/

Steve Jobs acreditava na eficiência do teletrabalho já em 1990

1

Matthew Yohe / Wiklmedia

O fundador da Apple, Steve Jobs, que faleceu em outubro de 2011, dizia acreditar na eficiência do trabalho remoto já em 1990.

A pandemia de covid-19, que já matou mais de 500 mil pessoas me todo o mundo, obrigou as pessoas a adaptar as suas vidas, incluindo a forma como trabalham – exercer a funções à distância passou, para muitos, de ser a exceção para ser a regra.

O norte-americano Steve Jobs dizia, já há 30 anos, acreditar neste modelo de trabalho que, na sua opinião, garante igualmente a eficiência dos trabalhadores.

“Estamos a descobrir que podemos reorganizar as nossas empresas de forma eletrónica e rapidamente e este é o único tipo de organização que pode começar a acompanhar as mudanças nas condições de trabalho”, disse o fundador da gigante eletrónica Apple em meados de 1990, numa entrevista com o jornalista Jon Erlichman.

Na época, contou Jobs, observava-se já que algumas empresas estavam a crescer de forma muito rápida todos os anos, sendo notório que muitos fatores inerentes às empresas não eram capazes de acompanhar tudo o que estava a acontecer.

“Não podemos ter uma pessoa a trabalhar para um novo chefe todas as semanas. Também não podemos mudar a nossa organização geográfica rapidamente (…) Não podemos deslocar pessoas pelo país todas as semanas. Mas podemos mudar uma organização eletrónica neste sentido”, disse, citado pelo portal de tecnologia CanalTech, referindo-se às mudanças em curso no seio de algumas empresas.

Na mesma entrevista, Jobs contou ao jornalista que uma mudança estava já a ocorrer nos computadores, que podiam conectar-se a outros atarvés de redes sofisticadas e boas interfaces de utilizadores, o que tornaria possível criar grupos de pessoas que executam um trabalho comum mesmo que à distância.

“Estas pessoas poderiam trabalhar articuladamente e forma eficiente independemente do lugar geográifco onde se encontram”, considerou.

Em 1990, apenas 0,5% dos computadores do mundo estavam ligados à Internet.

  ZAP // CanalTech

1 Comment

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.