Sporting pagou 1,7 milhões a empresa do sogro de Bruno de Carvalho (e 60 mil em brindes)

Mario Cruz / Lusa

O presidente do Sporting revelou esta sexta-feira que o clube leonino gastou, em três anos, 1,7 milhões de euros em assuntos de advocacia, valor pago a uma empresa que tem ligações a um ex-sogro de Bruno de Carvalho, então presidente do clube. Segundo Frederico Varandas, este valor é superior ao que o clube gastou com os mesmos encargos em 16 anos.   

Em conferência de imprensa, Frederico Varandas falou a partir do Estádio de Alvalade sobre o estado da nação leonina, a sua presidência, a questão das claques e teve ainda oportunidade para deixar fortes críticas à gestão levada a cabo por Bruno de Carvalho.

Baseado na auditoria que está a ser feita à gestão de BdC, Frederico Varandas começou por referir que Sporting gastou “1,7 milhões de euros em três anos” com assuntos de advocacia, mais do que o clube gastou com empresas de advocacia em 16 anos.

“Sociedade de advogados MGRA, empresa que em 2018 contratou o sogro de Bruno de Carvalho para associado. 1,7 milhões de euros em três anos. O Sporting gastou, com uma só empresa, mais de 50% do que gastou com todas as outras de advocacia em 16 anos. O nosso departamento jurídico não tem visibilidade sobre o trabalho que foi feito por eles”, revelou o presidente do Sporting.

“Segundo a descrição das faturas, o Sporting pagou 1,7 milhões por trabalhos como: assuntos da presidência, agenda reunião Sporting, preparação de reunião, vários contactos com Bruno de Carvalho, ponto de situação, correspondência com o presidente, contactos com o presidente, aconselhamento ao presidente”, cita a RR.

Também o Correio da Manhã nota que este valor foi pago à sociedade de advogados MGRA do sogro de BdC, Rui Ornelas, e do vice-presidente do clube, Alexandre Godinho.

De seguida, e notando que a auditoria não está ainda concluída, o líder mencionou que Sporting também pagou 60 mil euros por “brindes e ofertas promocionais” e outros 20 mil euros “por serviços de divulgação da marca Sporting na comunidade chinesa” a uma empresa chamada Xao Limitada. “O departamento de merchandising não conhece a empresa, que fechou atividade após o pagamento”, revelou Frederico Varandas.

O dirigente do Sporting continuou com o rol de revelações, mencionado ainda um contrato que conferia ao Sporting direito sobre sete jogadores pré-identificados do Batuque FC, de Cabo Verde, sobre os quais “não existe qualquer relatório”.

“Em janeiro de 2018, foi solicitado pela administração da SAD ao departamento jurídico uma minuta de acordo de resolução daquele contrato. Não obstante esse pedido, o valor de 330 mil euros foi liquidado em maio de 2018 e nunca foi restituído”, assinalou Varandas.

Bruno de Carvalho rejeitou as críticas feitas pelo atual líder, garantindo que deixou o clube “numa situação financeira privilegiada“. “Só não conseguimos continuar o trabalho porque um conjunto de pessoas, cuja cara foi a do Frederico Varandas, ao rirem-se do sucedido em maio, foram capazes de derrubar uma direção que estava a seguir o seu projeto, o projeto dos sportinguistas e a provocar mais euforia e alegria nos sportinguistas”, disse Bruno de Carvalho.

“Deixei o Sporting numa situação financeira privilegiada”, disse, reconhecendo, no entanto, problemas de tesouraria que frisou existirem em Alvalade “como em qualquer outro clube”, os quais contava “resolver com um empréstimo obrigacionista que ia ser feito no imediato”.

BdC falou ainda da empresa MGRA: “Garantiram que não iam mentir mais aos sportinguistas mas isto é tudo uma mentira pegada”, afirmou. “Alexandre Godinho saiu da empresa, portanto ‘a empresa de Alexandre Godinho, não’. E depois num processo de seleção, entrou uma pessoa que já não diz nada, que é o meu antigo sogro. Tenho exatamente o mesmo sentimento pelo meu sogro do que por Frederico Varandas”.

“Também é legítimo criticar a exibição das claques”

Quanto às claques Varandas foi claro: “É legítimo as claques criticarem a exibição da equipa, claro que é. Mas também é legítimo eu criticar a exibição das claques. E eu não gostei da atitude das claques nos últimos dois jogos em casa”, vincou.

O presidente do Sporting referiu que “a claque tem direito a mais de 800 bilhetes e podia comprar mais mil”, acrescentando que a dívida passou de 115 mil euros para mais de 700 mil euros, e que “a quase totalidade é referente à Juventude Leonina”.

“Querem um grupo com mais internacionais portugueses? Com mais formação? Trabalhamos todos os dias para isso”, garantiu, frisando que o ataque à Academia de Alcochete como “o dia do maior rombo financeiro e desportivo da história do Sporting”.

“E agora, antes de um jogo importantíssimo em casa, voltamos a receber ameaças intimidatórias. Nos anos 90 fiz parte da Juventude Leonina. Havia excessos? Havia, mas era sobretudo um amor pelo clube, dar sem receber. Hoje não reconheço isso, vejo um negócio. Enquanto aqui estiver, o Sporting nunca mais será refém, nem de claques, nem de ninguém”, afirmou ainda sobre o mesmo tema.

Massa salarial pesada

No futebol, Varandas disse que a nova direção herdou “um plantel desequilibrado e com uma massa salarial muito pesada”, sendo que, em janeiro, foi feita uma “redução de 10 milhões de euros na massa salarial anual”. Além da aposta na formação, que deve ser “a base da equipa principal”, o líder do emblema ‘verde e branco’ deu a conhecer o estado em que encontrou a Academia de Alcochete.

“Os juniores e o futebol feminino profissional treinavam num campo sintético com buracos. A Academia tem os mesmo relvados de há 16 anos. A mobília, os colchões são os mesmos de há 16 anos. É tudo igual desde a inauguração da Academia, em 2002”, disse.

Apesar dos resultados da equipa de futebol, eliminada na quinta-feira da Liga Europa e em quarto lugar no campeonato, Varandas reforçou a confiança no treinador Marcel Keizer: “Não vivo de ‘ses’, vivo de realidade, e acreditamos no trabalho que está a ser feito”.

Varandas disse ainda ter definido o rumo para tornar os ‘leões’ crónicos candidatos aos títulos desportivos e disse não estar a gostar do ambiente que se tem criado à volta da equipa de futebol.

“Não se vence à custa do grito, da ameaça, com populismo. Sem estabilidade ninguém vence. Vejam os anos de estabilidade dos nossos rivais e os anos que demoraram a vencer. O rumo está definido e estamos seguros desse rumo, para tornar o Sporting num crónico candidato a ser campeão”, afirmou Frederico Varandas.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

    • O Bruno de Carvalho é um mentiroso compulsivo que não tem noção de que (quase) toda a gente já lhe viu a careca. Por exemplo, “respondeu a isto” dizendo que o protocolo com o tal Batuque FC de Cabo Verde, a quem o Sporting pagou 350 mil por 7 jogadores, era para assegurar o Jovane. “Só” o Jovene, não é? (diz o mentiroso).
      O protocolo é de 2017 e o Jovane está no Sporting desde 2015 … ninguém conhece os 7 jogadores… o protocolo é rescindido e depois disso paga-se os 350 mil… enfim.
      Foi isto que o BdC respondeu?
      Um mentiroso compulsivo é um doente. Quem nele acredita, é apenas um triste burrinho.

RESPONDER

Prada deixa de usar peles a partir de fevereiro de 2020

A marca italiana dirigida por Miuccia Prada anunciou o fim da utilização de peles de animais a partir do próximo ano. A coleção apresentada em fevereiro de 2020, correspondente ao outono-inverno 2020/21, será a primeira …

Líderes falam em abstenção e apelam ao voto. Está "um dia maravilhoso para votar"

Cerca de 10,7 milhões de eleitores vão eleger os 21 deputados ao Parlamento Europeu. À boca das urnas, foram vários os líderes políticos que exerceram o seu direito de voto apelando à participação dos portugueses. A …

Se o mundo vivesse como os portugueses os recursos naturais acabavam hoje

Os recursos naturais da Terra chegavam este domingo ao fim se todas as pessoas do planeta consumissem como os portugueses. Na União Europeia, a Estónia e a Dinamarca já esgotaram os recursos em março passado.  Os …

Até às 16 horas, só votaram 23,37% dos eleitores

As eleições para o Parlamento Europeu, que decorrem desde as 08h00 deste domingo em Portugal, registaram uma afluência às urnas de 23,37% até às 16:00, segundo dados da Secretaria-Geral do Ministério da Administração Interna. A percentagem …

Cientistas analisaram vómito de tubarão e descobriram algo inesperado

Um estudo divulgado na terça-feira revelou que o tubarão-tigre também se alimenta de pássaros terrestres, para surpresa dos cientistas. Os tubarões são bastante ecléticos no que toca a comia. As presas vão desde peixes a invertebrados, …

ADN reúne irmãos de países diferentes fruto de uma história de amor da 2ª Guerra Mundial

André Gantois, um francês de 73 anos que passou décadas a tentar descobrir quem era o seu pai, nunca imaginou que a busca chegaria ao fim graças a uma feliz e inesperada coincidência e que …

Foram encontrados ossos de crocodilo no deserto de Israel (mas ninguém sabe como foram lá parar)

Uma equipa de arqueólogos ficou perplexa ao encontrar ossos de crocodilo no deserto de Israel. A incrível descoberta foi feita por cientistas da Universidade de Haifa, na região de Neguev – uma área desértica no …

Empréstimo da CGD a Isabel dos Santos passou por Malta, um dos paraísos fiscais europeus

Uma investigação jornalística descobriu que Isabel dos Santos controlava 13 sociedades em Malta. Uma dessas sociedades serviu para fazer o negócio com a Caixa Geral de Depósitos para a entrada na ZON. Segundo o Expresso, a …

Sérgio Conceição recusou cumprimentar Frederico Varandas. "São formas de estar diferentes"

Sérgio Conceição recusou cumprimentar Frederico Varandas quando este lhe estendeu a mão na tribuna presidencial do Estádio do Jamor. O presidente do Sporting fala em "formas de estar diferentes". Depois de ter perdido a Taça de …

Mesa de voto encerrada com portões fechados a cadeado em Montalegre

Na Junta de Freguesia de Morgade, em Montalegre, a mesa de voto estava fechada esta manhã, com os portões encerrados a cadeado. José Nogueira, presidente da Junta local, disse ao Jornal de Notícias que "tudo indica" …