SNS já dá comprimido que previne infeção por VIH

niaid / Flickr

O medicamento Truvada, chamada também”Pílula anti-HIV”, usado na profilaxia pré-exposição (PrEP)

A profilaxia de pré-exposição (PrEP) ao vírus da imunodeficiência humana começou a ser disponibilizada, esta quarta-feira, a pessoas com risco acrescido de contágio.

A Direção-Geral da Saúde emitiu orientações para que os médicos do Serviço Nacional de Saúde poderem administrar às pessoas com risco acrescido de contágio por VIH/Sida um medicamento que previne esta infeção.

De acordo com a DGS, está em situação de maior perigo quem, nos últimos seis meses, “relações sexuais sem uso consistente de preservativo” com parceiros VIH positivo, pessoas que desconhecem se estão infetados, que usam substâncias psicoativas durante as relações sexuais e consumidores de drogas injetáveis que partilham agulhas e seringas.

Esta decisão consta de uma norma publicada no final do ano passado. Segundo o Expresso, em abril, os peritos da DGS decidiram avançar a título de ensaio e agora, cerca de um mês depois, publicar as orientações concretas para as equipas de saúde.

Para resultar, a terapêutica implica a toma diária de um comprimido enquanto há exposição acrescida ao vírus. O medicamento custa entre 500 a 600 euros mensais por pessoa.

No Infarmed está já em curso o processo para incluir o fármaco na lista dos copagamentos do Estado. Para já, o medicamento tem sido entregue gratuitamente pelo laboratório ao abrigo do Programa de Acesso Precoce.

Nos mês de ensaio chegaram aos serviços hospitalares, segundo o matutino, perto de 20 pedidos, um número que é “manifestamente pouco” nas palavras da diretora do Programa Nacional para a Infeção VIH/Sida, Isabel Aldir.

No entender da responsável, há muitas pessoas em risco que não devem ficar excluídas do acesso à PrEP, para já centralizada nos hospitais da rede de referenciação para a infeção, como o São João no Porto, Coimbra, Curry Cabral e Egas Moniz em Lisboa, Beja e Faro.

//

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. 600 € mensais para drogados e prostitutas? Há tantos idosos a precisar de ajuda e acompanhamento. Venham muitas overdoses…

    • mais que verdade na sua afirmação, mas infelismente se da tudo a aqueles que nada foram obrigados a praticar algo fora do normal, enfim

  2. Como profissional de saúde tenho que salientar que intervenções como a que é descrita no artigo não impeditivas de realizar apoio (clínico ou não) a idosos. Não sendo situações exclusivas, devem haver mecanismos sociais que permitam o apoio a qualquer doente com qualquer doença, independentemente da idade e estrato social.
    Para mais, não são só “drogados” e “prostitutas” que estão em risco de contaminação. Outros exemplos importantes: crianças cujos pais possam estar infectados, profissionais de saúde que possam estar expostos a pessoas contaminadas, pessoas que mesmo não tendo comportamentos de risco entram em contacto com contagiantes (sejam objectos ou pessoas), etc..

RESPONDER

Sem contrato com Estado, CP só tem dinheiro até junho

A CP - Comboios de Portugal enfrenta dificuldades de liquidez, não só por causa do impacto económico da pandemia, mas também porque o Estado ainda não pagou a respetiva compensação anual pelo serviço público prestado. De …

Encontradas ruínas de uma cidade chinesa construída há 5.300 anos

As ruínas de uma antiga cidade chinesa com 5.300 anos foram encontradas por uma equipa de investigadores. A descoberta revela um planeamento urbano sem precedentes. Uma equipa de investigadores encontrou as ruínas de uma antiga cidade …

Twitter coloca alerta de "verificação de factos" em publicações de Donald Trump

O Presidente dos Estados Unidos rejeitou na terça-feira a interferência do Twitter na "liberdade de expressão" que a rede social exerceu diretamente contra um texto publicado, através do novo processo de verificação de mensagens. "O Twitter …

PSP detém dois polícias suspeitos de integrar grupo criminoso violento

Dois polícias foram detidos numa operação que a PSP está a realizar, esta quarta-feira, em várias zonas do país, em particular em Lisboa e em Setúbal, no âmbito de uma investigação sobre um grupo criminoso …

Queda de 7% do PIB e desemprego nos 10%. As previsões do Governo divulgadas aos partidos

Queda de 7% no PIB, défice de 6,5% e taxa de desemprego a atingir os 10%. Estas são as previsões macroeconómicas do Governo, que continuou esta terça-feira a ronda com os partidos com assento Parlamentar. …

Proteína "antienvelhecimento" que atrasa crescimento celular é fundamental na longevidade

Uma equipa de cientistas identificou uma nova proteína antienvelhecimento, que controla o metabolismo das outras proteínas, um processo implicado no envelhecimento e na doença. Os seres humanos estão a viver mais do que nunca. No entanto, …

Em protesto, as farmácias vão fechar 23 minutos. Infarmed avisa que podem sofrer sanções

As farmácias estão vinculadas a obrigações legais e incorrem em sanções, avisou terça-feira a Infarmed, em resposta à Associação Nacional das Farmácias (ANF) que anunciou para esta quarta-feira uma paragem simbólica dos serviços farmacêuticos. “Inerente ao …

"Falta de confiança". Pedro Rodrigues demite-se de coordenador da bancada do PSD em rutura com Rio

O deputado do PSD Pedro Rodrigues demitiu-se esta terça-feira do cargo de coordenador da bancada na Comissão de Trabalho e Segurança Social, invocando "falta de confiança" do presidente do partido e do grupo parlamentar, Rui …

Morreu o antigo jogador do Sporting Maurício Hanuch. Tinha 43 anos

O argentino Maurício Hanuch, ex-futebolista do Sporting, morreu esta terça-feira, aos 43 anos, vítima de doença prolongada. Numa nota divulgada no seu site site, os leões manifestam o seu pesar pela morte do antigo jogador, Maurício …

Cientistas conseguiram controlar as decisões de macacos através de estimulação cerebral

Ondas ultrassónicas de alta frequência, destinadas a regiões cerebrais específicas, podem mesmo influenciar o comportamento dos macacos. O cérebro é um órgão muito difícil de tratar. Além de a grande maioria dos medicamentos ter vários efeitos …