Estudo mostra que sondagens tendenciosas enviesam eleições políticas

Através de experiências práticas, uma investigação recente sugere que as sondagens tendenciosas podem influenciar e enviesar as eleições políticas, até mesmo nas grandes democracias.

Enquanto uma eleição se aproxima no Reino Unido e uma votação presidencial se aproxima nos EUA no próximo ano, as sondagens estão por toda parte. Os cidadãos terão que navegar entre muito barulho enquanto decidem qual partido ou candidato escolher.

Como uma recente investigação descobriu, a maneira como os cidadãos recebem informações sobre sondagens pode afetar o resultado das eleições.

Os investigadores realizaram várias experiências de laboratório para testar se o comportamento da votação é afetado por uma divulgação tendenciosa dos números da sondagem. Os resultados sugerem que sim.

Na sua experiência, os investigadores pediram a 375 estudantes voluntários que votassem numa série de eleições, escolhendo entre dois partidos — partido K e partido J. Eles fizeram-no sob duas condições: uma condição de tratamento imparcial, onde viram todas as sondagens, e uma de tratamento tendencioso, onde viram apenas as sondagens em que a popularidade do partido K foi a mais alta.

O cenário tendencioso conferiu um benefício considerável ao partido K. Nele, o partido K ganhou 80% das vezes. No cenário imparcial, o partido ganhava apenas 60% das vezes (essa proporção relativamente alta foi devida ao puro acaso).

Numa outra experiência, os participantes foram explicitamente informados de antemão que receberiam informações tendenciosas sobre as sondagens. Notavelmente, o partido K ainda ganhou consideravelmente apesar do viés, vencendo 64% das vezes — em comparação com 57% num ambiente imparcial. Mesmo quando os eleitores sabiam que estavam a receber informações tendenciosas, não pareciam descontá-las o suficiente ao votar.

Influência dos media

Tudo isto sugere que os resultados das eleições em países democráticos podem ser sensíveis a parcialidades, de acordo com a maneira como os media tradicionais divulgam os resultados das sondagens.

Os media tradicionais selecionam quais sondagens devem ser enfatizadas a partir de um grande conjunto de resultados. Às vezes, fazem isso com o objetivo de gerar notícias interessantes ou satisfazer as expectativas do público.

Este último significa que os jornalistas podem decidir não publicar uma sondagem que mostre um resultado inesperado, por exemplo, mesmo que acreditem que seja verdade, por preocupação de que os leitores possam vê-los como menos credíveis.

Os investigadores também descobriram que as redes sociais propagam os resultados das sondagens de maneira tendenciosa. No Twitter, em particular, “boas notícias” para partidos e políticos de esquerda espalham-se mais amplamente do que boas notícias para os conservadores.

E, como mostram os resultados experimentais, mesmo quando sabemos que isso está a acontecer, os cidadãos têm dificuldades em ter isso em consideração na cabine de voto. A investigação mostra isso, porque foi perguntado aos participantes quais é que eles achavam que iam ser os resultados para os partidos K e J. As intenções de voto foram muito semelhantes aos resultados médios das sondagens, mesmo quando os eleitores sabiam que os resultados eram tendenciosos.

Existe uma preocupação com o papel das sondagens de intenções de voto nas democracias modernas. Os resultados da investigação indicam que essa preocupação pode ser justificada.

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Nicolas Bourbaki foi o maior matemático de sempre (mas nunca existiu)

Considerado como um dos maiores matemáticos de sempre, Nicolas Bourbaki não passava de um pseudónimo adotado por um grupo de grandes matemáticos, que revolucionou a matemática como a conhecemos. Nicolas Bourbaki está entre os maiores matemáticos …

No aquário do Tennessee, é uma enguia que acende as luzes da árvore de Natal

A enguia Miguel Wattson é a responsável pelo espírito natalício que se vive no Aquário do Tennessee, nos Estados Unidos. O Aquário do Tennessee, nos Estados Unidos, encontrou uma forma inusitada de celebrar esta época festiva: …

Há 34 anos, Diana dançou com Travolta. Agora, o seu vestido foi vendido por 261 mil euros

O vestido que a Princesa Diana usou para jantar na Casa Branca, em 1985, foi vendido por mais de 261 mil euros. O vestido azul que a Princesa Diana usou num jantar na Casa Branca, em …

Doentes crónicos com baixo nível de literacia em saúde recorrem mais às urgências

Os doentes crónicos e com um nível de literacia em saúde mais baixo utilizam mais vezes os serviços de urgência hospitalares e dos centros de saúde, bem como as consultas de medicina geral e familiar, …

Ártico viveu em 2019 o segundo ano mais quente em 119 anos

O Ártico viveu em 2019 o seu segundo ano mais quente desde 1900, de acordo com um relatório publicado na terça-feira, aumentando receios de degelo e aumento do nível da água. O Polo Norte está a …

Jardineiro encontra por acaso a obra mais procurada de Gustav Klimt. Estava no galeria onde foi roubada

Um funcionário da galeria de arte Ricci Oddi, na cidade italiana de Piacenza, encontrou por acaso a obra mais procurado do pintor austríaco Gustav Klimt. Estava na própria galeria, onde a obra terá sido roubada …

YouTube reforça políticas contra assédio online

O YouTube anunciou, esta quarta-feira, um conjunto de alterações às políticas que visam combater o assédio que existe na plataforma. O YouTube anunciou esta quarta-feira o reforço das suas políticas contra o assédio online, que preveem …

Deus bebé indiano vence caso em tribunal e reinvindica território sagrado

O Supremo Tribunal Indiano declarou Ram Lalla Virajman, um deus bebé, como o legítimo proprietário de Ayodhya, uma terra no norte da Índia considerada sagrada por muçulmanos e hindus. O tribunal decidiu que o Governo …

China usa comités partidários para manipular empresas estrangeiras

Em outubro, quando a Liga Norte-Americana de Basquetebol (NBA) tentou voltar atrás no apoio aos protestos em Hong Kong, foi criticada por se submeter ao regime autoritário da China. Mas são cada vez mais as …

Ângelo Rodrigues, Flamengo e Tinder. Os temas mais procurados pelos portugueses no Google

Ângelo Rodrigues, Flamengo, como saber onde votar, como funciona o Tinder e "Game of Thrones" estão entre os tópicos que os utilizadores portugueses do Google mais pesquisaram ao longo de 2019. Os dados são divulgados …