José Sócrates foi denunciado pela CGD

Mário Cruz / Lusa

O antigo primeiro-ministro, José Sócrates

A Caixa Geral de Depósitos (CGD) denunciou José Sócrates, em abril de 2013, de “um esquema” segundo o qual “recebeu de forma indireta” mais de meio milhão de euros, notícia este sábado o semanário Expresso.

Segundo o semanário dá conta, o caso antecedeu o início da investigação oficial, em julho de 2013, sobre o crime de corrupção, em que o ex-primeiro-ministro é a principal figura, e manteve-se “em segredo absoluto, longe do olhar dos arguidos e advogados”, já depois de ter sido terminada, em outubro de 2017.

As versões dos dois processos administrativos, feitos no âmbito da lei de prevenção de branqueamento de capitais, e antes de haver autos, “revelam que foi a CGD que denunciou [José] Sócrates em abril de 2013, expondo logo ali um esquema em que o ex-primeiro-ministro recebeu de forma indireta, através da mãe, mais de meio milhão de euros de um empresário da construção civil e obras públicas, Carlos Santos Silva”.

Segundo o Expresso, a informação da CGD “foi além do mero reporte de uma transação suspeita e continha já a base do que veio a tornar-se a ‘Operação Marquês’”, em que além do ex-líder socialista, são arguidas 18 outras pessoas, e estão arroladas 44 testemunhas.

Os processos administrativos foram remetidos na íntegra no passado dia 4 de janeiro pelo procurador Rosário Teixeira para o Tribunal de Instrução Criminal, depois do juiz Ivo Rosa ter exigido, atempo de estarem disponíveis no início das sessões na atual fase de instrução da “Operação Marquês”, na próxima segunda-feira, conta ainda o Expresso.

Segundo o jornal, o relatório da CGD, sobre José Sócrates, foi enviado para a Unidade de Informação Financeira da Polícia Judiciária, em 12 de abril de 2013, e anexava 12 páginas de extratos bancários de duas contas naquele banco, uma titulada por José Sócrates e outra por sua mãe, Maria Adelaide Monteiro, funcionando esta como “conta de passagem”, já que os depósitos eram feitos por transferência a partir de uma outra conta titulada por Carlos Manuel Santos Silva.

No documento da CGD, citado pelo Expresso, lê-se: “Desconhecemos a racionalidade económica e financeira que está subjacente às transferências emitidas por Carlos Manuel Santos Silva, no valor de 600 mil euros, para a conta de Maria Adelaide Carvalho Monteiro (funcionando esta como ‘conta de passagem’), a qual posteriormente transferiu de forma fracionada, num período de cerca de seis meses, a quantia de 450 mil euros para a conta de José Sócrates Pinto de Sousa”.

O ex-secretário-geral do PS foi “sempre designado” pelo banco público, “com o nome completo e descrito apenas como engenheiro civil” e que era presidente do conselho consultivo para a América latina do grupo farmacêutico helvético Octapharma.

A CGD dá conta que Sócrates recebeu três transferências, em junho, agosto e setembro de 2012, no valor de 100 mil euros cada, vindas de uma conta da sua mãe, mas, “que tiveram origem numa conta sediada no BES [Banco Espírito Santo], titulada por Carlos Manuel Santos Silva”, cita o semanário.

Em dezembro de 2012, Sócrates, informa a CGD, recebeu outra transferência, mas de 150 mil euros, proveniente da canta da mãe e ainda dois cheques emitidos por esta, um no valor de 50 mil euros, e outro no de 20 mil.

José Sócrates terá recebido no total 520 mil euros da mãe e contraiu ainda um empréstimo no valor de 120 mil euros, na CGD, em junho de 2011. José Sócrates deixou de ser primeiro-ministro em 21 de junho desse ano.

Em abril de 2013, o saldo bancário de José Sócrates era de 99 mil euros, informou a CGD.

“O documento identifica ainda Sofia Fava, ex-mulher de Sócrates, incluindo como transações suspeitas um conjunto de 13 transferências feitas para ela pelo ex-marido, no total de 85.600 euros”, lê-se no Expresso.

// Lusa

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Mas isto é notícia ?!?
    Notícia era dizer que Sócrates nada tinha a ver com o enorme roubo na CGD.
    Onde houve corrupção, José Sócrates esteva lá !

  2. Esse dinheiro deviam ser as luvas dos submarinos. Passou por off shores, seguiu para a Suiça, depois para o BES, depois para a CGD e a seguir para alguma conta em nome do amigo Santos Silva. Este último emprestava ao Socas44.

  3. Era uma vez…. Na Merdolândia, à beira-mar plantada, tudo pode acontecer…. mas nada do que seja honroso e do bem…..!!!!! E esse povo troglodita da Merdolândia, têm os pulhíticos que merece……… Ou Deus não existe….ou há milhões de anos-luz que não passa por cá!!!!!!!

  4. OS 600 mil foram pagamentos do “amigo” Carlos Santos Silva” aos pasteis e rissóis da Srª Dª Maria Adelaide (são preços de mercado), que depois dava uma mesada ao filho José Pinto de Sousa.
    Tudo normal!

  5. A CGD devia ser privatizada. Sempre serviu apenas para jogadas políticas e para controlar a economia no pior sentido da palavra, através da manipulação dos empréstimos a favor dos da mesma cor e como forma de influenciar a própria comunicação social. Em relação às pmes outros bancos assumiram sempre muito mais a postura que a CGD deveria assumir. A CGD trata as pmes como lixo. Faz o que quer delas. É uma vergonha. E a comprovar esta minha afirmação e a total incapacidade da CGD apoiar as pmes nacionais veja-se a quantidade de capitais de risco e muitos outros instrumentos financeiros que o ministério da economia criou na última década. Simplesmente porque sabe que a CGD é incapaz (porque não quer) de apoiar o tecido empresarial nacional. Estamos todos nós a sustentar um elefante que apenas serve para os nossos governantes porem os amigos e controlarem a economia. Este é um belo estado social.

Cofre de antigo caçador de vampiros vai a leilão no Reino Unido. Está repleto de objetos

O cofre de um caçador de vampiros do século XIX vai ser leiloado em Dervyshire, no Reino Unido, informou a leiloeira Hansons. Em causa está uma caixa antiga, forrada a seda vermelha e decorada com …

Bombeiro morre no combate a um incêndio na Serra da Lousã

Um bombeiro morreu este sábado durante o combate a um incêndio na Serra da Lousã, disse à agência Lusa o presidente da Câmara da Lousã, Luís Antunes. O autarca desconhece as circunstâncias em que ocorreu a …

Cientistas descobrem os defeitos dentários que apodrecem os dentes

Os resultados deste novo estudo contribuem para o desenvolvimento de novos tratamentos para as cáries dentárias. Os investigadores capturaram o esmalte num detalhe sem precedentes. Uma equipa de investigadores está muito perto de descobrir aquilo que …

Balões da Google já "espalham" Internet nas vilas remotas do Quénia

Em 2013, surgiu a ideia de enviar balões para o Espaço próximo para conectar pessoas em locais do mundo sem Internet. A ideia, que parecia uma loucura, já é realidade. Depois de uma longa série de …

Descoberta nova espécie de dinossauro carnívoro em Portugal

Um novo género e espécie de dinossauro carnívoro terópode, cujos fósseis foram escavados em arribas dos concelhos de Torres Vedras e da Lourinhã, foi agora descrito na revista internacional "Journal of Vertebrate Paleontology" por paleontólogos …

The Crown. Afinal, vem aí uma sexta temporada

Peter Morgan, criador, produtor e argumentista de The Crown, anunciou esta quinta-feira (9), através do Twitter da plataforma de streaming Netflix, que a série britânica terá uma sexta temporada. “Quando começamos a discutir as histórias da …

Observatório Gaia revoluciona o rastreamento de asteroides

O observatório espacial Gaia da ESA é uma missão ambiciosa que tem o objetivo de construir um mapa tridimensional da nossa Galáxia, fazendo medições de alta precisão de mais de mil milhões de estrelas. No entanto, …

Tempestades de relâmpagos mataram 147 pessoas na Índia em apenas 10 dias

Tempestades de relâmpagos mataram 147 pessoas no estado de Bihar, no norte da Índia, no espaço de dez dias, noticia a AFP, que escreve que os números podem aumentar nos próximos tempos devido às alterações …

Investigação portuguesa descobriu 14 espécies marinhas com potencial para produção de antibióticos

Uma investigação conjunta da Universidade de Aveiro e da Universidade Católica descobriu 14 novas espécies e um género de fungos marinhos, com potencial para produção de antibióticos, revelou esta segunda-feira fonte académica. "Neste momento, estão a …

Impossíveis de cumprir. Directores preocupados com novas regras para as escolas

As orientações da Direcção Geral de Saúde (DGS) para as escolas com vista ao regresso das aulas presenciais, em Setembro, estão a preocupar os directores dos estabelecimentos de ensino. Isto porque as consideram impossíveis de …