Sistema para retirar lixo do oceano Pacífico não está a funcionar

The Ocean Cleanup

Detalhe do sistema de recolha de plástico de Boyan Slat

O dispositivo que foi lançado ao mar em outubro com o objetivo de limpar o lixo que está no oceano Pacífico está muito aquém das expetativas, segundo a The Ocean Cleanup, a organização responsável.

A Ocean Cleanup System 001, uma barreira flutuante em forma de U com 610 metros de comprimento e uma espécie de saia com 3 metros pendurada, que fica por baixo de água, não está a conseguir reter o plástico.

O objetivo da organização era limpar metade das 80 mil toneladas de plástico – num local designado como a Grande Ilha de Lixo do Pacífico – em cinco anos, mas a barreira flutuante está a perder o lixo. A organização tinha dito, em setembro, que esperava recolher 50 toneladas de plástico por ano, mas esta semana explicou que o sistema concentra o plástico, mas não consegue segurá-lo.

“A única maneira de saber realmente como o sistema funcionaria era colocá-lo no ambiente para o qual foi projetado”, disseram os responsáveis, citados pela CNN. Agora, a organização está a  trabalhar para identificar o problema e uma das causas pode ser a pouca velocidade a que o Ocean Cleanup se move.

“Parece que, de vez em quando, o sistema anda mais devagar que o plástico, o que pode ser a causa para o lixo voltar a sair”, explicaram. Além disso, cria ondas à sua passagem e, talvez, isso impeça o plástico de entrar através da parte frontal.

O projeto foi criado por Boyan Slat, um jovem de 20 anos. Quando Boyan começou a estudar engenharia aeroespacial, na Universidade de Delft, levav a ideia de limpar os oceanos. Criou a fundação The Ocean Cleanup, “A Limpeza do Oceano”, e explicou no TEDx o seu conceito de como os oceanos poderiam ser limpos.

Seis meses depois de entrar na faculdade, Boyan decidiu interromper o curso para tentar tornar o seu projeto uma realidade. Todo o dinheiro que tinha eram 200 euros. Os meses seguintes foram usados à procura de patrocínios. Boyan recorreu a uma plataforma de crowdfunding, onde recolheu 60 mil euros em 15 dias.

Alguns ambientalistas criticaram o projeto antes de ele começar, dizendo que lançar um dispositivo com aquela envergadura acabaria por criar um ambiente próprio e que a vida marinha se desenvolveria sobre e sob o mesmo.

As ilhas de lixo no mar são formadas pela rotação de correntes dos oceanos, que puxam os detritos para um único local. Existem várias ilhas destas, incluindo duas no oceano Pacífico. A ilha que estão a tentar limpar tem 1,8 mil milhões de peças de plástico que pesam 80 mil toneladas.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Depois da polémica, Hank Azaria deixa de dar voz a Apu dos "Simpsons"

O ator que dá voz à personagem indiana Apu Nahasapeemapetilon, da série "Os Simpsons", anunciou que vai deixar de o fazer, depois de vários anos de polémica. Segundo a BBC, Hank Azaria anunciou, este fim-de-semana, que …

"Parasite" vence prémio principal do Sindicato dos Atores dos EUA

O filme do realizador sul-coreano Bong Joon-ho venceu, no domingo, o prémio mais importante do Sindicato dos Atores dos Estados Unidos (SAG), tornando-se o primeiro filme em língua estrangeira a receber tal distinção. A comédia negra …

Cientistas criam método inovador para tratamento de lesões agudas da pele

Investigadores do Centro de Neurociências e Biologia Celular (CNC) de Coimbra desenvolveram um método “inovador e sensível à luz”, que poderá ser útil no tratamento de lesões agudas da pele. Um grupo de investigadores do CNC …

Elon Musk quer enviar 10 mil pessoas a Marte até 2050

O CEO da Space X, Elon Musk, quer construir cem naves por ano e levar pelo menos dez mil pessoas a Marte até 2050, embora os protótipos das naves espaciais Starship ainda estejam sujeitos a …

Como será um iPhone daqui a um milhão de anos? Artista mostra o impacto de lixo eletrónico

https://vimeo.com/386000590 A exposição The World After Us: Imaging techno-aestethic futures tem instalações onde se pode ver a natureza a tomar conta de telemóveis, computadores, tablets e outros dispositivos, mostrando que dificilmente se desintegrarão nos próximos anos. Os …

Marca japonesa acusada de apropriação cultural por perucas de modelos

A marca japonesa Comme Des Garçons foi acusada de apropriação cultural devido às perucas usadas pelos seus modelos caucasianos num desfile na Paris Fashion Week, em França. De acordo com a BBC, as perucas com tranças …

Índia suspende a construção da primeira linha do comboio ultra-rápido Hyperloop

As autoridades estatais do estado indiano de Maharashtra decidiram suspender a construção da primeira linha do comboio ultra-rápido Hyperloop, que iria ligar as movimentadas cidades de Bombaim e Pune. O Governo local decidiu não avançar para …

Regina Duarte inicia "período de testes" na Secretaria da Cultura do Brasil

A atriz brasileira afirmou, esta segunda-feira, que iniciou um "período de testes" na Secretaria Especial da Cultura, pasta que foi convidada a liderar após a exoneração de um governante que parafraseou um discurso nazi. "Nós vamos …

Malásia devolve 150 contentores ilegais de lixo a países desenvolvidos

As autoridades da Malásia anunciaram, esta segunda-feira, que devolveram 150 contentores ilegais de lixo para os seus países de origem e afirmaram que não se querem tornar num "aterro sanitário" dos países desenvolvidos. Os países da …

Vietname contorna Huawei ao desenvolver tecnologia própria para o 5G

O maior grupo de telecomunicações do Vietname vai implementar este ano o 5G com recurso à sua própria tecnologia, contornando os chineses da Huawei, num sinal das implicações geopolíticas da rede de quinta geração. A empresa …