Sócrates acusa Costa e o PS de lhe virarem as costas

Miguel A. Lopes / Lusa

António Costa, José Sócrates

Em entrevista ao jornal espanhol “Voz de Galicia”, o ex-primeiro-ministro José Sócrates reafirmar ser “vítima de uma conspiração política e judicial sem precedentes” com o objectivo de travar uma candidatura sua a Belém e lamenta a falta de apoio de António Costa e do seu partido.

O ex-primeiro-ministro José Sócrates diz este domingo, em entrevista ao jornal espanhol “La Voz de Galicia“, que “não está sozinho”, mas aponta o dedo a António Costa e ao PS, que lhe viraram as costas durante três anos “muito duros”.

“Sou político desde muito jovem e estou acostumado a passar por momentos difíceis, como quando tive que pedir o resgate do meu país, em 2011. Mas os últimos anos foram muito duros”, diz Sócrates, que acusa o líder socialista e a cúpula do partido de lhe terem virado as costas.

Apesar de tudo o que se dizia, éramos amigos. A nossa relação sempre foi boa. Escolhi-o como ministro e como meu sucessor natural. Apoiei-o na candidatura à Câmara de Lisboa e depois à secretaria geral do partido. Tudo acabou quando me detiveram e tanto ele como a cúpula do PS me viraram as costas”, diz o antigo líder do PS.

O antigo primeiro-ministro compara-se a Lula da Silva – com a única diferença de que o ex-presidente brasileiro tem o apoio do partido. “Está-se a cometer comigo uma ilegalidade sem precedentes. O que se está a passar comigo é semelhante ao que está a acontecer com o Presidente Lula, só que ele tem o apoio do seu partido e eu não“.

Sócrates, que volta a acusar o sistema judicial português, diz-se “vítima de uma conspiração sem precedentes” para impedir uma candidatura sua à presidência da República. “Sou inocente e vítima de uma conspiração. Conhece algum outro caso na Europa em que um processo continue sem acusação ao fim de 50 meses?”, pergunta.

“Desencantado com a justiça portuguesa”, Sócrates não acredita em “nada do que diz o Ministério Público”, acusa o juiz Carlos Alexandre de parcialidade e não descarta recorrer ao Tribunal Europeu se esgotar todos os recursos em Portugal. “Duvido que o Ministério Público chegue a uma acusação até 22 de novembro”, diz José Sócrates.

Faltam políticos da estatura e carisma de Mário Soares, a quem me sinto muito agradecido pela minha defesa, a sua última batalha antes de falecer”, acrescenta.

Sócrates desmente qualquer relação com Ricardo Salgado e não compreende porque razão a imprensa portuguesa o relaciona com o ex-presidente do Grupo Espírito Santo. “Tudo o que se publicou são falsidades, não sou amigo de Ricardo Salgado, nunca pertenci ao seu círculo próximo, nunca fui ao BES, nem tinha o seu telemóvel”.

Para José Sócrates, há uma “cumplicidade e relação corrupta” entre a imprensa portuguesa e o Ministério Público. “Sempre que há mais um adiamento na minha acusação, aparecem notícias sensacionalistas contra mim na imprensa portuguesa”.

Não lhe parece uma coincidência suspeita?”, questiona José Sócrates a concluir a entrevista deste domingo ao jornal espanhol.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

    • Ninguém compreende por que andam a perseguir um pobre inocente!Agora foi comer cabalas para a Galiza. Deve estar a preparar-se para se candidatar a presidente do governo regional da Galiza e em seguida vai ser rei de Espanha!…

  1. Viram costas para fazer diversão ao povo. Mais uns dias e as escutas os ducomentos e as provas vão desaparecer e este fdp que roubou o povo vai ter prosseso arquivado e com muita sorte até vai receber uma indeminisação por ter metido o país na bancarrota e por ser ladrão

RESPONDER

Palavra “mulher” já tem nova definição

O dicionário online Priberam e o canal de televisão FOX Life uniram-se para desafiar os portugueses a participar na revisão do significado da palavra "mulher". Três semanas depois, apresentam-nos o resultado. Esta terça-feira, o dicionário online …

EUA emitem alerta sobre "ataques sónicos" na China

Esta quarta-feira, a embaixada norte-americana na China emitiu uma alerta após um funcionário do Governo ter sofrido uma lesão cerebral. A embaixada norte-americana na China emitiu um alerta depois de um funcionário ter sofrido uma lesão …

Descobertas 481 moedas romanas dos séculos I ao III em Braga

Um museu em Braga descobriu 481 moedas romanas datadas do século I ao século III que permitem perceber o circuito de comércio no Mediterrâneo na época do Império Romano. Esta quarta-feira, o Museu Pio XII, em …

José Manuel Coelho condenado a ano e meio de prisão domiciliária

O deputado do PTP/Madeira foi, esta quarta-feira, condenado a um ano e seis meses de prisão domiciliária pela prática de vários crimes de difamação e de divulgação de fotografias ilícitas. José Manuel Coelho foi julgado na …

Maternidade só deixa mãe ver as filhas recém-nascidas depois de pagarem a conta

Uma mãe esperou cinco dias para ver as suas filhas recém-nascidas porque não tinha dinheiro para pagar as despesas médicas. Juliana Logbo esperou cinco dias depois do parto para ver as suas filhas gémeas e recém-nascidas …

Novo escândalo de abusos sexuais no Chile leva à suspensão de 14 sacerdotes

A diocese da cidade chilena de Rancagua anunciou, esta terça-feira, a suspensão de 14 sacerdotes implicados num novo escândalo de abusos sexuais sobre jovens e menores. "Estes padres cometeram atos que podem constituir crimes nos domínios …

94% das universitárias de Coimbra já foram alvo de assédio sexual

Um estudo realizado pela UMAR Coimbra sobre a violência sexual em contexto académico revela que 94,1% das mulheres inquiridas já foram alvo de assédio sexual, 21,7% de coerção sexual e 12,3% reportaram já terem sido …

Israel admite: o famigerado F-35 já se estreou em combate

A força aérea israelita admitiu ter usado, pela primeira vez, o poderoso caça bombardeiro numa ação de combate contra dois tanques, numa missão recente. Um dos aviões de combate mais avançados do mundo, o novo caça-bombardeiro …

Proposta do PS sobre a habitação suspende despejos já em curso

O PS avançou com uma proposta de alteração ao seu próprio projeto. A medida abrange inquilinos com mais de 65 anos ou com grau de incapacidade igual ou superior a 60% desde que residam há …

Função Pública vai ter aumentos em 2019 (mas não nos salários)

O ministro das Finanças referiu, esta quarta-feira, no Parlamento, que os funcionários públicos vão ter aumentos em 2019, através da "via do descongelamento de carreiras". Mas sobre um eventual aumento dos salários não se pronunciou. "Todos …