Sistema para retirar lixo do oceano Pacífico não está a funcionar

The Ocean Cleanup

Detalhe do sistema de recolha de plástico de Boyan Slat

O dispositivo que foi lançado ao mar em outubro com o objetivo de limpar o lixo que está no oceano Pacífico está muito aquém das expetativas, segundo a The Ocean Cleanup, a organização responsável.

A Ocean Cleanup System 001, uma barreira flutuante em forma de U com 610 metros de comprimento e uma espécie de saia com 3 metros pendurada, que fica por baixo de água, não está a conseguir reter o plástico.

O objetivo da organização era limpar metade das 80 mil toneladas de plástico – num local designado como a Grande Ilha de Lixo do Pacífico – em cinco anos, mas a barreira flutuante está a perder o lixo. A organização tinha dito, em setembro, que esperava recolher 50 toneladas de plástico por ano, mas esta semana explicou que o sistema concentra o plástico, mas não consegue segurá-lo.

“A única maneira de saber realmente como o sistema funcionaria era colocá-lo no ambiente para o qual foi projetado”, disseram os responsáveis, citados pela CNN. Agora, a organização está a  trabalhar para identificar o problema e uma das causas pode ser a pouca velocidade a que o Ocean Cleanup se move.

“Parece que, de vez em quando, o sistema anda mais devagar que o plástico, o que pode ser a causa para o lixo voltar a sair”, explicaram. Além disso, cria ondas à sua passagem e, talvez, isso impeça o plástico de entrar através da parte frontal.

O projeto foi criado por Boyan Slat, um jovem de 20 anos. Quando Boyan começou a estudar engenharia aeroespacial, na Universidade de Delft, levav a ideia de limpar os oceanos. Criou a fundação The Ocean Cleanup, “A Limpeza do Oceano”, e explicou no TEDx o seu conceito de como os oceanos poderiam ser limpos.

Seis meses depois de entrar na faculdade, Boyan decidiu interromper o curso para tentar tornar o seu projeto uma realidade. Todo o dinheiro que tinha eram 200 euros. Os meses seguintes foram usados à procura de patrocínios. Boyan recorreu a uma plataforma de crowdfunding, onde recolheu 60 mil euros em 15 dias.

Alguns ambientalistas criticaram o projeto antes de ele começar, dizendo que lançar um dispositivo com aquela envergadura acabaria por criar um ambiente próprio e que a vida marinha se desenvolveria sobre e sob o mesmo.

As ilhas de lixo no mar são formadas pela rotação de correntes dos oceanos, que puxam os detritos para um único local. Existem várias ilhas destas, incluindo duas no oceano Pacífico. A ilha que estão a tentar limpar tem 1,8 mil milhões de peças de plástico que pesam 80 mil toneladas.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Estátua de diabo "alegre demais" divide moradores em Espanha

Uma estátua que representa o diabo foi criticada por ser "alegre demais" por moradores da cidade de Segóvia, em Espanha. A escultura de bronze, que ainda não foi instalada, foi criada em homenagem a uma lenda …

"Incapacidade e incompetência". Fenprof pede a Costa que substitua ministro da Educação

A Federação Nacional de Professores (Fenprof) defendeu esta quarta-feira que o primeiro-ministro substitua o ministro da Educação, devido à sua "incapacidade e comprovada incompetência política" para dirigir as negociações de recuperação de tempo de serviço …

Bombeiros protestam contra a proposta do Governo

De acordo com o sindicato, a proposta do Governo "significa uma desvalorização enorme na carreira". Além disso, critica a ideia de haver uma carreira única de sapadores e municipais nivelada por baixo. Bombeiros municipais e sapadores …

Há uma parte da Antártida que está a encolher (mas não era suposto)

Quando os cientistas falam sobre o derretimento da Antártida, geralmente estão a referir-se à Antártida Ocidental, onde gigantescos glaciares costeiros estão a derramar grandes quantidades de água. Mas, do outro lado das montanhas transantárticas a leste, …

A cor dos olhos pode explicar porque é que as pessoas ficam tristes no inverno

Tempo mais frio e noites mais longas fazem algumas pessoas sentir-se tristes. A isso, dá-e o nome de Transtorno Afetivo Sazonal (TAS). Embora o TAS seja uma forma reconhecida de depressão clínica, os especialistas ainda estão …

Há vida pós-LHC. CERN planeia acelerador de partículas dez vezes mais potente

O futuro da Física de Partículas começa a ganhar forma. O CERN (Laboratório Europeu de Física de Partículas) detalhou esta terça-feira os seus planos para o novo acelerador de partículas que irá suceder o Grande …

DARPA quer construir robôs conscientes usando cérebros de insetos

A DARPA quer construir robôs conscientes usando cérebros de insetos, uma forma de criar novos modelos de inteligência artificial eficientes, que poderiam ser usados para explorar a própria consciência. Ao contrário dos humanos, os insetos operam …

Bombas de Wendell e Bruno Fernandes apuram Sporting para meias da Taça

Remates de Wendell e de Bruno Fernandes decidiram o jogo a favor da equipa 'leonina', que na próxima fase da competição defronta o Benfica, numa eliminatória disputada a duas mãos. Numa primeira parte marcada pelo domínio …

Romeo, a rã mais solitária do mundo, encontrou finalmente a sua Julieta

Romeo, que até então era considerado o último representante da sua espécie (Telmatobius yuracare), deixou de ser a rã "mais solitária do mundo" graças a uma equipa de cientistas que encontrou uma fêmea da mesma …

Stephen King salvou a secção de crítica literária de um jornal através do Twitter

Um jornal da terra natal de Stephen King lançou-lhe um desafio e o escritor norte-americano decidiu aceitar, conseguindo angariar os assinantes necessários para financiar a continuidade da secção de crítica literária. Um jornal local norte-americano viu-se …