SNS já dá comprimido que previne infeção por VIH

niaid / Flickr

O medicamento Truvada, chamada também”Pílula anti-HIV”, usado na profilaxia pré-exposição (PrEP)

A profilaxia de pré-exposição (PrEP) ao vírus da imunodeficiência humana começou a ser disponibilizada, esta quarta-feira, a pessoas com risco acrescido de contágio.

A Direção-Geral da Saúde emitiu orientações para que os médicos do Serviço Nacional de Saúde poderem administrar às pessoas com risco acrescido de contágio por VIH/Sida um medicamento que previne esta infeção.

De acordo com a DGS, está em situação de maior perigo quem, nos últimos seis meses, “relações sexuais sem uso consistente de preservativo” com parceiros VIH positivo, pessoas que desconhecem se estão infetados, que usam substâncias psicoativas durante as relações sexuais e consumidores de drogas injetáveis que partilham agulhas e seringas.

Esta decisão consta de uma norma publicada no final do ano passado. Segundo o Expresso, em abril, os peritos da DGS decidiram avançar a título de ensaio e agora, cerca de um mês depois, publicar as orientações concretas para as equipas de saúde.

Para resultar, a terapêutica implica a toma diária de um comprimido enquanto há exposição acrescida ao vírus. O medicamento custa entre 500 a 600 euros mensais por pessoa.

No Infarmed está já em curso o processo para incluir o fármaco na lista dos copagamentos do Estado. Para já, o medicamento tem sido entregue gratuitamente pelo laboratório ao abrigo do Programa de Acesso Precoce.

Nos mês de ensaio chegaram aos serviços hospitalares, segundo o matutino, perto de 20 pedidos, um número que é “manifestamente pouco” nas palavras da diretora do Programa Nacional para a Infeção VIH/Sida, Isabel Aldir.

No entender da responsável, há muitas pessoas em risco que não devem ficar excluídas do acesso à PrEP, para já centralizada nos hospitais da rede de referenciação para a infeção, como o São João no Porto, Coimbra, Curry Cabral e Egas Moniz em Lisboa, Beja e Faro.

//

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. 600 € mensais para drogados e prostitutas? Há tantos idosos a precisar de ajuda e acompanhamento. Venham muitas overdoses…

    • mais que verdade na sua afirmação, mas infelismente se da tudo a aqueles que nada foram obrigados a praticar algo fora do normal, enfim

  2. Como profissional de saúde tenho que salientar que intervenções como a que é descrita no artigo não impeditivas de realizar apoio (clínico ou não) a idosos. Não sendo situações exclusivas, devem haver mecanismos sociais que permitam o apoio a qualquer doente com qualquer doença, independentemente da idade e estrato social.
    Para mais, não são só “drogados” e “prostitutas” que estão em risco de contaminação. Outros exemplos importantes: crianças cujos pais possam estar infectados, profissionais de saúde que possam estar expostos a pessoas contaminadas, pessoas que mesmo não tendo comportamentos de risco entram em contacto com contagiantes (sejam objectos ou pessoas), etc..

RESPONDER

Polícias de elite da PSP convocados para trabalhar nas obras

Operacionais da Unidade Especial de Polícia (UEP) da PSP estão a ser chamados para colaborarem como voluntários nas obras de remodelação da messe localizada na Quinta das Águas Livres, em Belas, Sintra. Segundo o Correio da …

Portugueses são dos que menos gastam em viagens turísticas

Os portugueses são dos cidadãos europeus que menos gastam em deslocações de turismo, ao desembolsar em média 136 euros por viagem turística, menos de metade da média da União Europeia, de 336 euros, revelam dados …

Ex-diretor da CIA admite recorrer à Justiça contra Donald Trump

O ex-diretor da CIA John Brennan admitiu neste domingo recorrer à Justiça, depois de o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, lhe ter cancelado o acesso a informação confidencial e à Casa Branca. “Se esse é …

Trabalhadores da CGD em greve contra a perda de privilégios

O novo Acordo de Empresa que a Administração da Caixa Geral de Depósitos (CGD) pretende implementar está a gerar revolta entre os trabalhadores e já levou à convocação de uma greve para sexta-feira, 24 de …

Asia Argento terá pago a jovem ator que a acusou de assédio sexual

A atriz e realizadora italiana terá pago 380 mil dólares para silenciar um jovem ator e músico que a acusa de assédio sexual quando tinha apenas 17 anos. Asia Argento foi uma das primeiras mulheres da …

Governo está a preparar descida dos impostos e aumento das pensões

São cinco as prioridades do Governo para o próximo Orçamento do Estado, segundo revela Marques Mendes no seu habitual espaço de comentário na SIC, nomeando o aumento das pensões, o alívio no IRS, a descida …

Bomba que matou 40 crianças no Iémen foi vendida pelos EUA em 2015

A bomba que matou de 40 crianças num autocarro escolar no Iémen, a 9 de agosto, foi fabricada pelos Estados Unidos e vendida à Arábia Saudita em 2015. De acordo com a CNN, que avança …

GNR "desfalcada" devido à transferência de mil militares para os incêndios

Nos últimos meses, mais de mil militares da GNR foram "reconvertidos" em bombeiros especialistas, membros do Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro (GIPS), que atuam no combate a incêndios. Com esta alocação, a situação …

Em 17 anos, o número de inspetores na educação caiu 41%

Entre 2001 e 2017, o número de inspetores a Inspeção-Geral da Educação e Ciência (IGEC) passou de 304 funcionários a exercer essas funções para 179, registando assim uma queda de 41%. O Sindicato dos Inspetores da …

Mais de 400 mortos nas inundações em Kerala, no sul da Índia

Mais de 400 pessoas morreram na sequência das inundações que atingiram Kerala, na Índia, as mais graves em 100 anos naquele estado do sul do país, de acordo com um balanço feito nesta segunda-feira pelas …