Sistema SOS já custou 727 milhões aos consumidores (e nunca foi usado)

Cerca de 50 fábricas recebem milhões de euros por ano para, a qualquer momento e em situação de emergência, poderem reduzir o consumo de energia, em caso de necessidade do sistema elétrico nacional. Apesar de o sistema nunca ter sido utilizado, a adesão de grandes empresas continua a crescer. 

Trata-se de uma sistema SOS que, segundo noticia o Correio da Manhã esta segunda-feira, nunca foi utilizado, mas a disponibilidade das empresas já custou aos consumidores, através da fatura da luz, 727 milhões de euros desde 2010.

O diário explica que este mecanismo de prontidão é pago anualmente a grandes empresas, como cimenteiras e celuloses, pela sua disponibilidade para cortarem o próprio consumo de energia de forma a alimentarem o sistema nacional.

Além de o sistema nunca ter sido usado, até há pouco tempo, nem sequer era testado, tal como indica a versão preliminar da comissão parlamentar de inquérito às rendas excessivas da energia, a que o Correio da Manhã teve acesso.

Foi só em 2016, e através de uma portaria do ex-secretário de Estado da Energia, que o pagamento em causa passou a ficar limitado “às instalações que demonstrarem estarem efetivamente aptas à prestação do serviço, através da realização de testes, impedindo que continue a ser um subsídio independente do seu objetivo primordial“.

“A adesão de grandes consumidores continuou a crescer e os custos com o serviço também”, observa ainda o mesmo documento que aponta, para este ano, um custo de 109,3 milhões de euros destinados para o mecanismo de prontidão.

O custo para os consumidores deste mecanismo de interruptibilidade – como é designado – foi um dos temas analisados pelos deputados, por suspeita de poder configurar rendas excessivas, à semelhança dos contratos de manutenção de equilíbrio contratual (CMEC) e da subsidiação às renováveis. Estes encargos são pagos pelas famílias na fatura de eletricidade (designados custos políticos), explica ainda o CM.

ZAP //

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Hahaha, mais uma roubalheira ao Zé Povinho. Andam a cobrar às famílias portuguesas para darem subsídios a grandes empresas. Lá está a “amigocracia” a funcionar! Grandes Ladrões!!!

  2. Claro que lá vem os comentadores do costume criticar o modelo e até pode ter havido favorecimentos mas um sistema do género faz todo o sentido. Também pagamos montes de seguros e muitos deles nunca chegam a ser accionados. É simplesmente a mesma coisa

RESPONDER

Joana d’Arc: a heroína injustiçada que teve um papel fundamental na Guerra dos 100 Dias

Quando entrou na adolescência, Joana d'Arc já estava com o futuro traçado, pois a sua família já tinha escolhido um rapaz para se casar com ela. Contudo, o seu destino acabou por ser outro: teve …

Farense 0-1 FC Porto | Dragão voa com recital de Corona

O FC Porto aproveitou da melhor forma o deslize do Benfica em casa com o Nacional para se isolar no segundo lugar na Liga NOS, com mais dois pontos que as “águias”. A formação portista foi …

A forma mais simples (e inovadora) de ensinar genética é... com gomas

Se um ursinho de goma vermelho tiver um filho com outro ursinho de goma amarelo, que percentagem de vermelho e amarelo terá o bebé? De acordo com um neurocientista esta poderá ser a forma perfeita …

Videojogo "The Sims 3" usado para estudar como é que psicopatas atacam as suas vítimas

Um novo estudo baseou-se no videojogo "The Sims 3" para estudar a forma como os psicopatas escolhem e atacam as suas vítimas. "The Sims" é uma série de videojogos de simulação de vida real, cujo primeiro …

"Realidade mista". Hologramas podem mudar a forma como visitamos os museus

Para milhões de crianças, ser arrastado para um museu é uma experiência dolorosa. Porém, isso pode mudar com o desenvolvimento de uma nova tecnologia de “realidade mista” (RM). A nova tecnologia de “realidade mista” (RM) pode …

Bunker nuclear da Guerra Fria à venda no Reino Unido

Um bunker da Guerra Fria localizado perto de St Agnes em Cornwall, Reino Unido, está à venda na Rightmove, o maior portal imobiliário do Reino Unido. De acordo com o jornal britânico Mirror, o bunker, …

SL Benfica 1-1 CD Nacional | Insulares apagam a luz às "águias"

O Benfica voltou a escorregar e soma três jogos consecutivos sem vencer após o empate no Dragão e a derrota diante do Braga. Na tarde desta segunda, a equipa de Jorge Jesus não foi além …

Partido das FARC muda de nome para romper com o seu passado violento

O partido político das FARC deu um novo passo, este domingo, para romper com o seu passado violento, ligado à sigla das antigas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia, passando a ser denominado Comunes. O nome Comunes …

Primeiro-ministro italiano vai apresentar demissão

O primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, vai apresentar a sua demissão na terça-feira, devido à falta de apoio à sua coligação parlamentar, após a crise provocada pelo abandono do partido Itália Viva, de Matteo Renzi. Conte apresentará …

Número de desempregados voltou a subir em todo o país

O número de inscritos nos centros de emprego nacionais voltou a aumentar em dezembro, com 85% dos concelhos de Portugal Continental a ver os seus níveis de desemprego aumentar desde o início da pandemia, revelou …