Sócrates acusa Costa e o PS de lhe virarem as costas

Miguel A. Lopes / Lusa

António Costa, José Sócrates

Em entrevista ao jornal espanhol “Voz de Galicia”, o ex-primeiro-ministro José Sócrates reafirmar ser “vítima de uma conspiração política e judicial sem precedentes” com o objectivo de travar uma candidatura sua a Belém e lamenta a falta de apoio de António Costa e do seu partido.

O ex-primeiro-ministro José Sócrates diz este domingo, em entrevista ao jornal espanhol “La Voz de Galicia“, que “não está sozinho”, mas aponta o dedo a António Costa e ao PS, que lhe viraram as costas durante três anos “muito duros”.

“Sou político desde muito jovem e estou acostumado a passar por momentos difíceis, como quando tive que pedir o resgate do meu país, em 2011. Mas os últimos anos foram muito duros”, diz Sócrates, que acusa o líder socialista e a cúpula do partido de lhe terem virado as costas.

Apesar de tudo o que se dizia, éramos amigos. A nossa relação sempre foi boa. Escolhi-o como ministro e como meu sucessor natural. Apoiei-o na candidatura à Câmara de Lisboa e depois à secretaria geral do partido. Tudo acabou quando me detiveram e tanto ele como a cúpula do PS me viraram as costas”, diz o antigo líder do PS.

O antigo primeiro-ministro compara-se a Lula da Silva – com a única diferença de que o ex-presidente brasileiro tem o apoio do partido. “Está-se a cometer comigo uma ilegalidade sem precedentes. O que se está a passar comigo é semelhante ao que está a acontecer com o Presidente Lula, só que ele tem o apoio do seu partido e eu não“.

Sócrates, que volta a acusar o sistema judicial português, diz-se “vítima de uma conspiração sem precedentes” para impedir uma candidatura sua à presidência da República. “Sou inocente e vítima de uma conspiração. Conhece algum outro caso na Europa em que um processo continue sem acusação ao fim de 50 meses?”, pergunta.

“Desencantado com a justiça portuguesa”, Sócrates não acredita em “nada do que diz o Ministério Público”, acusa o juiz Carlos Alexandre de parcialidade e não descarta recorrer ao Tribunal Europeu se esgotar todos os recursos em Portugal. “Duvido que o Ministério Público chegue a uma acusação até 22 de novembro”, diz José Sócrates.

Faltam políticos da estatura e carisma de Mário Soares, a quem me sinto muito agradecido pela minha defesa, a sua última batalha antes de falecer”, acrescenta.

Sócrates desmente qualquer relação com Ricardo Salgado e não compreende porque razão a imprensa portuguesa o relaciona com o ex-presidente do Grupo Espírito Santo. “Tudo o que se publicou são falsidades, não sou amigo de Ricardo Salgado, nunca pertenci ao seu círculo próximo, nunca fui ao BES, nem tinha o seu telemóvel”.

Para José Sócrates, há uma “cumplicidade e relação corrupta” entre a imprensa portuguesa e o Ministério Público. “Sempre que há mais um adiamento na minha acusação, aparecem notícias sensacionalistas contra mim na imprensa portuguesa”.

Não lhe parece uma coincidência suspeita?”, questiona José Sócrates a concluir a entrevista deste domingo ao jornal espanhol.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

    • Ninguém compreende por que andam a perseguir um pobre inocente!Agora foi comer cabalas para a Galiza. Deve estar a preparar-se para se candidatar a presidente do governo regional da Galiza e em seguida vai ser rei de Espanha!…

  1. Viram costas para fazer diversão ao povo. Mais uns dias e as escutas os ducomentos e as provas vão desaparecer e este fdp que roubou o povo vai ter prosseso arquivado e com muita sorte até vai receber uma indeminisação por ter metido o país na bancarrota e por ser ladrão

RESPONDER

Cavani: brasileiros com milhões... mas pessimistas

O Grémio estabelece quatro parcerias para contratar o uruguaio. No entanto, a direção do clube não acredita que Cavani se vai mudar para Porto Alegre. "Na vida, se não conversas, nada sabes. Até pode surgir uma …

Ministério da Saúde indiano sem dados sobre médicos que morreram de covid-19. Associação fala em 382 óbitos

Depois de o Ministério da Saúde indiano ter afirmado esta semana que o não dispõe dos dados sobre os profissionais de saúde que morreram devido à covid-19, a Associação Médica do país publicou uma lista …

Chega apresenta proposta que prevê castração química para pedófilos

O projeto de revisão constitucional do Chega, entregue hoje no parlamento, prevê a remoção dos órgãos genitais a criminosos condenados por violação de menores, algo que em si mesmo encerra dúvidas de conformidade com a …

Fluminense: as derrotas pós-Evanilson e as quatro ausências de Fred

O reforço do FC Porto deixou a equipa brasileira que, desde essa transferência, contabiliza mais derrotas do que vitórias. A instabilidade de Fred não ajuda. Portugal continua mais atento ao Flamengo do que ao Fluminense, mesmo …

MP suíço pede 28 meses de prisão para presidente do PSG e 3 anos para Valcke

O Ministério Público suíço pediu, esta terça-feira, uma pena de 28 meses de prisão para Nasser Al-Khelaïfi, presidente do Paris Saint-Germain, e de três anos para Jérôme Valcke, antigo número dois da FIFA. Trata-se dos primeiros …

Empresa japonesa cria lâmpada UV inócua para humanos que inativa coronavírus

Uma empresa japonesa desenvolveu uma lâmpada de radiação ultravioleta que inativa o novo coronavírus, recorrendo a um comprimento de onda que um estudo científico diz ser inócuo para os seres humanos. A lâmpada Care 222 foi …

Trump pede à ONU atribuição de sanções à China por ter "ocultado factos relevantes"

O Presidente dos EUA, Donald Trump, exortou hoje as Nações Unidas a “pedirem responsabilidades à China” pela sua atuação na fase inicial da expansão da pandemia de covid-19. Na sua intervenção durante o debate geral da …

Há um "clima de medo e insatisfação" nas Forças Armadas, diz Associação de Sargentos

O presidente da Associação Nacional de Sargentos (ANS), Lima Coelho, disse à Rádio Renascença que se vive um "clima de medo e insatisfação nas Forças Armadas", que inclui ameaças, avaliações injustas, demora excessiva das reclamações …

Teletrabalho e questões ambientais são prioridade para o PS no início da sessão legislativa

A líder parlamentar do PS afirma que duas das principais prioridades da sua bancada no início da presente sessão legislativa vão passar pela regulamentação do teletrabalho e pela aprovação de uma lei de bases do …

Justiça alemã abre novo inquérito contra suspeito do desaparecimento de Maddie

A justiça alemã abriu um novo inquérito contra o principal suspeito do desaparecimento de Maddie McCann, relativo à violação de uma jovem irlandesa, em 2004, anunciou, esta terça-feira, o procurador de Brunswick. "Posso confirmar que investigamos …