Para Sócrates, o TGV “é um problema de preconceito político”

José Coelho / Lusa

José Sócrates voltou a falar numa das grandes bandeiras do seu Governo, depois de Rui Rio ter descartado a hipótese do TGV, garantindo que só apoia o projeto de um comboio de alta velocidade.

No debate televisivo eleitoral, Rui Rio descartou a hipótese do TGV e defendeu recentemente um “comboio com uma velocidade elevada, que seja um investimento muito mais reduzido”. José Sócrates não gostou da sugestão do social-democrata e escreveu um artigo de opinião, publicado no Diário de Notícias, no qual ataca o líder do PSD.

Segundo o antigo primeiro-ministro, Rio falou com “aquele ar de domínio técnico do assunto que torna tudo evidente e simples” e afirmou que “o TGV só se justifica para cidades com distâncias entre si de mais de seiscentos quilómetros”, dando como exemplo a ligação entre Paris e Bruxelas.

Sócrates acabou por corrigir: “a distância entre estas duas cidades é de trezentos quilómetros e a distinção entre alta velocidade e TGV não existe“.

Além disso, melhorar o traçado da linha de modo a que o percurso entre Lisboa e Porto possa ser feito em menos de duas horas é uma ideia “errada” e também “impossível“. Para tal, justificou, seria necessário renovar a linha do norte para permitir “uma velocidade máxima de 210 km por hora (de modo a obter uma velocidade média de 163 km por hora)” e o que significaria “refazer 77% da linha”.

“O custo estimado seria de 3.000 milhões de euros para ganhar cinquenta minutos”, sublinhou, acrescentando que a velocidade “dificilmente seria atingida em razão dos tráfegos heterogéneos – comboios rápidos, comboios urbanos e comboios de mercadorias, todos convivem na mesma infraestrutura”.

Sócrates referiu ainda que todas estas razões explicam o “fracasso continuado do projeto da chamada modernização da linha do Norte”, que levou a “investimentos elevados e a melhorias pouco significativas”.

“Todavia, como julgo que está cada dia mais claro, o problema do TGV em Portugal não é um problema técnico mas político ou, melhor dito, um problema de preconceito político“, escreveu, comparando o comboio de alta velocidade ao Alqueva e ao novo aeroporto e referindo que há uma ideia de se ser “contra tudo o que seja projeto público, modernizador e ambicioso”.

Para Sócrates, o problema reside ainda no facto de o TGV ter sido uma das principais bandeiras do seu Governo. “A extraordinária história política do projeto vem do tempo em que a direita política começou por o defender, ainda no Governo Durão Barroso. Depois, na oposição, resolveu criticá-lo e, mais tarde, já de novo no Governo, decidiu suspendê-lo, apresentando-o como símbolo de despesismo.”

O resto do trabalho sujo foi feito pelo Ministério Público que, conscientemente, criminalizou o projeto, incluindo-o na acusação do Processo Marquês.”

No artigo, Sócrates explica que “a acusação, na verdade, é a de que eu como Primeiro-Ministro terei manipulado os Ministros de modo a que fosse introduzida no contrato de concessão do TGV uma cláusula que daria ao vencedor do concurso um direito a ser indemnizado de forma desproporcional no caso de o contrato não obter o visto do Tribunal de Contas. Confuso? Repito – cláusula, manipulação de ministros, indemnização.”

“Eis uma acusação que parece saída de um romance policial que tem a vantagem de ser escrito do fim para o princípio – há certamente um crime, resta agora descobrir qual. E quanto mais surpreendente melhor”, afirmou.

Em relação à cláusula, Sócrates deixou claro que “não resultou de nenhum impulso político, não é ilegal, não é prejudicial ao interesse público e resultou de uma negociação informada, diligente, racional e vantajosa para ambas as partes”.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. TGV Lisboa- Porto? Não obrigado. Tanto interesse pelo tgv, porque será? O país esta falido mas este ex governante continua a sonhar com o tgv. O país gasta 122% do que recebe, mas esta tudo bem para este politico. Politicos como este Sr. não servem Portugal.

RESPONDER

Há três anos, uma tempestade de poeira em Marte desencadeou a primavera no polo sul

Em 2018, Marte foi palco de uma fortíssima tempestade de areia que destruiu um vórtice de ar frio em torno do polo sul do planeta, desencadeando uma primavera precoce. Já no hemisfério norte, a tempestade …

Vídeo mostra salmões feridos devido ao sobreaquecimento das águas

O vídeo foi gravado por um grupo de conservação ambiental depois de uma onda de calor no Noroeste Pacífico que fez as temperaturas da água atingirem os 21 graus Celsius. De acordo com o jornal The …

Uma prenda de aniversário. Israelita doou um dos seus rins a um menino palestiniano

Uma israelita quis doar um rim a um estranho. Estranho esse que acabou por ser uma criança, de apenas três anos, que vive na Faixa de Gaza, na Palestina. De acordo com a agência Associated Press, …

Novo método permite eliminar a bioincrustação marinha eficazmente

Um projeto inovador demonstrou como os revestimentos de superfície eletricamente carregados podem eliminar a bioincrustação marinha ou o crescimento de organismos marinhos, melhorando a operação e manutenção de embarcações navais. A bioincrustação marinha é um fenómeno …

Aglomerado de safiras estrela encontrado no Sri Lanka pode ser o maior do mundo

Um aglomerado de safiras estrela do mundo foi encontrado num quintal no Sri Lanka. A pedra é azul, pesa 510 quilos e estima-se que valha cerca de 84 milhões de euros. A pedra foi encontrada …

Médico sírio acusado na Alemanha de crimes contra a humanidade

Um médico sírio foi acusado na Alemanha de crimes contra a humanidade por supostamente torturar e matar pessoas em hospitais militares no seu país de origem, informaram os promotores na quarta-feira. O Ministério Público Federal de …

Justiça climática. Vamos todos sofrer com as alterações climáticas, mas não de forma igual

A recente onda de calor na América do Norte é mais um exemplo de que apesar de ser um problema global, as alterações climáticas não vão afectar todos igualmente e podem exacerbar injustiças sociais e …

Os exemplos que Portugal deve seguir (e evitar) nas últimas etapas da pandemia

No plano apresentado pela equipa de Raquel Duarte comparam-se as estratégias opostas adotadas por Israel e Reino Unido, com a segunda a merecer nota negativa por parte dos investigadores. Os dados foram lançados na reunião que …

Jogos da Taça da Liga de sábado adiados para domingo para poderem ter público

O presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) anunciou, esta quinta-feira, que os jogos da Taça da Liga agendados para sábado vão ser adiados para domingo, para que possam ter público nas bancadas. "A Liga, …

Dinamarca enfrenta acção legal por querer repatriar refugiados sírios

O governo dinamarquês quer repatriar sírios naturais de Damasco depois de um relatório mostrar que há zonas da Síria onde a segurança melhorou. A decisão está a ser criticada por activistas e o caso pode …