Sistema para retirar lixo do oceano Pacífico não está a funcionar

The Ocean Cleanup

Detalhe do sistema de recolha de plástico de Boyan Slat

O dispositivo que foi lançado ao mar em outubro com o objetivo de limpar o lixo que está no oceano Pacífico está muito aquém das expetativas, segundo a The Ocean Cleanup, a organização responsável.

A Ocean Cleanup System 001, uma barreira flutuante em forma de U com 610 metros de comprimento e uma espécie de saia com 3 metros pendurada, que fica por baixo de água, não está a conseguir reter o plástico.

O objetivo da organização era limpar metade das 80 mil toneladas de plástico – num local designado como a Grande Ilha de Lixo do Pacífico – em cinco anos, mas a barreira flutuante está a perder o lixo. A organização tinha dito, em setembro, que esperava recolher 50 toneladas de plástico por ano, mas esta semana explicou que o sistema concentra o plástico, mas não consegue segurá-lo.

“A única maneira de saber realmente como o sistema funcionaria era colocá-lo no ambiente para o qual foi projetado”, disseram os responsáveis, citados pela CNN. Agora, a organização está a  trabalhar para identificar o problema e uma das causas pode ser a pouca velocidade a que o Ocean Cleanup se move.

“Parece que, de vez em quando, o sistema anda mais devagar que o plástico, o que pode ser a causa para o lixo voltar a sair”, explicaram. Além disso, cria ondas à sua passagem e, talvez, isso impeça o plástico de entrar através da parte frontal.

O projeto foi criado por Boyan Slat, um jovem de 20 anos. Quando Boyan começou a estudar engenharia aeroespacial, na Universidade de Delft, levav a ideia de limpar os oceanos. Criou a fundação The Ocean Cleanup, “A Limpeza do Oceano”, e explicou no TEDx o seu conceito de como os oceanos poderiam ser limpos.

Seis meses depois de entrar na faculdade, Boyan decidiu interromper o curso para tentar tornar o seu projeto uma realidade. Todo o dinheiro que tinha eram 200 euros. Os meses seguintes foram usados à procura de patrocínios. Boyan recorreu a uma plataforma de crowdfunding, onde recolheu 60 mil euros em 15 dias.

Alguns ambientalistas criticaram o projeto antes de ele começar, dizendo que lançar um dispositivo com aquela envergadura acabaria por criar um ambiente próprio e que a vida marinha se desenvolveria sobre e sob o mesmo.

As ilhas de lixo no mar são formadas pela rotação de correntes dos oceanos, que puxam os detritos para um único local. Existem várias ilhas destas, incluindo duas no oceano Pacífico. A ilha que estão a tentar limpar tem 1,8 mil milhões de peças de plástico que pesam 80 mil toneladas.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Britânico é absolvido por estar sonâmbulo durante a agressão sexual

Um britânico com 21 anos entrou na cama onde o melhor amigo e a namorada dormiam e iniciou contactos sexuais com esta. O indivíduo foi absolvido num tribunal em York, Inglaterra, porque a situação ocorreu …

Piratas de Edelweiss. A resistência de jovens que pôs açúcar no combustível dos tanques nazis

Os Piratas de Edelweiss foram um grupo de jovens da resistência alemã ao regime nazi durante a Segunda Guerra Mundial. Passaram despercebidos historicamente, mas foram uma peça importante na vitória dos Aliados. Durante a História da …

Nova espécie de dinossauro carnívoro identificada na Península Ibérica

Uma nova espécie de dinossauro carnívoro foi identificada na província de Castellon, em Espanha, o primeiro representante do grupo na Península Ibérica a que deram o nome de Vallibonavenatrix cani. A espécie habitou a Península Ibérica …

Lavar a loiça ou fazer jardinagem ajuda idosos a viverem mais tempo

Bastam pequenas mudanças nos hábitos do dia-a-dia - como ar um passeio na rua, lavar a loiça ou fazer jardinagem - para aumentar a longevidade na população mais idosa, concluiu uma investigação de uma universidade …

Apple lançou um cartão de crédito. Mas desaconselha andar com ele

A Apple lançou um cartão de crédito que dá aos utilizadores cerca de 2% do valor de cada compra de volta mas é quase impossível transportar o cartão sem o estragar, pelo menos sem danificar …

Município alemão está a oferecer um milhão de euros a quem provar que a cidade não existe

Uma cidade na Alemanha está a oferecer um milhão de euros à primeira pessoa que fornecer "provas incontestáveis" de que aquele local não existe. Autoridades em Bielefeld, a cerca de 100 quilómetros de Hanover, estão a …

Altice diz que decisão da Anacom na migração da TDT é "ambígua, omissa e vaga"

Em causa está o processo de libertação da faixa 700 MHz da televisão digital terrestre, necessário para o desenvolvimento do 5G, e que tem sido criticado pelo grupo. A Altice Portugal considera que o sentido provável …

Fitbit vai oferecer rastreadores a toda a população de Singapura

A empresa norte-americana Fitbit anunciou uma parceria com o Conselho de Promoção de Saúde de Singapura numa iniciativa de saúde pública, a Live Healthy SG, que fornecerá aos 5,6 milhões de habitantes do país rastreadores …

Japão acusa Coreia do Sul de minar confiança ao colocar fim na partilha de dados militares

O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, acusou esta sexta-feira a Coreia do Sul de minar a confiança entre os dois países ao cancelar um acordo de partilha de informações militares. As declarações de Shinzo Abe foram proferidas …

Há uma nova denúncia contra Harvey Weinstein

O produtor de cinema Harvey Weinstein, que enfrenta dois processos por agressão sexual em Nova Iorque, terá uma nova audiência na próxima segunda-feira para ser informado de uma nova denúncia apresentada, informou na quinta-feira o …