Cientistas juntam luz do sol, dióxido de carbono e água e fazem combustível

University of Cambridge

Uma equipa de investigadores da Universidade de Cambridge, Reino Unido, desenvolveu um dispositivo autónomo que produz um combustível neutro em carbono a partir de luz solar, dióxido de carbono e água.

Os resultados da investigação foram publicados na revista “Nature Energy” e indicam que o dispositivo não precisa de outros componentes nem de estar ligado à eletricidade, sendo “um passo significativo” para chegar à fotossíntese artificial, um processo que imita a capacidade das plantas de converter a luz do sol em energia.

O dispositivo converte luz solar, dióxido de carbono e água em ácido fórmico, um produto armazenável que pode ser usado diretamente ou convertido em hidrogénio. Os investigadores dizem que o dispositivo poderia ser usado em centrais de energia, como as centrais solares, para produzir um combustível limpo, utilizando luz solar e água.

Converter o dióxido de carbono em combustível poderia ser uma forma de reduzir as emissões de gases com efeito de estufa e ao mesmo tempo ser uma alternativa aos combustíveis fósseis.

Qian Wang, do departamento de Química da Universidade de Cambridge, salienta que o processo permite converter luz solar num combustível sem ficar com muito desperdício, além de que, acrescentou Erwin Reisner, outro dos autores do artigo, pode chegar-se a uma produção limpa de um combustível que pode ser armazenado e transportado.

O dispositivo tem por base uma ‘película fotocatalisadora’ produzida a partir de partículas semicondutoras transformadas em pó e que podem ser produzidas em grande quantidade e sem custos avultados.

Os investigadores argumentam que a nova tecnologia será fácil de alargar para uma escala industrial.

Em 2019 o grupo de investigadores já tinha desenvolvido um reator solar do mesmo género, mas que produzia um combustível conhecido como “syngas”. O equipamento agora divulgado produz um produto mais limpo e com mais potencialidades.

“Ficámos surpreendidos em como isto funcionou bem em termos da sua seletividade, não produziu quase nenhum subproduto”, disse Qian Wang, acrescentando: “Por vezes as coisas não funcionam tão bem como esperávamos, mas este foi um caso raro em que funcionaram até melhor”.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Certamente que haverá muito mais a descobrir para bem da humanidade e do planeta, no entanto, os países investem muito mais em armas do que no bem-estar geral, quando se chegar ao ponto que a única solução será apenas remediar, aí já a humanidade e planeta terão a sentença lida.

  2. Em breve vai desaparecer esta invenção, tal como as muitas invenções de motores a água que misteriosamente foram apagadas. Este tipo de invenção não convém a certas interesses

RESPONDER

"Nomadland" é aposta na reabertura das salas de cinema

As salas de cinema reabrem já na segunda-feira e a grande aposta é Nomadland – Sobreviver na América, da realizadora Chloé Zhao. O premiado filme Nomadland – Sobreviver na América, da realizadora Chloé Zhao, é a …

Invasão ao Capitólio recriada através de vídeos divulgados nas redes sociais

A VICE recriou a invasão ao capitólio, no dia 6 de janeiro de 2021, através de vídeos divulgados pelos manifestantes nas redes sociais. Os resultados das eleições presidenciais norte-americanas não convenceram toda a gente. Uma parcela …

França cria delito de "ecocídio" para punir poluição ambiental

A lei resulta de uma recomendação da Convenção de Cidadãos pelo Clima e visa penalizar casos de poluição ambiental com crime específico. A câmara baixa francesa aprovou, este sábado, a criação do delito de “ecocídio” para …

Estação de metro abandonada em NY é o set de filmagens secreto mais bem guardado de Hollywood

A Bowery Station, uma estação de metro em Nova Iorque, permaneceu abandonada durante cerca de 20 anos, mas desfruta agora de uma nova vida. Tudo começou em 2016, quando Sam Hutchins, um veterano da indústria cinematográfica, procurava …

Nacional 0-1 FC Porto | Dragão cansado não facilita

O FC Porto foi à Madeira vencer o Nacional por 1-0. Quem pensou que seria jogo de goleada para os “azuis-e-brancos” enganou-se por completo. Os insulares deram luta, só permitiram um golo, por parte de Mehdi …

João Leão aposta num OE de "expansão" (e mantém a fé num acordo à esquerda)

O ministro das Finanças, João Leão, acredita que o sétimo Orçamento do Estado será aprovado com os partidos à sua esquerda. Ao semanário Expresso, João leão explicou que os próximos Orçamentos do Estado não serão de …

Português investigou histórias por detrás das dedicatórias de Beethoven

A dedicatória do compositor Beethoven da famosa "Sonata ao Luar" a uma alegada musa foi, afinal, uma forma sarcástica de se vingar pela forma como se sentiu desrespeitado, descobriu o musicólogo e pianista português Artur …

Nos canais de Utrecht, os peixes têm uma "campainha" para passar pela barreira

Quando os peixes desovam pelos canais de Utrecht, nos Países Baixos, costumam ser bloqueados pela eclusa Weerdsluis. Agora, a cidade lançou a primeira campainha para peixes do mundo. De acordo com o Dutch Review, o sistema …

Jorge Jesus acusa Gil Vicente de antijogo: "Fez o que o árbitro permitiu"

Este sábado, o Gil Vicente visitou o Benfica e saiu com os três pontos na bagagem ao vencer por 2-1, num duelo relativo à 27ª jornada da Liga NOS. O Benfica perdeu no Estádio da Luz …

Site chinês "apaga" mulheres que não querem casar ou ter relações com homens

Vários grupos de feministas com ideias mais radicais começaram a ser bloqueados de um dos sites mais influentes na China. Num país conhecido pelo seu regime ditatorial e conservador, um grupo de mulheres uniu-se para lutar …