forma ilegal no processo que levou ao “achamento” do material militar furtado dos paióis de Tancos, …