Soldado norte-coreano baleado quando desertava para a Coreia do Sul

Edward N. Johnson / USGov

Soldados da Coreia do Norte em vigilância na zona desmilitarizada entre as duas Coreias

Um soldado da Coreia do Norte conseguiu esta segunda-feira desertar para a Coreia do Sul, após ser ferido por disparos do exército norte-coreano enquanto cruzava a zona desmilitarizada entre as duas Coreias, DMZ.

Segundo informou o Estado-Maior Conjunto (JCS) sul-coreano, o militar foi levado para uma unidade hospitalar sul-coreana para receber tratamento por um ferimento no ombro,

O incidente ocorreu às 16h horas locais e aconteceu na Área de Segurança Conjunta (JSA) de Panmunjom, o único local da DMZ no qual teoricamente os soldados das duas Coreias podem ver-se frente a frente, segundo detalhou à Agência EFE um porta-voz do Ministério de Defesa da Coreia do Sul.

O exército sul-coreano aumentou o seu nível de alerta perante eventuais provocações do exército norte-coreano”, explicou o JCS num breve comunicado.

O episódio mais sangrento na história da JSA, área criada no fim da Guerra da Coreia, em 1953, aconteceu em 1984, quando o estudante soviético Vasily Matuzok desertou para a Coreia do Sul aproveitando uma visita turística a Panmunjom durante uma estadia na Coreia do Norte.

Vasily Matuzok começou a correr até atravessar para o outro lado da linha de demarcação militar que divide a JSA, o que ocasionou uma prolongada troca de tiros entre os dois lados. O confronto causou a morte de três soldados norte-coreanos e um sul-coreano, além de seis feridos – um deles, um militar americano.

A Coreia do Norte e a Coreia do Sul permanecem tecnicamente em estado de guerra, desde o conflito de 1950-53, que terminou apenas com um armistício que nunca foi substituído por um tratado de paz definitivo.

// EFE

RESPONDER

NASA mostra como o furacão Ofélia influenciou os incêndios em Portugal

A estação espacial norte-americana NASA divulgou um vídeo que ilustra o impacto dos furacões que atingiram o Oceano Atlântico, nos últimos meses, mostrando em particular como o Ofélia teve influência nos grandes incêndios que abalaram …

Cesarianas e tempos de espera nas urgências vão condicionar financiamento

Os hospitais com taxas de cesariana superiores a 29,5% ou 31,5%, consoante o grau de diferenciação, não vão receber do Estado o pagamento pelos respetivos episódios de internamento, no âmbito do programa para a redução …

Empresas públicas escondem das Finanças os salários dos gestores

Cerca de metade das empresas públicas não comunicaram dados sobre os salários dos membros do conselho de Administração ao Ministério das Finanças, como está estipulado na Lei. O Correio da Manhã apurou que, em 2016, 118 …

"0 tiros disparados". PSP publica (e depois retira) post polémico sobre tiroteio

O post partilhado no Facebook da PSP, que parecia fazer alusão ao tiroteio que, na semana passada, provocou a morte de uma mulher, já foi retirado desta rede social. "0 tiros disparados", podia ler-se. A PSP …

PJ descarta abuso sexual na Queima das Fitas de Porto e Braga. Autores dos vídeos ainda por apurar

A Polícia Judiciária descartou o crime de abuso sexual nos dois casos, mas mantém a investigação aos crimes de de gravação ilícita e devassa da vida privadas. Dois jovens envolvidos numa cena de sexo num autocarro …

Negociações para formar Governo fracassam na Alemanha

A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, lamentou no domingo em Berlim o fracasso das negociações da CDU com os liberais do FDP e com Os Verdes para a formação de um novo governo. Desde as eleições …

Armada argentina duvida que chamadas de satélite sejam do submarino desaparecido

No sábado, bases navais da Argentina anunciaram ter recebido contactos por telefone-satélite que poderiam ter sido feitos a partir do submarino militar argentino Ara San Juan. De acordo com o Diário de Notícias, sete chamadas de …

Morreu o infame Charles Manson

Na sequência dos assassínios brutais que levou a cabo com a sua seita, Charles Manson tinha sido condenado à morte em 1971. Um dos criminosos mais famosos dos Estados Unidos, Charles Manson, líder de uma seita …

Portugal prepara-se para o regresso dos seus jihadistas

As autoridades portuguesas estão a preparar-se para o regresso dos jihadistas que partiram de Portugal para combater nas fileiras do Estado Islâmico. Polícia e entidades de apoio social estão a receber formação para prevenir a …

Criminologista espanhol encontrou a "mulher de roxo" do caso Maddie

A polícia inglesa procurava a "mulher de roxo", que tinha saído da Praia da Luz com o marido - um pedófilo condenado que entretanto morreu -  na mesma altura do desaparecimento de Madeleine McCann, em …